Resultados do Enem 2023 já podem ser acessados

Resultados do Enem 2023 já podem ser acessados
Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já podem ser acessados por meio da Página do Participante, utilizando o login único da plataforma gov.br. As provas foram aplicadas nos dias 5 e 12 de novembro de 2023. Ao todo, mais de 3,9 milhões de pessoas participaram do certame. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), as notas dos chamados treineiros – candidatos que participaram do exame em busca de autoavaliação, sem concorrer às vagas – serão divulgadas somente em março. Já o espelho com a avaliação das redações será disponibilizado em 90 dias. Além de avaliar o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica, o Enem é a principal porta de entrada para a educação superior no Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e de iniciativas como o Programa Universidade para Todos (Prouni). Os resultados também são utilizados como critério único ou complementar dos processos seletivos, além de servirem de parâmetro para acesso a auxílios governamentais, como o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). 


Rede Estadual de Ensino inicia a Matrícula 2024 de forma on-line

Rede Estadual de Ensino inicia a Matrícula 2024 de forma on-line
Foto - Feijão Almeida / GOVBA

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) iniciou a Matrícula 2024 nesta segunda-feira (15). O processo é simples e acontece de forma on-line, por meio de qualquer aparelho, a exemplo de tablets e celulares. Basta acessar o Portal do Governo (ba.gov.br) e fazer seu cadastro, clicando no botão cadastre-se, no canto superior direito. O primeiro passo é informar o CPF e a data de nascimento do estudante. Após essa etapa, será necessário incluir o endereço residencial, contato do celular, e-mail e gênero. Após ter concluído o cadastro, o usuário vai receber uma mensagem no e-mail que informou para validar sua inscrição no site. No período da matrícula, entre os dias 15 e 23 de janeiro, estudantes, pais ou responsáveis devem voltar ao site www.ba.gov.br, onde foi criado um link específico para a efetivação e conclusão do processo. Este ano, a SEC vai duplicar a oferta do número de vagas de Educação em tempo integral, passando de 60 mil para 120 mil. Também serão ampliadas as vagas na educação profissional, saindo de 108 mil, em 2023, para mais 143 mil.


Alunos do Ensino Médio podem receber bolsa a partir de março

Alunos do Ensino Médio podem receber bolsa a partir de março
Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

O ministro da Educação, Camilo Santana, afirmou nesta terça-feira (9) que o governo prevê o início do pagamento de incentivo aos estudantes pobres do ensino médio a partir de março. O valor individual do benefício ainda deverá ser detalhado em regulamentação, e após o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionar o texto da Medida Provisória (MP) que institui o programa e que foi aprovada pelo Congresso Nacional em dezembro do ano passado. "Nós estamos trabalhando para que, a partir de março, os estudantes já comecem a receber o pagamento. Esse é o calendário, nós estamos trabalhando porque isso envolve Caixa Econômica Federal, envolve também os estados, Para que a gente possa executar esse programa", afirmou a jornalistas, no Palácio do Planalto, após participar de reunião com o presidente da República. "Esta é a etapa [do ensino básico] onde há mais abandono e evasão escolar, principalmente o primeiro ano do ensino médio", argumentou o ministro. A MP enviada pelo governo e aprovada pelo Congresso prevê o incentivo para os estudantes cadastrados no Cadastro Único de Programas Sociais (CadÚnico), que seja contemplado pelo Bolsa família, ou para jovens de 19 a 24 anos matriculados no programa Educação de Jovens e Adultos (EJA). O esperado é que o benefício alcance cerca de 2,5 milhões de jovens.


Universidades estaduais baianas ampliam oportunidades de ingresso através do SISU 2024

Universidades estaduais baianas ampliam oportunidades de ingresso através do SISU 2024
Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Os estudantes do interior do Estado da Bahia terão uma oportunidade ampliada de ingressar no Ensino Superior, em 2024. A Universidade do Estado da Bahia (UNEB)  e a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) ampliaram o número de vagas ofertadas para o acesso aos cursos de graduação pelo Sistema de Seleção Unificada (SISU) deste ano, proporcionando mais chances aos candidatos que participaram da edição de 2023 do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Os interessados terão de 22 a 25 de janeiro para realizar as inscrições no SISU, exclusivamente pela internet, através do endereço eletrônico https://acessounico.mec.gov.br/sisu. A UNEB se destaca nesse cenário, ampliando suas ofertas para um total de 1.865 vagas em 137 cursos – um aumento de 101 vagas em comparação com o ano passado. Já a UESB expande sua oferta para 993 vagas, distribuídas em 47 cursos, representando um acréscimo de 255 vagas, em relação a 2023.


