Aracatu tem decreto por emergência devido a estiagem decretado pelo governo

Aracatu tem decreto por emergência devido a estiagem decretado pelo governo Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Nesta quarta-feira (31),  Aracatu teve decreto de emergência reconhecido pelo Estado. As medidas diante deste caso valem por 180 dias, contados a partir da data em que o decreto foi homologado pelo município. Em Aracatu mesmo com chuvas esparsas ocorridas em dezembro passado, a água para consumo humano também está imprópria. A  falta de chuva inviabiliza a principal atividade econômica local, que é a agricultura familiar. Seca e estiagem têm diferenças. Segundo a Defesa Civil do Estado (Sudec), a estiagem ocorre quando um município passa um período [de abril a julho, por exemplo] sem chuvas. Na seca, a cidade passa dois [como de abril a julho e de novembro a fevereiro] sem precipitações.