Agora Sudoeste
Agora Sudoeste



Dois homens são condenados por homicídio e ocultação de cadáver em Caraíbas

Dois homens são condenados por homicídio e ocultação de cadáver em Caraíbas
Foto - Carol Garcia / GOVBA

Dois homens foram condenados na última quarta-feira, dia 20, pelo homicídio e ocultação de cadáver de Jussara Santos Lima, ocorrido no município baiano de Caraíbas em 2022. Um dele foi condenado pelos dois crimes a um total de 20 anos e seis meses de prisão, o outro, pelo crime de ocultação de cadáver, a um ano e oito meses de prisão. Segundo o promotor de Justiça Marco Aurélio Rubick da Silva, que atuou na acusação, o crime foi cometido por motivo torpe e sem possibilidade de defesa da vítima, que teve o corpo escondido em uma cisterna.Segundo as investigações, Jussara Lima, que era amiga das vítimas, foi morta durante uma conversa porque um dos condenados achou que ela estaria “dando em cima” de seu companheiro. O crime ocorreu na residência do casal. Um deles desferiu golpes de machado na vítima e, com a ajuda de seu companheiro, jogou o corpo em uma fossa no fundo do quintal. No dia seguinte, eles tamparam o buraco com cimento para que nada fosse descoberto e viajaram. O crime foi descoberto por vizinhos que desconfiaram do mau cheiro no local e acabaram encontrando o corpo.


Paróquia Santo Antônio de Caraíbas acolhe Padre Waldech como novo Pároco

Paróquia Santo Antônio de Caraíbas acolhe Padre Waldech como novo Pároco
Foto - Divulgação / Pascom Caraíbas

No dia primeiro de janeiro, na Matriz da Paroquia Santo Antônio de Caraíbas as 17h, Dom José Roberto Silva Carvalho, Bispo Diocesano, presidiu a Santa Missa, na qual deu posse ao novo Pároco de Caraíbas, o Padre Waldech Brito Gondim. Também estivem presente na missa, os padres Izaias Afonso Silva, Pároco de Ibiassucê; Padre Janilton José de Sousa, RCJ , Administrador Paroquial de Maetinga, Diácono Marcelo Gonçalves Oliveira, RCJ da Paroquia S. João Batista de Presidente Jânio Quadros. A Irmã Conceição Cantão Paixão, a Irmã Maria Ester, filha dessa Paroquia, e uma grande quantidade de fiéis das comunidades rurais e da sede. Após a saudação inicial, foi lida a história da Paróquia de Caraíbas, em seguida, o Pe. Isaias leu o decreto diocesano no qual o Pe. Waldech é nomeado Pároco de Caraíbas. Posteriormente seguiu a liturgia da palavra. Na homilia, Dom Carvalho, destacou a importância da festa de Santa Maria Mãe de Deus, como Maria auxilia na caminhada da igreja. Ressaltou também da importância de a Paroquia ter um Pároco, e a acolhida da comunidade para com o mesmo, para que assim consiga fazer uma boa caminhada. Após a homilia, padre Waldech fez a profissão publica de fé como pede a santa mãe igreja, bem como confirmou a sua obediência ao bispo diocesano e à igreja. Depois da profissão de fé, foi entregue ao Pe. Waldech, a casula, como sinal de serviço Foram entregues, a chave da igreja, também os símbolos do batismo, óleo da unção dos enfermos e da penitencia, para que a vida dele seja sinal de Deus na comunidade. Por fim o Bispo entregou a ele a cadeira presidencial simbolizando o pastoreio da comunidade paroquial.


Caraíbas: Homem morto e mulher ferida em ataque a tiros às margens da BA-262

Caraíbas: Homem morto e mulher ferida em ataque a tiros às margens da BA-262
Foto - Redes Sociais

Um domingo que começou com violência no povoado da Jibóia, nas proximidades da BA-262, deixou um homem morto e uma mulher ferida após serem alvejados por disparos de arma de fogo. O trágico incidente ocorreu por volta das 4h15, de acordo com informações divulgadas pela 80ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM). A Polícia Militar foi acionada por moradores locais que presenciaram o crime. Ao chegarem ao local indicado, os policiais encontraram o casal dentro de um veículo, ambos atingidos pelos tiros. A mulher, que ainda não teve sua identidade revelada, foi prontamente socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Contudo, não foram fornecidos detalhes sobre seu estado de saúde atual. Infelizmente, Renan, de apenas 18 anos, identificado como o homem atingido pelos disparos, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no local do crime. 


Embasa diz que finaliza Remoção de reservatório de água em Vila Mariana, Caraíbas em até 20 dias

Embasa diz que finaliza Remoção de reservatório de água em Vila Mariana, Caraíbas em até 20 dias
Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) enviou um comunicado oficial ao Agora Sudoeste informando sobre o progresso significativo na remoção do reservatório de água localizado em Vila Mariana, situado no município de Caraíbas. A imagem capturada evidencia que o processo de desmontagem está em sua etapa final, seguindo as diretrizes estabelecidas pelo Ministério Público Estadual. A Embasa esclareceu que a demolição completa da estrutura está prevista para ser concluída dentro do prazo de 20 dias, como determinado pelas autoridades competentes. A rapidez na realização deste procedimento possibilitará um retorno iminente dos estudantes à escola, resolvendo uma situação que impactou diretamente a educação local.