Mais de 18 mil estudantes são beneficiados pelo programa Universidade Para Todos em 2023

Mais de 18 mil estudantes são beneficiados pelo programa Universidade Para Todos em 2023
Foto - Camila Souza / GovBA

O Programa Universidade para Todos (UPT) concluiu mais um ano destacando seu papel na preparação dos estudantes e egressos da rede estadual de ensino da Bahia para ingresso no ensino superior. Em 2023, 18.966 alunos foram beneficiados com o pré-vestibular gratuito ofertado pelo Governo do Estado em 311 polos distribuídos por 195 municípios da Bahia. Além disso, o UPT contou com 1.376 monitores desde o início das aulas, em 05 de junho, até o encerramento, em 15 de dezembro. No município de Cândido Sales, por exemplo, a comunidade está em festa com a aprovação de sete estudantes do programa no vestibular da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). Os estudantes Mateus Moreira dos Santos, Bruna Moreira, Karen Santos do Nascimento, Ana Rita Carvalho Rocha, Glauber de Souza Souto, Maria Clara Batista e Leandro Nascimento da Silva ingressarão no Ensino Superior no primeiro semestre de 2024.


SEC realiza renovação de matrícula para os estudantes da rede estadual de ensino até quinta-feira (21)

SEC realiza renovação de matrícula para os estudantes da rede estadual de ensino até quinta-feira (21)
Foto - Feijão Almeida / GOVBA

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) realiza, até a próxima quinta-feira (21), a renovação da matrícula para o ano letivo de 2024 dos estudantes da rede estadual com frequência regular no ano letivo de 2023, conforme prorrogação de prazo publicada no Diário Oficial do Estado, desta terça-feira (19). O processo está sendo realizado na própria unidade escolar em que o estudante vai concluir o atual ano letivo. O superintendente de Planejamento Operacional da Rede Escolar da SEC, Ricardo Moraes, explicou que a renovação é muito simples. “Para renovar a matrícula, basta que o estudante que esteja regularmente matriculado no ano letivo em curso se dirija à secretaria escolar para assinar a lista de renovação, dentro do prazo legal, e desde que a unidade escolar ofereça o ano/série subsequente. Vale lembrar que podem assinar a listagem para a renovação os estudantes maiores de 16 anos ou responsáveis legais, quando do seu interesse em renovar a matrícula na mesma unidade escolar”. Os alunos que desejarem mudar de escola ou a escola onde esteja matriculado não ofereça o ano/série subsequente deverão se ater ao prazo da matrícula oficial na rede estadual de ensino, que será em janeiro, e acontecerá 100% on-line. Quem não cumprir o prazo para a renovação também ficará sujeito a perder a vaga na unidade escolar onde está estudando atualmente.


Câmara dos Deputados aprova projeto que cria incentivo financeiro ao estudante do ensino médio

Câmara dos Deputados aprova projeto que cria incentivo financeiro ao estudante do ensino médio
Foto - Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

A Câmara dos Deputados aprovou projeto de lei que concede incentivo financeiro educacional, na modalidade poupança, para estimular alunos do ensino médio a permanecerem na escola e concluírem o curso. A proposta será enviada ao Senado. O texto aprovado nesta terça-feira (12) é um substitutivo do relator, deputado Pedro Uczai (PT-SC), para o Projeto de Lei 54/21, da deputada Tabata Amaral (PSB-SP) e outros. O relator aproveitou a maior parte do texto da Medida Provisória 1198/23 sobre o mesmo tema, como a criação de um fundo com aporte de R$ 20 bilhões pela União para fazer frente às despesas. O público-alvo do incentivo são os estudantes de baixa renda matriculados no ensino médio da rede pública, em todas as modalidades, e pertencentes a famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Dentre esses terão prioridade aqueles com renda mensal de até R$ 218 por pessoa. A fim de estimular o cumprimento da etapa escolar em idade adequada, o incentivo poderá ser pago a estudantes da modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA) somente se tiverem entre 19 e 24 anos incompletos.


