SEC disponibiliza sistema on-line para que famílias consultem se estão aptas ao Bolsa Presença

SEC disponibiliza sistema on-line para que famílias consultem se estão aptas ao Bolsa Presença
Foto - Feijão Almeida / SEC

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) disponibilizou o sistema de atualização cadastral SIADIANTE, para que as famílias dos estudantes da rede estadual inscritas no CadÚnico e em condição de vulnerabilidade socioeconômica verifiquem se estão aptas a receber o benefício do Programa Bolsa Presença ou se o mesmo já foi aprovado. Para isso, basta acessar o endereço e preencher com o Número de Identificação Social (NIS) e a data de nascimento do estudante ou do responsável pelo CadÚnico. O SIADIANTE é atualizado todo dia 15 de cada mês. O NIS pode ser encontrado no Cartão Cidadão, cartão do Bolsa Família, Carteira de Trabalho ou no aplicativo do CadÚnico. Se a família não estiver elegível ao programa, o próprio sistema informa o motivo e passa as orientações necessárias. Caso o cadastro da família não seja localizado, recomenda-se a atualização dos dados cadastrais do estudante na unidade escolar e no CadÚnico. Para saber se a sua família está cadastrada no CadÚnico, acesse o endereço. Cada família beneficiada pelo Bolsa Presença recebe o valor de R$ 150 por mês, acrescido de R$ 50 a partir do segundo aluno matriculado, para assegurar que eles permaneçam na escola. A concessão do benefício está vinculada à assiduidade nas aulas ministradas pela unidade escolar em que o aluno está matriculado; à participação obrigatória dos alunos nas avaliações de aprendizagem promovidas pela unidade escolar, visando orientar o acompanhamento pedagógico; e à manutenção dos dados cadastrais atualizados na unidade escolar e de sua família no CadÚnico.


Governo abre consulta pública sobre novo ensino médio

Governo abre consulta pública sobre novo ensino médio
Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

O Ministério da Educação (MEC) abriu consulta pública para avaliação e reestruturação da política nacional de ensino médio. A portaria foi publicada nesta quinta-feira no Diário Oficial da União e dá prazo de 90 dias para as manifestações, com possibilidade de prorrogação.A consulta será implementada por meio de audiências públicas, oficinas de trabalho, seminários e pesquisas nacionais com estudantes, professores e gestores escolares sobre a experiência de implementação do novo ensino médio nos 26 estados e Distrito Federal.As ações serão coordenadas pelo MEC, por meio da Secretaria de Articulação Intersetorial e com os Sistemas de Ensino (Sase), com a colaboração do Conselho Nacional de Educação (CNE), do Fórum Nacional dos Conselhos Estaduais e Distrital de Educação (Foncede) e do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed).Após o prazo de manifestações, a Sase terá 30 dias para elaborar o relatório final a ser encaminhado ao ministro da Educação, Camilo Santana.


Estudantes podem se inscrever no Fies a partir desta terça-feira

Estudantes podem se inscrever no Fies a partir desta terça-feira
Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Começam hoje (7) e vão até a próxima sexta-feira (10) as inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Por meio do programa, o governo federal paga as mensalidades de estudantes de graduação em instituições privadas de ensino superior. Segundo o Ministério da Educação (MEC), serão oferecidas 67 mil vagas no primeiro semestre, de um total de 112 mil para este ano. Para fazer a inscrição o interessado deve acessar Portal Único de Acesso ao Ensino Superior que também reúne informações e resultados do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e do Programa Universidade para Todos (Prouni). Os candidatos terão que indicar três opções de cursos de graduação.