Embasa é orientada a retirar caixa de água em escola de Caraíbas em razão de risco aos alunos

Embasa é orientada a retirar caixa de água em escola de Caraíbas em razão de risco aos alunos
Foto - Divulgação


O Ministério Público estadual recomendou que a Embasa retire, no prazo de 20 dias, um reservatório de água em uma escola no distrito de Vila Mariana, na zona rural de Caraíbas, em razão dos riscos à segurança das pessoas que frequentam a escola. Segundo o promotor de Justiça  Marco Aurélio Rubick, autor da recomendação, desde o dia 2 de março os estudantes da escola municipal Francisco Melvino foram realocados para terem acesso à educação em outro imóvel, em situação de total falta de estrutura, em razão do risco oferecido pelo reservatório à escola, aos funcionários e às crianças e adolescentes que ali estudam. “O objetivo é possibilitar o retorno às atividades escolares de modo regular, com a transferência do local de armazenamento de água para outro local”, afirmou o promotor de Justiça. Ele complementou que já foram tentadas várias formas de solução do problema, mas sem sucesso. “Os alunos estão há algum tempo sem poderem estudar na escola e o Município alugou um local com estrutura bastante inferior”, destacou. No documento, o MP recomendou ainda que a demolição do reservatório ocorra nos termos da regulação técnica para não comprometer a estrutura da escola municipal Francisco Melvino e que seja assegurado o fornecimento de água à comunidade e à própria escola, de modo a evitar que a própria demolição do reservatório também seja um causador de distúrbios, em função da falta de água. “Já se passaram mais de cinco meses desde que a situação foi apresentada à Embasa sem, no entanto, haver resolução para assegurar o retorno das aulas dos estudantes no prédio público”, afirmou o promotor de Justiça.


MP aciona Município de Caraíbas para realização de concurso público

MP aciona Município de Caraíbas para realização de concurso público
Foto - Reprodução

O Ministério Público estadual ajuizou ação civil pública no último dia 1º contra o Município de Caraíbas requerendo, em caráter de urgência, que a Justiça determine a realização de concurso público para provimento de cargos efetivos no prazo máximo de seis meses. Além disso, o Município deve dar ampla publicidade ao edital de abertura para preenchimento de todos os cargos para os serviços ordinários permanentes, em substituição aos contratos temporários. Segundo o promotor de Justiça Marco Aurélio Rubick, autor da ação civil pública, o Município de Caraíbas realizou, pela última vez, concurso para preenchimento de cargos municipais no ano de 1999, mantendo-se em seus quadros uma estrutura de pessoal sob o regime de contrato temporário, de maneira ilegal. ‘A prática ilegal de admissão de funcionários temporários em detrimento de servidores concursados já possui mais de 23 anos. Várias foram as tentativas de fazer o Município e seus gestores cumprirem o que determina a Constituição e gerirem o Município de forma democrática e republicana’, destacou o promotor de Justiça. Ele complementou que uma dessas tentativas ocorreu entre 2014 e 2015 quando, após a constatação do grande número de servidores temporários contratados e da quase inexistência de servidores efetivos, através de concurso público, o MP firmou com a administração municipal um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), no entanto o Município não cumpriu o que foi acordado e insiste, até hoje, nas contratações em detrimento do concurso público. Durante o inquérito, o MP constatou ainda que, em setembro de 2022, os servidores temporários representavam 86,81% do total de servidores públicos de Caraíbas (incluindo comissionados e agentes políticos). ‘O percentual de servidores concursados, por sua vez, era de apenas 9,61%’, afirmou. Na ação, o MP requer também que o Município não realize novos contratos temporários exceto em casos excepcionais que estejam previstos expressamente em lei municipal; em que haja a necessidade temporária e o interesse público seja excepcional; e que a contratação seja indispensável, sendo proibida para os serviços ordinários permanentes do Município. 


Polícia Militar prende duas pessoas por tráfico de drogas em Caraíbas

Polícia Militar prende duas pessoas por tráfico de drogas em Caraíbas
Foto - Divulgação / Polícia Militar

A 80ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) prendeu duas pessoas por tráfico de entorpecentes no município de Caraíbas na noite deste sábado, dia 11. A operação tinha como objetivo combater o tráfico de drogas na região. Durante a operação, a guarnição de emprego tático percebeu um indivíduo que apresentou visível nervosismo ao ver a presença policial e tentou mudar sua trajetória para evitar a abordagem. Os policiais decidiram proceder com a verificação e encontraram uma quantidade de drogas com o suspeito. Questionado sobre a substância encontrada, o suspeito admitiu que fazia comércio de drogas e informou o endereço do seu fornecedor. A guarnição se deslocou para o endereço mencionado, onde encontraram um novo suspeito. Após autorização da genitora do indivíduo, os militares realizaram uma revista no imóvel e encontraram mais drogas. No total, foram encontrados com os suspeitos vinte e quatro trouxinhas de cocaína, uma porção maior de cocaína não embalada, dois celulares, uma balança de precisão, R$187,00 e embalagens para acondicionamento das drogas. Os dois homens foram presos em flagrante por tráfico de entorpecentes e conduzidos para a delegacia local, juntamente com todo o material apreendido durante a operação. 


Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Saiba Mais