Em SP, 46 pessoas, inclusive crianças, receberam CoronaVac em vez de vacina da gripe

Em SP, 46 pessoas, inclusive crianças, receberam CoronaVac em vez de vacina da gripe Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

De acordo com a prefeitura de Itirapina, em São Paulo, um erro fez com que 46 pessoas fossem vacinadas indevidamente contra a covid-19. Frascos da CoronaVac, vacina anticovid da farmacêutica Sinovac, foram enviados para um local onde se realizava a imunização contra a gripe. Receberam a vacina: 28 crianças e 18 adultos –entre eles uma mulher grávida. De acordo com informações do PODER360, a prefeitura informou que nenhuma anormalidade entre as pessoas vacinadas foi detectada até o momento.  A CoronaVac não foi aprovada para uso em crianças e gestantes. A Sinovac está realizando testes com crianças e adolescentes, mas ainda não divulgou os resultados. A AstraZeneca, cuja vacina anticovid também é aplicada no Brasil, está testando seu imunizante em crianças e adolescentes de 6 a 17 anos. Os testes começaram em fevereiro no Reino Unido e não há previsão para resultados.