Setor de eventos espera que governo reveja certificação de vacinação para acesso a festas

Setor de eventos espera que governo reveja certificação de vacinação para acesso a festas  Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

No último sábado (11), o governo do estado da Bahia anunciou a liberação para a realização de eventos com até 1 mil pessoas, porém, participar das festas, é necessário a certificação de vacinação com as duas doses do imunizante ou dose única, com a apresentação do documento e do certificado fornecido pelo CONECT SUS, aplicativo do Ministério da Saúde. De acordo com o decreto estadual, a exigência inclui todos os envolvidos, entre artistas, público, equipe técnica e colaboradores. Cm isso, o presidente da Abrape, Marcelo Britto, afirmou ao Bahia Notícias que o setor deve tentar em outras reuniões fazer com que a exigência seja modificada para apenas uma dose. "Vamos tentar fazer com que no próximo decreto do governador, no dia 21 de setembro, eles modifiquem, ao invés de duas doses, uma dose só. Estamos tentando ao máximo tirar essa questão da segunda dose, mas entendemos que também a população já está sendo vacinada", disse.