UniFG oferece bolsas de até 100% através do ProUni; última chance para inscrição

UniFG oferece bolsas de até 100% através do ProUni; última chance para inscrição
Foto - Divulgação

Estudantes que almejam bolsas de estudo em uma instituição privada de ensino superior poderão, a partir do dia 28 de fevereiro, fazer inscrição no Programa Universidade para Todos (ProUni); é a chance de frequentar uma instituição de ensino superior particular de qualidade utilizando a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O Centro Universitário UniFG está ofertando 44 vagas em diversos cursos de graduação, com bolsas integrais e parciais, no município baiano de Guanambi.  Odontologia, Direito, Medicina Veterinária, Psicologia, Administração e Fisioterapia são alguns dos 17 cursos que estão com vagas para este primeiro semestre de 2023 na unidade de Guanambi. A base para a classificação nos processos seletivos é a nota obtida na edição do Enem 2022. Nesta edição, também serão válidas as notas obtidas no Enem de 2021. Para estudar com uma das bolsas do ProUni é preciso ter alcançado nota igual ou superior a 450 pontos na soma das provas objetivas das quatro áreas de conhecimento do Enem e não ter zerado a redação. A renda per capita familiar máxima deve ser de três salários-mínimos. As inscrições ocorrem exclusivamente via internet, pelo site oficial do ProUni, do dia 28 de fevereiro até o dia 3 de março. Ao se inscrever, o candidato deve escolher até duas opções de instituição, curso e turno dentre as bolsas disponíveis, conforme seu perfil e em ordem de preferência. O resultado da primeira chamada está previsto para 7 de março; e a comprovação das informações de 7 a 14 de março. Você pode tirar outras dúvidas sobre o ProUnino site.


UNEB convoca aprovados na 1ª chamada do SISU 2023.1 para matrícula

UNEB convoca aprovados na 1ª chamada do SISU 2023.1 para matrícula
Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

A UNEB convoca os aprovados, em 1ª chamada (chamada regular), pelo Sistema de Seleção Unificada (SiSU 2023.1), do Ministério da Educação (MEC), para a etapa de apresentação da documentação. Para os candidatos que optaram pelo sistema de cotas, os procedimentos de validação para acesso terão início nestas quarta (1º) e quinta-feira (2), com a entrega da documentação específica, conforme previsto pelo Edital de Matrícula. Todos os que aparecem na lista devem comparecer, nos dias 15 e 16 de março, de 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h, nos departamentos dos respectivos cursos, para apresentar os documentos exigidos pelo mesmo edital. A Gerência de Seleção Discente (Gesedi) da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (Prograd) orienta os aprovados a lerem com cuidado o edital de matrícula e a terem atenção com a documentação solicitada. Para os candidatos que não foram selecionados na 1ª chamada do Sisu, existe a possibilidade de manifestar o interesse em participar da lista de espera, até o dia 8 de março, no site sisu.mec.gov.br.


Prouni 2023: UniFG oferece bolsas de até 100% através do programa

Prouni 2023: UniFG oferece bolsas de até 100% através do programa
Foto - Divulgação

Estudantes que almejam bolsas de estudo em uma instituição privada de ensino superior poderão, a partir do dia 28 de fevereiro, fazer inscrição no Programa Universidade para Todos (ProUni); é a chance de frequentar uma instituição de ensino superior particular de qualidade utilizando a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O Centro Universitário UniFG está ofertando 44 vagas em diversos cursos de graduação, com bolsas integrais e parciais, no município baiano de Guanambi. Odontologia, Direito, Medicina Veterinária, Psicologia, Administração e Fisioterapia são alguns dos 17 cursos que estão com vagas para este primeiro semestre de 2023 na unidade de Guanambi. A base para a classificação nos processos seletivos é a nota obtida na edição do Enem 2022. Nesta edição, também serão válidas as notas obtidas no Enem de 2021. Para estudar com uma das bolsas do ProUni é preciso ter alcançado nota igual ou superior a 450 pontos na soma das provas objetivas das quatro áreas de conhecimento do Enem e não ter zerado a redação. A renda per capita familiar máxima deve ser de três salários-mínimos. As inscrições ocorrem exclusivamente via internet, pelo site oficial do ProUni, do dia 28 de fevereiro até o dia 3 de março. Ao se inscrever, o candidato deve escolher até duas opções de instituição, curso e turno dentre as bolsas disponíveis, conforme seu perfil e em ordem de preferência. O resultado da primeira chamada está previsto para 7 de março; e a comprovação das informações de 7 a 14 de março. 