UNEB divulga gabaritos preliminares das provas do Vestibular 2024

UNEB divulga gabaritos preliminares das provas do Vestibular 2024
Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

O(a) candidato(a) poderá acessar o gabarito individual de sua prova objetiva através site www.vestibular2024.uneb.br. Caso o(a) candidato(a) esteja realizando o primeiro acesso ao sistema, deverá informar CPF e data de nascimento, definindo uma senha para realizar os próximos acessos. De acordo com o edital, o resultado final do vestibular será divulgado no dia 26 de janeiro de 2024. 


UNEB conclui aplicação das provas do Vestibular 2024; gabaritos serão divulgados nesta terça (12)

UNEB conclui aplicação das provas do Vestibular 2024; gabaritos serão divulgados nesta terça (12)
Foto - Divulgação

Nesta segunda-feira (11), a UNEB concluiu a aplicação das provas do Vestibular 2024, na capital e no interior do estado. O segundo dia de exame teve aparticipação de 23.556 candidatos. O índice de abstenção total foi de 21%. Foram aplicadas as provas de matemática e ciências da natureza (física, química e biologia). Os candidatos tiveram quatro horas para concluir os exames e só puderam deixar os locais após duas horas do início. De acordo com o edital, os gabaritos das provas serão divulgados nesta terça-feira (12). Candidata a uma das vagas do curso de Relações Públicas, Paula Araújo, avaliou o seu desempenho durante aplicação dos exames. “Os dois dias de prova foram bem tranquilos. Tenho expectativa de ser aprovada, seguir minha futura carreira e me tornar uma profissional de sucesso”, disse confiante. Assim como no primeiro dia, a reitora da universidade,Adriana Marmori, e a pró-reitora de Ensino de Graduação (Prograd), Gabriela Pimentel, acompanharam o segundo dia de provas em um dos 22 locais de aplicação na capital baiana.  “Visitei colégios, durante os dias de prova, e presenciei o nível de tranquilidade e de segurança com que a nossa universidade organizou e executou o vestibular. As equipes foram devidamente orientadas, coordenando o processo, acolhendo os candidatos e as candidatas com entusiasmo e retidão. Concluímos, assim, mais esta etapa deste processo seletivo, torcendo por cada um e cada uma, que confiaram à nossa universidade o sonho de ingressar na universidade pública”, destacou a reitora. 


Sisu passará a ter apenas uma edição a partir de 2024

Sisu passará a ter apenas uma edição a partir de 2024

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) passará a ter apenas uma edição por ano a partir de 2024. O programa seleciona estudantes para vagas em universidades públicas de todo o país com base na nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). De acordo com o Ministério da Educação (MEC), ainda nesta semana, será publicado o edital do Sisu do próximo ano, que deverá trazer mais detalhes sobre a mudança. Criado em 2009 e implementado em 2010, o Sisu é realizado tradicionalmente duas vezes por ano, selecionando estudantes para vagas no ensino superior tanto no primeiro quanto no segundo semestre de cada ano. A partir do ano que vem, no entanto, deverá ser feito apenas um processo seletivo por ano. O Sisu é um sistema que reúne em uma mesma plataforma as vagas ofertadas por instituições públicas de ensino superior, sejam elas federais, estaduais ou municipais. Para participar, os estudantes devem ter feito a última edição do Enem e não podem ter tirado zero na prova de redação. Na hora da inscrição, os candidatos podem escolher até duas opções curso nas quais desejam concorrer a vagas. Uma vez por dia, durante o período de inscrição, é divulgada a nota de corte de cada curso, baseada nas notas dos candidatos inscritos até aquele momento. Os candidatos podem mudar de opção de curso até no último dia de inscrição.


Ministério da Educação estuda fim dos cursos de licenciatura 100% EaD

Ministério da Educação estuda fim dos cursos de licenciatura 100% EaD
Foto - Nonato Souza

O ministro da Educação Camilo Santana afirmou, nesta terça-feira (5), que o governo federal cogita proibir que cursos de licenciatura tenham 100% da carga horária na modalidade de ensino à distância (EaD) e planeja outras mudanças nos de formação de professores online. Para o ministro, o momento é de avaliação dos cursos de licenciatura não presenciais, que em novembro tiveram as autorizações para novos cursos 100% EaD suspensas por 90 dias. “A ideia do ministério é não permitir mais cursos sempre EAD. Então, vamos definir se vão ser 50%, 30% [da carga horária].” A preocupação com a formação dos professores brasileiros foi manifestada pelo ministro em entrevista coletiva à imprensa, logo após a apresentação pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), na manhã desta terça-feira, dos resultados obtidos pelo Brasil no Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa) 2022. O levantamento mostrou que menos de 50% dos alunos sabem o básico em matemática e ciências.


