BUSCA PELA CATEGORIA "Brasil"


60% das pessoas que tiveram a Covid-19 no Brasil estão recuperadas

60% das pessoas que tiveram a Covid-19 no Brasil estão recuperadas

O boletim epidemiológico do Ministério da Saúde desta quinta-feira (9) aponta que 60% das pessoas que tiveram a Covid-19 estão recuperadas. O total de infectados no Brasil é de 1.755.779, sendo mais de 42 mil casos notificados no período de 24 horas. Desde o início da pandemia, pouco mais de 69 mil pessoas morreram em decorrência da infecção pelo coronavírus. Acre, Tocantins e Mato Grosso do Sul são os três estados menos afetados pela pandemia até o momento. Nas três primeiras posições de locais com maior incidência da Covid-19, estão São Paulo, Ceará e Rio de Janeiro. Segundo o Ministério da Saúde, quatro mil mortes ainda são investigadas e 632 mil casos estão em acompanhamento.

 


Correios lançam selos com temática de ações de combate à Covid-19

Correios lançam selos com temática de ações de combate à Covid-19

Para homenagear os trabalhos de combate à pandemia do novo coronavírus, os Correios lançaram, nessa quarta-feira (8), um bloco de seis selos com o tema. A emissão faz parte de uma parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). A divulgação aconteceu também pelos canais oficiais dos Correios nas redes sociais. A emissão tem tiragem de 60 mil blocos, com valor de R$ 12,30 (R$ 2,05 cada selo), e estará disponível nas principais agências de todo o País e também na loja virtual dos Correios. Os selos são ilustrados por detalhe dos elementos que compõem os seis tópicos abordados: meios de comunicação, principais sintomas da Covid-19, serviços essenciais, profissionais da saúde, ciência e tecnologia e unidades de terapia intensiva. Para este trabalho, foi utilizada técnica de ilustração vetorial. A arte dos selos é do artista Alan Magalhães e apresenta o mapa-mundi aplicado em fundo azul e verde, cores que remetem calma e esperança. Elementos figurativos na forma do vírus, frases motivacionais e outros pictogramas, complementando recomendações e prevenções, compõem a vinheta.


Brasil tem 1 milhão de casos recuperados de covid-19

Brasil tem 1 milhão de casos recuperados de covid-19 Foto - Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

O Brasil atingiu hoje a marca de um milhão de casos recuperados de covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. De acordo com os dados mais recentes do Ministério da Saúde, divulgados hoje (8), o país acumula 1.713.160 de casos confirmados e 67.964 mortes. Nas últimas 24h, foram adicionadas 1.223 mortes aos registros oficiais. Há ainda 4.105 óbitos em investigação. O painel do órgão também trouxe 44.571 novos casos diagnosticados de ontem (7) para hoje. Estão em acompanhamento no país 624.695 pacientes infectados pelo novo coronavírus. No balanço de terça-feira, o país contabilizava 66.741 mortes e 1.668.589 casos acumulados de covid-19, desde o início dos registros. Em entrevista coletiva realizada hoje em Brasília, a equipe do Ministério da Saúde apresentou a evolução da pandemia no país, destacando uma estabilidade na curva do número de mortes e um aumento na curva dos casos confirmados. Os estados com mais mortes são São Paulo (16.788), Rio de Janeiro (10.970), Ceará (6.665), Pernambuco (5.323) e Pará (5.169). As unidades da Federação com menos falecimentos pela pandemia são Mato Grosso do Sul (134), Tocantins (233), Roraima (386), Acre (404) e Santa Catarina (432).


Contran adia prazo de validade de CNH e certificados de cursos vencidos que venceram a partir de 19 de fevereiro

Contran adia prazo de validade de CNH e certificados de cursos vencidos que venceram a partir de 19 de fevereiro Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Devido à pandemia da Covid-19,o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) prorrogou por tempo indeterminado o prazo de validade da CNH e dos certificados de cursos especializados para o transporte que venceram a partir de 19 de fevereiro deste ano. A medida consta em uma resolução e atende a pedido da Confederação Nacional do Transporte (CNT) e Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). O curso especializado é uma das exigências aos motoristas fazem que transporte coletivo de passageiros, de estudantes, mototáxi, entre outros. Também foi ampliado para 18 meses o prazo para que o processo de habilitação do candidato permaneça ativo no Contran ou órgãos de trânsitos locais. O novo prazo é válido, inclusive, para os processos administrativos que ainda estão em tramitação. 