Inscrições para o Sisu estão abertas até esta sexta (10)

Inscrições para o Sisu estão abertas até esta sexta (10)
Foto - Agência Brasil

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começaram nessa terça-feira (7) para os estudantes que participaram da edição de 2019 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Serão oferecidas, 51.924 vagas em 1.542 cursos de 57 instituições públicas de educação superior. Também serão oferecidas, pela primeira vez, vagas na modalidade a distância (EaD), além dos cursos de graduação presenciais. Além de ter feito o Enem 2019, os interessados não podem ter tirado nota zero na redação. Estudantes que fizeram o exame na condição de treineiros também não podem participar. As inscrições devem ser feitas no site do Sisu até a próxima sexta-feira (10). A partir dessa edição será utilizado o login único do Governo Federal. O candidato poderá escolher até duas opções de cursos, por prioridade, na mesma instituição ou em universidades diferentes. Nesta fase, deverá indicar se irá participar do Sisu pelas vagas de ampla concorrência, pela Lei de Cotas (Lei nº 12.711/2012) ou pelas políticas afirmativas das instituições.


MP aprovada na Câmara dos Deputados flexibiliza calendário escolar

MP aprovada na Câmara dos Deputados flexibiliza calendário escolar
Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

A Câmara dos Deputados concluiu nesta terça-feira (7), a votação da Medida Provisória (MP) 934/20 que permite às escolas e faculdades não cumprirem a quantidade mínima de dias letivos este ano, devido à pandemia da Covid-19. Os deputados rejeitaram todos os destaques apresentados na sessão que queriam modificar o texto-base da relatora, a deputada Luisa Canziani (PTB-PR), aprovado na última semana. De acordo com o projeto de lei de conversão, os estabelecimentos de ensino da Educação Básica — composta pelos ensinos Fundamental e Médio — não vão ser obrigados a cumprir os 200 dias letivos. No entanto, deverão cumprir a carga horária mínima de 800 horas. Para as creches e pré-escolas, o texto-base permite que os estabelecimentos não cumpram ambas as normas. O texto estabelece que as instituições de ensino superior, por sua vez, estão dispensadas de observar o mínimo de dias letivos, mas devem manter a carga horária prevista na grade curricular de cada curso. Em entrevista ao Brasil 61, a deputada Luisa Canziani, disse que o texto aprovado foi construído a partir da articulação entre os parlamentares, o Conselho Nacional de Educação (CNE) e entidades representativas do setor. “Várias lideranças educacionais construíram esse texto conosco. Na nossa visão, ele contempla, inclusive, as especificidades de cada etapa de ensino e, também, levando em consideração dois grandes desafios que nós temos na educação brasileira: a aprendizagem e a desigualdade educacional, ainda mais nesse momento de suspensão das aulas”, destacou.


Inep disponibiliza videoprova e gabarito do Enem 2017 em libras; edição 2018 também terá novas formas de atendimento para pessoas com deficiência

Inep disponibiliza videoprova e gabarito do Enem 2017 em libras; edição 2018 também terá novas formas de atendimento para pessoas com deficiência
Foto: Reprodução Youtube Inep

A partir de outubro deste ano, surdos e pessoas com deficiência auditiva terão mais uma ferramenta para se prepararem para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Além da videoprova de 2017, os gabaritos em Libras estarão disponíveis no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Atualmente, apenas os vídeos com as questões estão disponíveis no canal do Inep no YouTube. O anúncio foi feito nessa quarta-feira (26), Dia Nacional do Surdo, e reforça a preocupação com as diferentes necessidades dos participantes do exame. No ano passado, por exemplo, o instituto passou a oferecer a videoprova em Libras e ainda colocou os “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil” como tema da redação. Além das pessoas com deficiência, gestantes, idosos, lactantes e estudantes em classe hospitalar vão realizar a prova de maneira adaptada, em salas de fácil acesso, mesas e cadeiras sem braços e apoio para perna e pés, por exemplo. As provas do Enem de 2018 ocorrem nos dias 4 e 11 de novembro.