Pisa: menos de 50% dos alunos sabem o básico em matemática e ciências

Pisa: menos de 50% dos alunos sabem o básico em matemática e ciências
Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

O Brasil manteve-se estável nas pontuações em matemática, leitura e ciências no Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa). No entanto, menos de 50% dos alunos conseguiram nível mínimo de aprendizado em matemática e ciências. Em 2022, o país alcançou 379 pontos em matemática, 410 em leitura e 403 em ciências, conforme resultados divulgados nesta terça-feira (5) pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Já em 2018, ano anterior avaliado, o desempenho foi 384 pontos em matemática, 413 em leitura e 404 em ciências. “Os resultados médios de 2022 foram praticamente os mesmos de 2018 em matemática, leitura e ciências. Os resultados do Pisa têm-se mantido notavelmente estáveis durante um longo período: depois de 2009, nas três disciplinas, apenas foram observadas flutuações pequenas e, em sua maioria, não significativas”, diz o relatório sobre o desempenho dos estudantes brasileiros. Aplicado a cada três anos, o Pisa avalia os conhecimentos dos estudantes de 15 anos de idade nas três disciplinas. No total, 690 mil estudantes de 81 países fizeram os testes. No Brasil, 10.798 alunos de 599 escolas passaram pela avaliação. Na edição de 2022, o foco foi em matemática. Com os resultados de 2022, o Brasil continua no grupo abaixo da média dos países da OCDE nas três disciplinas: 472 pontos em matemática, 476 em leitura e 485 em ciências. Cada 20 pontos equivalem a um ano escolar. Em ciências, por exemplo, o Brasil está com pelo menos quatro anos de atraso em relação aos membros da OCDE. 


Uso excessivo de dispositivo digital afeta desempenho de alunos

Uso excessivo de dispositivo digital afeta desempenho de alunos
Foto - Rovena Rosa / Agência Brasil

O relatório do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa) de 2022, divulgado nesta terça-feira (5) pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), mostra que alunos usuários de smartphones e outros dispositivos digitais de cinco a sete horas por dia tiveram pontuação menor nos testes. “Na média nos países da OCDE, os estudantes que passam até uma hora por dia na escola em dispositivos digitais para lazer obtiveram 49 pontos a mais em matemática do que os alunos cujos olhos ficavam grudados nas telas entre cinco e sete horas por dia, depois de levar em conta o perfil socioeconômico dos alunos e das escolas”, informa o relatório. Aplicado a cada três anos, o Pisa avalia os conhecimentos dos estudantes de 15 anos de idade nas três disciplinas. No total, 690 mil estudantes de 81 países fizeram os testes em 2022. A edição teve como foco o desempenho em matemática.


Provas do Vestibular UNEB 2024 serão aplicadas domingo (10) e segunda-feira (11)

Provas do Vestibular UNEB 2024 serão aplicadas domingo (10) e segunda-feira (11)
Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste


As provas do Vestibular UNEB 2024 serão aplicadas no domingo (10) e segunda-feira (11). Os 29.975 inscritos devem acessar seus locais de prova no site oficial do processo seletivo. Para a consulta, os participantes devem informar número de inscrição ou CPF e data de nascimento. Mais detalhes sobre a seleção podem ser consultados no Manual do Candidato. Os portões serão abertos às7h20 e fechados às 7h50, seguindo o horário local, e os exames terão início às 8h. Veja o Edital de Convocação para as provas. No primeiro dia, os candidatos farão provas de língua portuguesa (incluindo literatura brasileira), língua estrangeira (inglês, espanhol ou francês) e ciências humanas (história, geografia e atualidades), além da redação. Já no segundo dia, será a vez de matemática e ciências da natureza (física, química e biologia). Neste vestibular, a UNEB oferece 7.114 vagas, sendo 4.114 são para cursos de graduação na modalidade presencial e 3.000 oportunidades para os cursos na modalidade a distância, das quais 1.800 vagas são oferecidas pela instituição, 450 para cursos tecnológicos e 750 pelo sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB). O certame prevê o preenchimento das vagas para o ano letivo de 2024. 


