Valec e Exército firmam prazo para iniciar participação nas obras da Fiol

Valec e Exército firmam prazo para iniciar participação nas obras da Fiol Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Dando seguimento às tratativas com o Exército para início da participação nas obras da Ferrovia de Integração Oeste Leste (Fiol), foi realizada, nesta quarta-feira (27), no Quartel General do Exército, em Brasília, reunião para alinhar a estratégia e estabelecer o cronograma de trabalho. A expectativa é que o contrato da parceria seja assinado em até 60 dias e que a obra seja retomada já no início de agosto. Durante o encontro, foi definido que a corporação assumirá o trecho 1 do Lote 6, que fica entre as cidades de Correntina e Santa Maria (BA). Nesta primeira fase, o Batalhão de Engenharia do Exército deverá executar aproximadamente 20 quilômetros da obra. Com a parceria, o Exército voltará a fazer parta da construção de uma grande ferrovia no Brasil após 25 anos. A última participação da corporação ocorreu na construção da Ferroeste, entre os anos de 1993 a 1995. Para o chefe do Departamento de Engenharia e Construção do Exército, general Claudio Coscia Moura, a participação da instituição na Fiol será essencial para a infraestrutura do país. “Tenho certeza de que essa será uma grande parceria, além de muito importante para o fortalecimento da tropa na participação de obras ferroviárias. Estamos ansiosos para contribuir com o desenvolvimento do Brasil”, ratificou. De acordo com o diretor-presidente da Valec, Andre Kuhn, a entrada do Exército dará ainda um novo ritmo à execução dos trabalhos, além de ajudar na capacitação da tropa de Engenharia. “Essa participação será essencial para o cumprimento das metas de conclusão da Fiol”, pontuou.