Prazo para entrar na lista de espera do Fies termina nesta sexta-feira (14)

Prazo para entrar na lista de espera do Fies termina nesta sexta-feira (14)

O prazo para seleção pela lista de espera do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) vai até as 23h59 desta sexta-feira (14). Inscritos na edição do segundo semestre de 2018 que não foram aprovados no processo regular devem acompanhar a página do Fies na internet para conferir se aparecem nessa lista. Quem for pré-selecionado deve incluir os dados solicitados no Sistema Informatizado do Fies e, em seguida, terá até cinco dias para validar as informações prestadas no ato de inscrição na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição em que estuda ou pretende estudar.


Enem 2018: reunião discute segurança do exame e planeja novas ações

Enem 2018: reunião discute segurança do exame e planeja novas ações

Foi realizada na quinta-feira (19),19 de abril, em Brasília, a Reunião Nacional de Planejamento das Ações Integradas de Segurança para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) reuniu os principais envolvidos com a segurança do exame para apresentar o balanço da operação do Enem 2017 e discutir as novidades desta edição, além de debater o plano de atuação integrada da gestão de risco do Enem. A reunião foi aberta pela presidente do Inep, Maria Inês Fini, e pela diretora de Gestão e Planejamento, Eunice Santos. Este ano o Enem completa 20 anos de realização, fato destacado pela presidente Maria Inês Fini em sua mensagem inicial. “Hoje o Enem é mais que um exame”, disse ela. “O Enem tornou-se um patrimônio do Brasil”, completou sua idealizadora. Eunice Santos reafirmou os esforços do Inep no fortalecimento e aprimoramento da segurança. “Nos dois últimos anos o Inep trouxe novidades como a adoção de detectores de metal e de ponto eletrônico, coleta de dado biométrico e provas identificadas. Este ano pretendemos aprimorar o uso desses mecanismos”, anunciou. Fizeram parte da mesa da reunião Victor Neves Feitosa, da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp); o coronel Paulo Sergio Ribeiro (Ministério da Defesa); Breno Augusto de Paula (Correios), e Gabriel Lima (Cesgranrio), representando o consórcio aplicador. O Exame Nacional do Ensino Médio tem como finalidade principal a avaliação do desempenho escolar e acadêmico ao fim do ensino médio. Este ano as provas serão realizadas em 4 e 11 de novembro em todo país. Na próxima segunda-feira, 23, o Inep divulga o resultado das solicitações de isenção e das justificativas de ausência. No mesmo dia começa o período de recursos, outra novidade da edição.


Prouni: prazo para lista de espera tem início nesta sexta (16)

Prouni: prazo para lista de espera tem início nesta sexta (16)

O prazo para que os estudantes manifestem interesse na lista de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni) começa nesta sexta-feira (16) e segue até o próximo dia 19.  A lista, a ser utilizada pelas instituições de ensino superior na convocação para preenchimento de bolsas não ocupadas, contempla os candidatos que não foram pré-selecionados na primeira chamada. A participação do estudante se dará mediante confirmação do interesse na bolsa na página do ProUni, e a relação de candidaturas ficará disponível a partir do dia 20 de março. Todos os participantes da lista de espera deverão comparecer às respectivas instituições escolhidas, entre 21 e 22 de março deste ano, para apresentar a documentação necessária à comprovação das informações prestadas durante o ato de inscrição. Nesta edição, o MEC ofertou 243 mil bolsas, das quais 113.863 são integrais e 129.124, parciais. As integrais foram criadas para estudantes com renda per capita de até 1,5 salários mínimos, enquanto as bolsas parciais se destinam àqueles com renda familiar per capita de até três salários mínimos.