UNEB divulga edital de convocação para provas do Vestibular 2024

UNEB divulga edital de convocação para provas do Vestibular 2024
Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

 

A UNEB, divulgou o edital de convocação para as provas do Vestibular 2024, que serão aplicadas nos dias 10 e 11 de dezembro. Os portões serão abertos às 7h20 e fechados às 7h50, seguindo o horário local, e os exames terão início às 8h. No primeiro dia, os candidatos farão provas de língua portuguesa (incluindo literatura brasileira), língua estrangeira (inglês, espanhol ou francês) e ciências humanas (história, geografia e atualidades), além da redação. Já no segundo dia, será a vez de matemática e ciências da natureza (física, química e biologia). Neste vestibular, a UNEB oferece 7.114 vagas, sendo 4.114 são para cursos de graduação na modalidade presencial e 3.000 oportunidades para os cursos na modalidade a distância, das quais 1.800 vagas são oferecidas pela instituição, 450 para cursos tecnológicos e 750 pelo sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB). O certame prevê o preenchimento das vagas para o ano letivo de 2024. O Cartão Informativo do Candidato, documento em que consta o local de prova dos participantes, será disponibilizado no site do Vestibular UNEB 2024, na próxima segunda-feira (4). 


Inep prorroga prazo para pedidos de reaplicação do Enem 2023

Inep prorroga prazo para pedidos de reaplicação do Enem 2023
Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) prorrogou para até as 23h59 da segunda-feira (20) o prazo para pedidos de reaplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023. A medida que vale para quem teve problemas de logística ou de saúde (doenças infectocontagiosas) nos dias do exame (12 e 19), e para quem mora a mais de 30 quilômetros do local de prova. As solicitações para a reaplicação do exame devem ser feitas na Página do Participante, e a reaplicação será nos dias 12 e 13 de dezembro. “Pessoas que tenham sido afetadas por problemas logísticos, como comprometimento da infraestrutura, falta de energia elétrica no local de prova ou erro de aplicação, podem solicitar a reaplicação. Participantes alocados a mais de 30 quilômetros da residência indicada no ato da inscrição também podem solicitar o direito. Os casos serão analisados individualmente”, informou o Inep, a quem caberá fazer a avaliação dos pedidos.


Prazo para solicitar reaplicação do Enem termina nesta sexta-feira

Prazo para solicitar reaplicação do Enem termina nesta sexta-feira

Termina nesta sexta-feira (17) o prazo para apresentação de pedidos de reaplicação do Exame Nacional do Ensino Médio 2023 (Enem), por candidatos que tiveram problemas de logística ou de saúde – doenças infectocontagiosas. A solicitação deve ser apresentada via Página do Participante. Podem também fazer a solicitação pessoas que não compareceram ao exame porque foram alocadas a uma distância superior a 30 quilômetros da residência informada. A reaplicação das provas será nos dias 12 e 13 de dezembro. De acordo com o Ministério da Educação, entre os problemas logísticos que possibilitam a reaplicação das provas estão alguns ligados a comprometimento da infraestrutura (como desastres naturais); falta de energia elétrica no local (caso comprometa a visibilidade da prova); falha no dispositivo eletrônico fornecido ao participante e erro no procedimento de aplicação da prova, caso incorra em comprovado prejuízo ao candidato. As doenças infectocontagiosas que possibilitam a reaplicação da prova são covid-19, tuberculose, coqueluche, difteria, doença invasiva por Haemophilus influenza, doença meningocócica e outras meningites, varíola; influenza humana A e B, poliomielite por poliovírus selvagem sarampo rubéola e varicela. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) explica que, “nos casos de doenças infectocontagiosas, os pedidos de reaplicação devem ser acompanhados por documentos comprobatórios, que serão analisados pelo Inep individualmente”.


Enem: estudantes faltosos têm de 13 a 17 de novembro para pedir reaplicação da prova

Enem: estudantes faltosos têm de 13 a 17 de novembro para pedir reaplicação da prova
Foto - Valter Campanato / Agência Brasil