Acusado de sonegação fiscal, fundador da rede Ricardo Eletro é preso em SP

Acusado de sonegação fiscal, fundador da rede Ricardo Eletro é preso em SP Foto - Divulgação

Na manhã desta quarta-feira (07), uma força-tarefa de combate à sonegação fiscal e lavagem de dinheiro, composta por Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), Secretaria de Estado de Fazenda e Polícia Civil resultou na prisão do fundador e ex-principal acionista da rede varejista Ricardo Eletro, Ricardo Nunes. De acordo com informações do O Globo, as investigações indicam que cerca de R$ 400 milhões em imposto devidos ao Estado de Minas Gerais teriam sido sonegados ao longo de mais de cinco anos. De acordo com o Ministério Público de Minas Gerais, estão sendo cumpridos três mandados de prisão e quatorze mandados de busca e apreensão expedidos pela Vara de Inquéritos de Contagem. Os mandados são cumpridos em alvos localizados nos municípios mineiros de Belo Horizonte, Contagem e  Nova Lima, e também nas cidades de São Paulo e Santo André.


Ministério da Saúde registra mais de 45 mil casos de Covid-19 em 24 horas

Ministério da Saúde registra mais de 45 mil casos de Covid-19 em 24 horas Foto - Divulgação

O total de infectados pelo coronavírus em território brasileiro atingiu a marca de 1.668.589, na noite desta terça-feira (07). Segundo o boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, mais de 45 mil casos foram registrados no período de 24 horas. Desde o início da pandemia, 66.741 vidas foram perdidas. Os números da pasta apontam também que quase 977 mil pessoas que tiveram a Covid-19 estão recuperadas. A região Norte do país tem a maior taxa de incidência por 100 mil habitantes – são 1.612 casos por 100 mil pessoas. A região Sudeste concentra a maior parte das mortes, foram mais de 30 mil nos estados que compõem a região. Na sequência, aparecem as regiões Nordeste, Norte, Centro-Oeste e Sul.


Presidente Jair Bolsonaro testa positivo para covid-19

Presidente Jair Bolsonaro testa positivo para covid-19 Foto - Reprodução / TV Brasil

O presidente Jair Bolsonaro informou hoje (7) que testou positivo para o novo coronavírus (covid-19). O resultado do exame realizado ontem (6) saiu nesta terça-feira por volta das 11h. Bolsonaro disse que, depois de um mal-estar, já sente que está bem. Ele informou ainda que está adotando o tratamento com hidroxicloroquina e azitromicina. Bolsonaro contou que os sintomas tiveram início no domingo (5). "Começou no domingo com uma certa indisposição e se agravou durante a segunda-feira com mal-estar, cansaço, um pouco de dor muscular e a febre no final da tarde chegou a bater 38 graus”, disse em entrevista transmitida pela TV Brasil e outras emissoras. Com o médico da Presidência apontando para possibilidade de contaminação por covid-19, Bolsonaro passou por uma tomografia no Hospital da Forças Armadas, em Brasília, e, segundo ele, os pulmões estavam limpos. “Mas, dados os sintomas, a equipe médica resolveu aplicar a hidroxicloroquina. Eu tomei ontem por volta das 17h o primeiro comprimido. Também a azitromicina, todo aquele composto foi ministrado e confesso, como acordo muito durante a noite, depois da meia-noite consegui sentir alguma melhora. Às 5h, tomei a segunda dose e confesso a vocês que estou perfeitamente bem”, disse. Para ele, o pronto atendimento médico e a forma como administraram essas medicações levaram à rápida melhora. “Reforço aqui o que os médicos têm dito, que [com] a hidroxicloroquina na fase inicial a chance de sucesso chega a quase 100%”, disse. Bolsonaro sempre defendeu esse protocolo, do uso de hidroxicloroquina na fase inicial de sintomas. Assim como essa droga, outros medicamentos vem sendo testados, mas ainda não há remédio ou vacina com eficácia comprovada contra a covid-19.