MEC libera R$ 345,86 milhões para merenda de estados e municípios

MEC libera R$ 345,86 milhões para merenda de estados e municípios
Foto: Ilustração

O Ministério da Educação liberou nesta quinta-feira, 15, R$ 345,86 milhões em recursos financeiros para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae). Os recursos serão repassados ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão vinculado ao MEC que operacionaliza o pagamento às redes de ensino estaduais, distrital e municipais. “O Pnae garante a alimentação de cerca de 42 milhões de estudantes por dia, o que representa 54 milhões de refeições diárias”, destaca o ministro da Educação, Mendonça Filho. “É um programa que busca garantir uma alimentação de qualidade, que supra as carências nutricionais dos estudantes durante sua permanência na escola”. No próximo dia 31 de março, o programa completa 63 anos. Pelas regras, um mínimo de 30% dos recursos repassados pela União deve ser aplicado na compra de gêneros alimentícios vindos da agricultura familiar, de maneira a movimentar as economias locais. Os valores financeiros devem ser aplicados na aquisição e na distribuição da alimentação escolar dos estudantes matriculados em escolas públicas, filantrópicas, comunitárias e confessionais, da creche ao ensino médio, além da educação de jovens e adultos. São contemplados todos os estudantes da rede pública, incluindo escolas urbanas e rurais, de áreas remanescentes de quilombos e das aldeias indígenas.


Ministério da Educação garante R$ 14 bilhões de complementação do Fundeb em 2018

Ministério da Educação garante R$ 14 bilhões de complementação do Fundeb em 2018
Foto: Ilustração

O Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) terá R$ 14,05 bilhões de complementação da União garantidos para 2018. A complementação está preservada com ganhos em relação a 2017. “Na nossa gestão à frente do MEC, entre 2016 e 2018, aumentamos em R$ 1,5 bilhão a complementação do Fundeb”, afirmou o ministro da Educação, Mendonça Filho. A verba complementar está prevista na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2018. O valor de R$ 14,05 bilhões é maior que a estimativa de receita dos Fundos, publicada na Portaria Interministerial MEC/MF nº 10, de 28 de dezembro de 2017, que previa o montante de R$ 13,6 bilhões de verba complementar. A atual gestão reajustou o repasse da complementação devida pela União aos estados e municípios e antecipou o fluxo do pagamento da Complementação ao Piso em quatro meses em 2016, além de assumir parcelas mensais a partir de 2017. Na atual gestão, considerando os períodos de 2016, 2017 e 2018, a complementação do Fundeb aumentou R$ 1,5 bilhão – de R$ 12,54 bilhões em 2016 para R$ 13,9 bilhões em 2017 e R$ 14,05 bilhões este ano de 2018. Por Lei, a complementação da União é de 10% das receitas estaduais projetadas para o ano. A memória de cálculo do valor previsto na Lei Orçamentária Anual de 2018 considerou as receitas estaduais de 2018 projetadas a partir da arrecadação/projeção de 2017, levando-se em conta o realizado até junho, e receitas federais constantes do PLOA 2018, um montante de R$ 140,5 bilhões – recursos do Fundeb. A União repassa a complementação aos estados e respectivos municípios que não alcançam com a própria arrecadação o valor mínimo nacional por aluno, estabelecido a cada ano. 


MEC libera recurso extra de R$ 344,9 milhões para universidades e institutos federais

MEC libera recurso extra de R$ 344,9 milhões para universidades e institutos federais
Foto: Wilker Porto | Agora Sudoeste

O Ministério da Educação liberou R$ 344,9 milhões de recurso extra para as universidades e institutos federais de todo o país no final do exercício de 2017. “Esses recursos chegam às instituições permitindo aos reitores fecharem o exercício com mais tranquilidade e planejarem o início de 2018, seja honrando contratos já em andamento, seja adiantando ordens de serviços e planejamento de obras, o que dá a eles uma maior capacidade de execução de ações”, avaliou o ministro da Educação, Mendonça Filho. No caso das universidades federais, o repasse foi de R$ 251,2 milhões. Para os institutos federais foram destinados R$ 93,7 milhões. A verba poderá ser utilizada para ações de custeio e investimento em obras de ampliação ou reforma, aquisição de equipamentos e contratação de serviços terceirizados. Como se trata de recursos descontingenciados, a instituição tem total autonomia para aplica-los nas ações que considere mais importantes.