Quase 4 milhões de pessoas se inscreveram para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023. Dados preliminares do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) apontam para 71,9% de participação no último domingo (5). Mas alguns estudantes não conseguiram comparecer no dia do exame. Os prazos de reaplicação da prova foram marcados para os dia 12 e 13 de dezembro. O advogado especialista em direito educacional, Henrique de Mello Franco, diz que os alunos precisam ficar atentos ao edital para saber quem pode fazer a segunda chamada. “As pessoas afetadas por problemas logísticos ou doenças têm o direito, sim, em determinados casos a requerer uma segunda chamada, realizar a prova num outro dia. No entanto, isso é muito detalhado no edital. O edital é a lei do certame, do concurso, no caso do exame. Também tem que olhar o formato de apresentação do requerimento do candidato com todos os comprovantes”, alerta. No total, foram 9.396 locais de prova e 10.086 coordenações, nas 132.466 salas de aplicação, em 1.750 municípios, distribuídos pelas 27 unidades da Federação. No primeiro dia do Enem, os participantes fizeram provas de linguagens e ciências humanas, além da redação. O avanço no número de inscrições foi de 13,1% em relação a 2022, quando foram 3.476.226; e de 14,2% em relação a 2021, que teve 3.444.171 inscritos.


Curso de Engenharia de Minas do IFBA-Campus Brumado obtém nota máxima na avaliação do MEC

Curso de Engenharia de Minas do IFBA-Campus Brumado obtém nota máxima na avaliação do MEC
Foto - Divulgação

A Comunidade Acadêmica do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia, Campus Brumado, tem a satisfação de anunciar que o curso de Engenharia de Minas obteve a nota máxima (5) na avaliação do Ministério da Educação (MEC) para o seu reconhecimento. Essa conquista é um testemunho do compromisso constante da instituição com a excelência educacional e do esforço conjunto de toda a equipe envolvida. O resultado da avaliação representa um marco significativo para o Campus Brumado, e a Comunidade Acadêmica expressa sua gratidão e reconhecimento aos professores, equipe técnica, coordenação do curso, Núcleo Docente Estruturante (NDE), Colegiado do Curso e todos os envolvidos por sua dedicação e empenho notáveis. A liderança da coordenadora do curso, Cheilane Tavares de Souza, desempenhou um papel fundamental no processo de gestão e reconhecimento do curso, demonstrando comprometimento inabalável com a qualidade acadêmica e a missão institucional. Além disso, a Comunidade Acadêmica também expressa sua gratidão a Ladimilson Parra de Araújo, ex-coordenador, por sua contribuição para a consolidação do curso. Os estudantes do curso de Engenharia de Minas também são dignos de reconhecimento, demonstrando dedicação ao aprendizado e busca pela excelência, contribuindo para o ambiente acadêmico de maneira exemplar. O Campus Brumado, nos últimos anos, tem desempenhado um papel relevante no desenvolvimento da Educação em Brumado e região. Com os ótimos resultados no ENEM 2022, recentemente divulgados, e agora com o curso de Engenharia de Minas alcançando a nota máxima, o Campus Brumado tem consolidado sua posição como um agente de transformação na oferta de educação de níveis médio e superior no território do Sertão Produtivo, com qualidade reconhecida.


MEC descarta cancelamento do Enem após suposto vazamento de provas

MEC descarta cancelamento do Enem após suposto vazamento de provas
Foto - Marcelo Camargo / Agência Brasil

O ministro da Educação, Camilo Santana, descartou, nesta segunda-feira (6), o cancelamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2023, após o vazamento de imagens da prova no domingo (5), primeiro dia de aplicação das provas. “De forma alguma”, disse, quando questionado sobre a possibilidade de cancelamento. Camilo falou com a imprensa no Palácio do Planalto, após reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo ele, a Polícia Federal (PF) investiga o caso. A imagem de uma prova de redação do Enem 2023 circulou nas redes sociais e em grupos do WhatsApp. “Ontem, tivemos duas diligências da Polícia Federal em relação às imagens circuladas, uma em Pernambuco e outra aqui no Distrito Federal. Portanto, a Polícia Federal continua apurando e fazendo as investigações necessárias para identificar qualquer tipo de ilícito”, disse. O ministro afirmou que o balanço da primeira etapa de provas foi positivo, com “ocorrências pontuais”. O primeiro dia de provas do Enem 2023 teve 4.293 candidatos eliminados por violações, como portar equipamento eletrônico, ausentar-se da sala antes do horário permitido (15h30), utilizar impressos e não atender orientações dos fiscais. Todas essas regras estão previstas no edital.  Ontem, os estudantes fizeram as provas de linguagens; códigos e suas tecnologias; e ciências humanas e suas tecnologias, além da redação. No próximo domingo (12), serão aplicadas as questões de ciências da natureza e de matemática. O resultado do Enem é usado para ingresso nas universidades públicas, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) ou para bolsas em universidades privadas pelo Programa Universidade Para Todos (Prouni). O exame também é usado para acesso ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), do Ministério da Educação (MEC), programa que financia mensalidades em instituições privadas. 