Chinesa SinoVac começa etapa final de testes da vacina contra covid-19

Chinesa SinoVac começa etapa final de testes da vacina contra covid-19 Foto - Reuters / Koki Kataoka

A chinesa SinoVac está iniciando os testes da fase 3 de sua potencial vacina contra o novo coronavírus, informou a farmacêutica nessa segunda-feira (6), tornando-se uma das três empresas a avançar aos estágios finais da corrida para desenvolver uma imunização contra a doença.Voluntários começarão a ser recrutados neste mês. A vacina será testada no Brasil, em um estudo com 9 mil voluntários liderado pelo Instituto Butantã, vinculado ao governo do estado de São Paulo. Na sexta-feira (3), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a realização dos testes, que serão feitos em 12 centros de pesquisa localizados, além de São Paulo, em mais quatro estados e no Distrito Federal.  Sobre a posição dos ensaios realizados com candidatas a vacina em todo o mundo, o documento mais recente da Organização Mundial da Saúde (OMS), divulgado nessa segunda-feira, informou que a SinoVac está na fase 3. A vacina experimental para covid-19 da AstraZeneca, desenvolvida por pesquisadores da Universidade de Oxford e que já está sendo testada no Brasil, em estudo liderado pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), e a da Sinopharm são as outras candidatas em fase 3, o estágio final. A SinoVac está construindo uma fábrica de vacinas, que deverá ficar pronta neste ano e ser capaz de produzir até 100 milhões de doses anualmente. Os ensaios de fase 1 e fase 2 normalmente testam a segurança de um medicamento antes de entrar nos de fase 3, que testam sua eficácia. Existem 19 ensaios de vacinas em avaliação clínica, e centenas estão sendo desenvolvidas e testadas em todo o mundo para conter a pandemia de covid-19, doença respiratória que já matou milhares de pessoas e devastou a economia global.


Caixa deposita saque emergencial do FGTS para nascidos em fevereiro

Caixa deposita saque emergencial do FGTS para nascidos em fevereiro Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

A Caixa inicia, nesta segunda-feira (6), o pagamento do saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), para trabalhadores nascidos em fevereiro. O novo saque tem como objetivo enfrentar o estado de calamidade pública em razão da pandemia da covid-19. No total, serão liberados, de acordo com todo o calendário, mais de R$ 37,8 bilhões, para aproximadamente 60 milhões de trabalhadores. O pagamento do saque emergencial será realizado por meio de crédito na Conta Poupança Social Digital, aberta automaticamente pela Caixa em nome dos trabalhadores. O valor do saque emergencial é de até R$ 1.045, considerando a soma dos saldos de todas as contas ativas ou inativas com saldo no FGTS.


Inscrições para o Sisu começam amanhã

Inscrições para o Sisu começam amanhã Foto - Agência Brasil

As inscrições para a edição 2020 do segundo semestre do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começam amanhã (7). Estudantes interessados em concorrer a vagas em instituições públicas de ensino superior devem acessar o site do programa até esta sexta-feira (10). Mais de 51 mil vagas serão oferecidas em instituições do país. Pela primeira vez, além dos cursos de graduação presenciais, o Sisu 2020.2 vai ofertar vagas na modalidade a distância (EaD). Podem participar da seleção candidatos que prestaram as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2019 e não tiraram nota zero na redação. Quem fez a prova na condição de treineiro está fora do processo. A classificação é de acordo com o desempenho obtido nas provas. Para determinados cursos, algumas instituições exigem nota mínima para ingresso. As informações estão nos editais elaborados por cada universidade na adesão ao programa. Para concorrer ao Sisu não há critério de renda familiar. A condição é imposta apenas para candidatos a vagas reservadas para pessoas de baixa renda, quando a opção é disponibilizada pela instituição de ensino. Segundo cronograma divulgado pelo Mec, o resultado do Sisu será divulgado no dia 14 de julho. Se aprovado, o aluno precisa ficar atento às instruções para não perder o prazo de matrícula na instituição. Quem não for aprovado em nenhuma opção de curso ainda poderá se inscrever na lista de espera. A solicitação também é feita pelo site do progarma entre os dias 14 e 21 de julho.