Brumado: Escola Miriam Meira está etapa nacional do concurso 'Pesquisar e Conhecer para Combater O Aedes Aegypti'

Brumado: Escola Miriam Meira está etapa nacional do concurso 'Pesquisar e Conhecer para Combater O Aedes Aegypti'
Foto: Reprodução

A escola Miriam Meira, localizada na Comunidade Lagoa Funda, em Brumado, foi classificada na categoria Educação Infantil para a etapa nacional do concurso ‘Pesquisar e Conhecer para Combater O Aedes Aegypti’. A próxima etapa o vídeo estará participando de uma votação. Acesse o link, vote e ajude a escola a vencer o concurso. 


Prazo para inscrição no ProUni encerra nesta sexta (10)

Prazo para inscrição no ProUni encerra nesta sexta (10)

O Programa Universidade para Todos (ProUni) finaliza nesta sexta-feira (10), as inscrições da sua 2ª edição de 2016. Elas serão recebidas até as 23h59 e podem participar estudantes que tenham participado das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2015 e que não tenham diploma de curso superior. Além das provas do Enem, é necessário que o candidato tenha cursado todo o ensino médio em escola pública ou como bolsista integral em colégio particular; tenha cursado parte do ensino médio na rede pública e parte em colégio particular como bolsista integral; seja portador de necessidade especial; seja professor da rede pública, no efetivo exercício do magistério da educação básica e integrando o quadro de pessoal permanente. Aqueles que se enquadrem nos requisitos discriminados acima também precisarão comprovar renda familiar mensal de até 1,5 salário mínimo por pessoa, no caso das bolsas integrais, ou até três salários mínimos por pessoa, para concorrer às bolsas parciais.

 


Secretaria da Educação do Estado disponibiliza conteúdos online voltados à preparação para o Enem

Secretaria da Educação do Estado disponibiliza  conteúdos online voltados à preparação para o Enem

Na contagem regressiva para as inscrições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir do dia 9 de maio, os estudantes da rede estadual têm um reforço a mais na preparação para as provas. A Secretaria da Educação do Estado da Bahia disponibiliza mais de 3,7 mil conteúdos digitais de todas as áreas de conhecimento, por meio do Ambiente Educacional Web, no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br). O espaço é uma ferramenta acessível para os estudantes, com um sistema de busca fácil e dinâmico. Esses conteúdos digitais são produzidos e/ou catalogados por educadores da Rede Anísio Teixeira. O professor de Matemática, Samuel Oliveira de Jesus, é um desses colaboradores. “É um espaço diferenciado, multidisciplinar criado para que estudantes e professores possam acessar, compartilhar e construir conhecimentos por meio das Tecnologias da Informação e Comunicação. O Ambiente Educacional Web é um guia pedagógico que norteia estudante e professor”, considera. Com acesso público e gratuito, o AEW conta, também, com sites temáticos, como a Rede Social Espaço Aberto e o Blog do Professor Web. Todas essas ferramentas atraem os estudantes para o Ambiente Educacional, como também por meio dos professores. “A divulgação dos conteúdos é feita pelos professores em sala de aula e por meio de panfletos, folderes. É importante que os estudantes conheçam um espaço rico em conteúdo, com informação e interatividade”, acrescenta Samuel. O Ministério da Educação (Mec) lançou recentemente a plataforma ‘Hora do Enem’ que também conta com diversos conteúdos exclusivos para o Enem, a exemplo de simulados e videoaulas. O estudante pode acessá-lo através de dispositivos móveis como tablets, smartphones ou computadores no link http://tvescola.mec.gov.br/tve/serie/hora-do-enem/.

 


Brumado: Ex-aluna do CEB conquista vaga no Curso de Medicina da UESB

Brumado: Ex-aluna do CEB conquista vaga no Curso de Medicina da UESB
Foto: Divulgação

A ex- aluna do Colégio Estadual de Brumado (CEB), Rafaela Machado Gomes garantiu uma vaga na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) para o Curso de Medicina, em Jequié. Após intensa rotina de estudos, a estudante conseguiu média 722 no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e a tão sonhada vaga no curso. A direção e professores do CEB parabenizam a aluna pelo esforço e dedicação empregada na conquista deste sonho.