Enem: veja o que é obrigatório e o que é proibido no dia do exame

Enem: veja o que é obrigatório e o que é proibido no dia do exame
Arte - Agência Brasil

As primeiras provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) serão realizadas neste domingo (5), em todo o país. Além de estar com os estudos em dia, os candidatos devem prestar atenção às exigências e às proibições estabelecidas pelo edital para não correr o risco de ser eliminado no dia da prova. É obrigatório levar caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente, e documento de identificação válido, físico ou digital. Também é aconselhável levar o cartão de confirmação de inscrição. Se o candidato precisar justificar sua presença no exame, ele deve levar impressa a declaração de comparecimento, que será assinada pelo aplicador do exame. A declaração está disponível na Página do Participante. Entre os documentos de identificação válidos estão cédulas de Identidade, identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, Carteira de Registro Nacional Migratório, documento provisório de Registro Nacional Migratório, identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que, por lei, tenham validade como documento de identidade, passaporte e Carteira Nacional de Habilitação, Carteira de Trabalho e Previdência Social emitida após 27 de janeiro de 1997. Também são aceitos os documentos digitais e-Título, Carteira Nacional de Habilitação Digital e RG Digital, desde que apresentados nos respectivos aplicativos oficiais. Capturas de telas não serão aceitas. O Enem 2023 será aplicado nos dias 5 e 12 de novembro. No primeiro dia de prova, os participantes fazem as questões de linguagens e códigos, ciências humanas e redação. No segundo dia, as provas são de ciências da natureza e matemática. Nos dois dias, a abertura dos portões será às 12h e o fechamento, às 13h, pelo horário de Brasília. É proibida a entrada do participante após o fechamento dos portões. O início da prova está marcado para as 13h30 nos dois dias de prova, mas o horário de encerramento é diferente: no dia 5 de novembro, as provas terminam às 19h e no dia 12 de novembro, às 18h30.


Na reta final para o Enem, cuidados devem ser com o corpo e a mente

Na reta final para o Enem, cuidados devem ser com o corpo e a mente
Arte - Agência Brasil

Os dias que antecedem a realização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) podem ser de muita tensão e nervosismo para os candidatos. Mas alguns hábitos podem ser adotados para que a ansiedade não atrapalhe o seu desempenho. 

A primeira dica é evitar estudos intensos na véspera da prova. “O que eles tinham que ter de aprendizado já deve ter ocorrido, então na última semana a revisão deve ser de forma mais tranquila e sem pressão”, orienta a coordenadora de convivência ética do Colégio Sigma, de Brasília, Paula Cavalcante. Ler um livro, assistir a um filme, dar uma caminhada e estar com a família e com amigos são boas opções para passar esse tempo. As atividades físicas podem ser uma válvula de escape para a ansiedade, mas também devem ser praticadas com moderação, para evitar lesões, diz a professora. A alimentação na véspera e no dia da prova também merece atenção. A dica é manter uma alimentação leve e evitar alimentos que façam mal ao trato digestivo. “A véspera do Enem não é dia de comer coisas diferentes”, aconselha a orientadora educacional e psicopedagoga do colégio Mopi, do Rio de Janeiro, Adriana Ferreira. Neste ano, o Enem será aplicado nos dias 5 e 12 de novembro. No primeiro dia de prova, os participantes fazem as questões de Linguagens e Códigos, Ciências Humanas e redação. No segundo dia, de Ciências da Natureza e Matemática. 


Uesb oferta vagas em 47 cursos no Vestibular 2024

Uesb oferta vagas em 47 cursos no Vestibular 2024
Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste


Nos dias 3 e 4 de dezembro, a Uesb realiza o Vestibular 2024, com oferta de 992 vagas. São 47 opções de cursos, oferecidos nos campi de Itapetinga, Jequié e Vitória da Conquista. Os interessados podem realizar a inscrição pelo site do Vestibular, até o dia 31 de outubro. Atualmente, a Universidade possui cerca de 7.500 alunos matriculados nos cursos presenciais dos três campi, oferecendo uma ampla estrutura e ferramentas que vão contribuir para a formação profissional para além da sala de aula. São diversos laboratórios equipados, bibliotecas, Núcleos de Atendimentos voltadas para a comunidade externa em várias áreas do conhecimento que fortalecem o processo de ensino-aprendizagem. Além disso, bolsas de auxílio para pesquisas científicas, inovação, educação, tutorias e monitorias de ensino. Para a Permanência Estudantil, também são ofertadas bolsas para aqueles em situação de vulnerabilidade econômica e apoio psicopedagógico.


