Sebrae oferece capacitação em inovação para empresários do sudoeste baiano

Sebrae oferece capacitação em inovação para empresários do sudoeste baiano Foto - Divulgação

 O Sebrae Bahia, em parceria com o IEL, está oferecendo a Partida Join, capacitação voltada para pequenas e médias empresas para discutir iniciativas de inovação específicas para cada empreendimento atendido nas cinco unidades em todo o estado. Em Vitória da Conquista, representantes de 15 empresas, distribuídos em três turmas, já foram capacitados. O Join é uma metodologia de gestão da inovação desenvolvida pelo IEL. A capacitação acontece por meio de consultorias presenciais com o objetivo de trazer o processo de inovação para a prática das empresas. A oficina dura em torno de 4 horas, onde o grupo de colaboradores da empresa é orientado a avançar nas seguintes etapas: criar empatia com o usuário, aprofundar o conhecimento sobre o desafio para diagnosticar o problema real da instituição e, a partir da definição do problema, estabelecer propostas resolutivas. Vitor da Luz é empresário no segmento de supermercados e decidiu participar da capacitação. Junto com outros colaboradores, ele conseguiu identificar qual o maior problema de sua empresa e traçou estratégias para solucioná-lo. “Desde que a gente decidiu, aqui, qual é o problema maior, conseguimos realizar uma delegação de tarefas e gerar operação. Agora, é começar a colocar em prática.           Essa capacitação é minuciosa, vai direto na ‘ferida’ e nos fornece um horizonte de soluções mais rápido e mais interessante de se colocar em prática”, afirmou o empresário. Para Lívio Moniz, gerente adjunto do Sebrae, essa oportunidade de capacitação gratuita é importante para empresários que já estão com foco em inovar. “Nesse momento, nós procuramos trabalhar principalmente com clientes voltados para o Hub Sudoeste. Já atendemos um volume significativo nas primeiras turmas, em torno de 5 empresas em cada uma, em ações presenciais. A próxima turma acontece no dia 8 de dezembro”, reforçou o gerente. A metodologia da capacitação é voltada para estimular propostas inovadoras, resolutivas e possíveis, por isso, já tem gerado resultados. Segundo Clara Bittencourt, coordenadora do IEL na região sudoeste, esse exercício tem sido muito significativo para as empresas.