Universidades privadas contestam prioridade do Fies para Norte e Nordeste

Universidades privadas contestam prioridade do Fies para Norte e Nordeste

Nesta quarta-feira (01), a Federação Nacional das Escolas Particulares (Fenep) declarou que entrará na Justiça para contestar os critérios adotados na priorização de vagas do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Segundo a Folha de S. Paulo, o Norte, Nordeste e Centro-Oeste foram apontados pelo ministro da Educação, Renato Janine, como prioritários na distribuição dos 61,5 mil novos financiamentos. Para o presidente da Fenep, Amabile Pacios, "o aluno pobre do Sudeste precisa do financiamento tanto quanto o do Nordeste. Parece mais uma forma de atender à base eleitoral da [presidente] Dilma", disse. Embora o  ministério tenha explicado que  os critérios foram "amplamente debatidos e pactuados com as entidades representativas das instituições de ensino" e visão que "as regiões que têm um certo atraso em relação ao Sul e Sudeste possam se aproximar do patamar deles", a  Fenep, declarou que  a mudança traz discriminação aos alunos também em dificuldade nos outros locais do país. 


Uneb oferece 493 vagas pelo sistema de seleção do Ministério da Educação

Uneb oferece 493 vagas pelo sistema de seleção do Ministério da Educação
Foto: Wilker Porto/Brumado Agora

A Universidade do Estado da Bahia (Uneb) oferece 493 vagas para o segundo semestre de 2015 pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do Ministério da Educação (MEC). Do total das vagas, 40% são destinadas a candidatos negros oriundos da rede pública de ensino e com baixa renda, e 5% para indígenas. Os candidatos, que podem se inscrever entre os dias 8 e 10 de junho, têm 32 opções de cursos distribuídas em 14 campi de Salvador e de municípios do interior. As inscrições devem ser feitas exclusivamente no site do Sisu. De acordo com informações da Uneb, entre os cursos disponíveis, na segunda edição do Sisu deste ano, destacam-se Medicina (Campus de Salvador, 16 vagas), Fisioterapia (Salvador, 16), Engenharia de Pesca (Xique-Xique, 26), Comunicação Social/Jornalismo em Multimeios (Juazeiro, 21), Direito (Valença, 11) e Enfermagem (Senhor do Bonfim, 18). A seleção dos inscritos será realizada conforme o desempenho obtido no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014. Os interessados podem escolher gratuitamente até duas opções de cursos oferecidos pela Uneb. O resultado da chamada regular de candidatos selecionados será divulgado no próximo dia 15. Já o prazo para manifestar interesse em participar da lista de espera é de 15 a 26 de junho. Mais informações podem ser obtidas no site da Uneb.


PARFOR UNEB: Inscrições foram prorrogadas até o dia 16 de março

PARFOR UNEB: Inscrições foram prorrogadas até o dia 16 de março

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) informa que as pré-inscrições nos cursos do PARFOR ofertados na Plataforma Freire foram prorrogadas até a próxima segunda-feira (16).  Assim, aqueles professores que ainda desejarem realizar a sua pré-inscrição nos cursos ofertados, poderão fazê-la até essa data. A pré-inscrição deve ser feita, exclusivamente por meio eletrônico, na Plataforma Freire, no endereço http://freire.capes.gov.br. Para participar, o docente deve estar cadastrado na base do EDUCACENSO de 2013 ou 2014. Os cursos de licenciatura ofertados pelo PARFOR são inteiramente gratuitos e destinam-se aos docentes em exercício na rede pública de educação básica. Para participar do processo seletivo dos cursos do PARFOR, a pré-inscrição realizada pelos docentes deverá ser avaliada pela secretaria de educação estadual ou municipal à qual o pré-inscrito estiver vinculado. Nessa avaliação, a secretaria de educação informa, na Plataforma Freire, se valida ou não a participação do docente. O período de validação pelas secretarias de educação é de 17/03/2015 a 24/04/2015. É importante ressaltar que a pré-inscrição e a validação não garantem a matrícula do professor. A realização da matrícula depende de aprovação em processo seletivo definido pela IES e do atendimento aos requisitos do programa e das regras para a formação das turmas. O Departamento de Ciências Humanas e Tecnologias, da Universidade do Estado da Bahia, em Brumado, pretende, nessa fase do PARFOR, administrar os cursos de licenciaturas que serão ofertados nos municípios de Aracatu, Boquira, Brumado, Caculé, Caraíbas e Érico Cardoso. Segue, anexada, a relação de cursos e vagas para as cidades mencionadas. Os cursos são presenciais modulares, ou seja, são promovidos encontros presenciais de 80 horas/aula por mês ou 40 horas/aula a cada quinzena no município sede.


