Siga estes oito passos para um melhor cuidado das articulações

Siga estes oito passos para um melhor cuidado das articulações

A dor faz parte da vida – especificamente, uma parte desagradável, é claro – e nos acostumamos a recorrer imediatamente a analgésicos sempre que ela aparece. Na verdade, entre os medicamentos mais vendidos nas farmácias, os que têm essa função geralmente aparecem entre os primeiros colocados. Dores nas articulações, joelhos, quadris, ombros, braços ou costas são comuns mesmo em jovens. No caso da dor no joelho, os sintomas podem variar de simples dor a inflamação e rigidez, vermelhidão na área, fraqueza ou instabilidade.  Embora essas dores possam necessitar de terapia médica e de medicamentos, em muitos casos você pode lidar com elas de outras formas, pois existem alternativas eficazes e naturais ao seu alcance que funcionam como verdadeiro remédio para dor nas articulações. Massagens, suplementos alimentares e naturopatia podem ajudá-lo com os problemas mais comuns que afetam seu dia a dia – de um incômodo torcicolo a dores nos joelhos, é possível sim dar adeus ao consultório e aos comprimidos. 

Uma articulação saudável se traduz em um corpo ativo, flexível e sem dor e nunca é tarde para começar a pensar na saúde articular. A dor não precisa fazer parte do processo de envelhecimento se você começar a ter alguns cuidados desde cedo. 

Estas oito dicas para sua rotina podem permitir que você viva de maneira saudável e diminua os estragos do tempo nas suas articulações.

1. Pratique atividade física.

A falta de movimento gera perda de massa muscular, isso afeta as articulações, pois elas têm que suportar o peso do corpo sem o apoio dos músculos. Seguir uma rotina diária de exercícios é uma das melhores maneiras de ter músculos tonificados. Além disso, esse hábito permite que você previna doenças relacionadas ao sedentarismo, como hipertensão e problemas cardiovasculares.

O movimento alivia a rigidez articular, reduz a dor e fortalece os músculos ao redor das articulações. Uma das mais valorizadas é a natação, pois os exercícios aquáticos podem ajudar a manter a flexibilidade e a amplitude de movimento enquanto tiram a carga das articulações. Uma caminhada também ajuda, mas não vamos esquecer a importância de se aquecer e ganhar velocidade apenas quando os músculos e as articulações estiverem prontos. 

2. Tome suplementos nutricionais.

Inclua um suplemento alimentar que combine ativos visando a saúde das articulações em sua dieta. Determinadas vitaminas e minerais auxiliam na manutenção dos tecidos conectivos, formação de colágeno, funcionamento muscular, formação e manutenção óssea e proteção contra danos causados pelos radicais livres. 

3. Siga uma dieta saudável.

A dieta mediterrânea tem sido associada a uma menor frequência de problemas como a artrite reumatóide. É importante incluir produtos como peixes ricos em ácidos graxos ômega 3, como o salmão, frutas e vegetais ricos em vitaminas e antioxidantes, além de grãos integrais.

A vitamina E tem propriedades anti-inflamatórias e níveis saudáveis ??têm sido associados a um menor risco de danos nas articulações e nas células ósseas. Podemos encontrá-la no abacate, sementes de girassol e nozes.

4. Mantenha o peso ideal.

Estar acima do peso sobrecarrega as juntas e articulações. Nessa linha, é fundamental seguir uma alimentação balanceada para manter um índice de massa corporal dentro do padrão de cada pessoa. Além disso, o sobrepeso e a obesidade estão associados a doenças incapacitantes, como a osteoartrite. 

A perda de peso reduz significativamente a dor, a função e a rigidez do joelho associadas à osteoartrite do joelho. Estima-se que perder cinco quilos de peso pode melhorar a saúde das articulações e reduzir o risco de osteoartrite do joelho em 50%.

5. Mantenha hábitos de postura corretos.

A má postura é uma das principais causas de dores nas articulações. Muitas vezes, inadvertidamente, você pode se curvar à mesa de trabalho ou andar com os ombros e a cabeça para a frente, levando a uma coluna desalinhada. Isso coloca tensão em todas as articulações, inclusive nos joelhos e quadris. Manter a cabeça erguida, ombros para trás e coluna reta é muito importante.

6. Mantenha uma boa hidratação.

A água compõe 80% da cartilagem do corpo. Se você não mantém uma boa hidratação, o corpo vai tirar água da cartilagem e de outras áreas, o que sem dúvida prejudicará as articulações. Isso também significa evitar líquidos desidratantes, especialmente no verão, como café, álcool, entre outros.

7. Evite carregar peso em excesso. 

A cartilagem é naturalmente flexível e forte. Embora esteja preparada para suportar cargas pesadas ocasionalmente, fazê-lo continuamente pode causar danos e desgaste.

8. Relaxe.

O relaxamento é essencial porque reduz a inflamação e ajuda na saúde das articulações. É uma das melhores maneiras de proteger as articulações e não requer nenhum esforço. A falta de alguns momentos de descanso pode terminar em articulações rígidas e doloridas.


Comentários


Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.



Deixe seu comentário

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Saiba Mais