Na próxima segunda vereadores votarão sobre a admissibilidade/prosseguimento da denúncia para cassação do mandato do prefeito Eduardo Vasconcelos

Na próxima segunda vereadores votarão sobre a admissibilidade/prosseguimento da denúncia para cassação do mandato do prefeito Eduardo Vasconcelos Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Na próxima segunda-feira (06), haverá votação, na Câmara de Vereadores de Brumado, acerca da admissibilidade/prosseguimento da denúncia para cassação do mandato do prefeito Eduardo Lima Vasconcelos (PSB). A denúncia foi protocolada no Legislativo por Genivaldo de Jesus Azevedo, Paulo Esdras Oliveira da Silva, Osmar Botelho Cavalcante Neto, presidente, vice-presidente e tesoureiro, da Auditoria Pública Cidadã Baiana (Aucib), respectivamente. O documento, com mais de 5.000 páginas, é fundamentado nas seguintes denúncias: destinação indevida dos recursos do precatório do FUNDEF e fraudes em processos licitatórios.