Rede estadual de ensino inicia matrículas na terça-feira (24)

Rede estadual de ensino inicia matrículas na terça-feira (24)
Foto: Wilker Porto | Brumado Agora

Os estudantes oriundos da rede estadual de ensino devem ficar atentos ao calendário do  período de matrícula. Na próxima terça-feira (24), devem se matricular aqueles que já estão integrados a rede estadual, mas pretendem mudar de instituição de ensino. Nos dias 25 e 26, é a vez de se matricularem os alunos egressos das redes municipais, concluintes do 5º ou 9º ano do ensino fundamental, neste caso, deve ser observado que será matriculado o aluno oriundo de escola que não oferece a série seguinte. No dia 27, realizara-se as matriculas de novos alunos do ensino fundamental.  Cabe lembrar, que os novos alunos  do ensino médio e técnico nível médio deverão realizar suas matrículas nos dias 2 e 3 de março. As matrículas podem ser realizadas em qualquer escola estadual ou na internet, através do endereço www.educacao.ba.gov.br/matricula2015 ,  para aqueles que  já estão conectados com o Sistema de Gestão Escolar (SGE) da Secretaria da Educação do Estado da Bahia. Presencialmente, deve ser apresentada a seguinte documentação: histórico escolar original; original e cópia da certidão de nascimento ou RG, CPF e comprovante de residência.


MEC divulga resultado da segunda chamada do ProUni

MEC divulga resultado da segunda chamada do ProUni

O Ministério da Educação divulgou nesta quinta-feira (19) a lista dos estudantes pré-selecionados na segunda chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni). A lista está na página do ProUni e nas instituições de ensino participantes do programa. Os candidatos têm até a próxima terça-feira (24) para comprovar nas instituições as informações prestadas no momento da inscrição. É responsabilidade do estudante verificar nas unidades de educação superior os horários e o local onde deve comparecer. A perda do prazo ou a não comprovação das informações resultarão na reprovação do candidato. Entre o que deve ser apresentado estão um documento de identificação, comprovantes de residência, de rendimento dos estudantes e de integrantes do grupo familiar e comprovantes de ensino médio. Quem não foi pré-selecionado na segunda chamada ainda poderá manifestar interesse em participar da lista de espera nos dias 2 e 3 de março, na página do ProUni.

  


Ministério da Educação determina reajuste de 6,4% no Fies

Ministério da Educação determina reajuste de 6,4% no Fies

O Ministério da Educação (MEC) divulgou que o Sistema Informatizado do Fies (SisFies) estará aberto para novos contratos a partir do dia 23 de fevereiro e seguem  até o dia 30 de abril. Além disso, o MEC determinou um reajuste de até 6,4% no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Isso significa que faculdades que tiveram sua mensalidade reajustada em até 6,4% poderão ser financiadas pelo Fies. Instituições que tiverem reajuste acima desse valor ficarão fora. Segundo o ministro da educação, Cid Gomes,  a autorização dos novos contratos vai levar em conta a qualidade e o perfil do curso. Graduações consideradas prioritárias para suprir carências do mercado, como licenciaturas, terão prioridade. Ainda de acordo com o ministro, a medida irá coibir a adesão de faculdades de baixa qualidade no programa. “O governo vai colocar um balizador nisso que é qualidade”, disse o titular do MEC.


Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Saiba Mais