SEC premiará escolas com ações exitosas de gestão da aprendizagem e que alcancem metas do Ideb

SEC premiará escolas com ações exitosas de gestão da aprendizagem e que alcancem metas do Ideb
Foto - Pedro Moraes / GOVBA

Como parte das ações estratégicas com foco na melhoria da qualidade da educação na rede estadual de ensino, a Secretaria da Educação do Estado (SEC) lançou, nesta quarta-feira (18), dois editais para premiar as escolas e os Núcleos Territoriais de Educação (NTE) que tiverem iniciativas exitosas com foco na gestão da aprendizagem e que alcançarem as metas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). “Os dois editais visam, sobretudo, reconhecer o trabalho desenvolvido por professores, coordenadores pedagógicos e gestores das nossas unidades escolares e dos Núcleos Territoriais de Educação para a recomposição da aprendizagem. São iniciativas que se somam a tudo que vem sendo feito pelo Governo do Estado ao oferecer as melhores condições, do ponto de vista da infraestrutura física e pedagógica, para que os nossos estudantes tenham acesso a uma educação pública de qualidade”, afirmou a secretária da Educação do Estado, Adélia Pinheiro. O edital nº 14/2023 abre inscrições para o processo que premiará as escolas com turmas de 3ª série do Ensino Médio e/ou 9º ano do Ensino Fundamental, engajadas nas ações de Gestão da Aprendizagem, por meio de disponibilização de recursos financeiros para a utilização no evento ao fim do ano letivo em razão do incremento na proficiência do desempenho escolar. A iniciativa é voltada para a participação dos professores, da equipe escolar e dos estudantes que realizaram a avaliação do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) na unidade premiada, podendo ainda, a critério da escola, ser aberta aos demais estudantes e comunidade, como forma de fortalecimento do pertencimento escolar. Neste ano, as avaliações do Saeb começam a ser aplicadas no dia 23 de outubro. A inscrição será gratuita e admitida somente via internet, por meio do preenchimento do formulário intitulado "Anexo II formulário de habilitação", disponível no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br), juntamente com a documentação comprobatória indicada no edital. A inscrição deverá ser encaminhada por meio do endereço eletrônico [email protected], sinalizando no campo “assunto” o nome da escola e do Núcleo Territorial de Educação (NTE), solicitada no período de 23 de outubro a 18 de novembro de 2023.


Docentes das universidades estaduais da Bahia realizam paralisação de 24 horas em busca de negociações

Docentes das universidades estaduais da Bahia realizam paralisação de 24 horas em busca de negociações
Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Nesta quarta-feira (18), docentes das quatro universidades estaduais da Bahia - Uneb, Uefs, Uesb e Uesc - uniram forças em um protesto que ocorreu de maneira unificada em todo o território baiano, paralisando as atividades acadêmicas por 24 horas. A paralisação foi aprovada pelas assembleias docentes como uma resposta ao que eles consideram omissão e falta de avanços nas negociações com o governo estadual. A Associação dos Docentes da Uneb (Aduneb) tem liderado esse movimento e destaca que a pauta com as reivindicações da categoria foi protocolada na Governadoria e nas secretarias de governo em duas ocasiões, em 1º de dezembro e posteriormente em 11 de janeiro. Entretanto, as conversas não avançaram conforme o esperado pelos professores. A primeira reunião, ocorrida em 23 de janeiro, gerou frustração entre os docentes, uma vez que os representantes do governo afirmaram que o espaço não seria uma mesa de negociação, mas apenas um local de diálogo. Desde então, a falta de progresso e a falta de vontade política por parte das representações do governador Jerônimo Rodrigues têm sido notadas. Até o momento, apenas três reuniões ocorreram, e duas delas foram desmarcadas pelos prepostos do Palácio de Ondina. Com as negociações estagnadas, nenhum dos itens da pauta de reivindicações dos docentes avançou.


Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Saiba Mais