77 9 9992-3542 / 9 9997-0777 redacao@agorasudoeste.com.br Brumado | Bahia
voltar ao topo

Agora Sudoeste

Resultado da busca pela categoria "brasil"

Brasil registra queda de quase 1,14 milhão de linhas fixas de telefone

Sexta, 24.Nov.2017 | 15h28



Brasil registra queda de quase 1,14 milhão de linhas fixas de telefone


Foto: Agência Brasil

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) informou hoje (24) que o Brasil registrou 41.106.021 linhas fixas de telefone em setembro de 2017, o que corresponde a uma redução de 1.135.158 (-2,69%) quando comparado com o mesmo mês do ano passado. Enquanto as linhas das concessionárias da telefonia fixa apresentaram queda de 1.056.716 linhas (-4,23%), as empresas autorizadas perderam 78.442 acessos (-0,46%) no período. Entre as autorizadas, a TIM, com a entrada de 199.651 novas linhas, apresentou o maior crescimento nos últimos 12 meses, de 38,57%, seguida da Algar Telecom, com mais 70.283 novas linhas (28,55%), e da Oi, com 15.279 novos acessos (9,68%), conforme dados da Anatel. As concessionárias que apresentaram crescimento no período foram Algar Telecom, com 21.035 novas linhas (2,87%), e a Claro, com a adição de 177 novos números (10,79%). As demais registraram redução.


População brasileira é formada basicamente de pardos e brancos

Sexta, 24.Nov.2017 | 10h53
Por Agência Brasil




População brasileira é formada basicamente de pardos e brancos


Foto: Wilker Porto | Agora Sudoeste

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) 2016, divulgada hoje (24) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), revela que, no critério de declaração de cor ou raça, a maior parte da população brasileira residente é parda: são 95,9 milhões de pessoas, representando 46,7% do total. Em 2012, início da Pnad Contínua, esse percentual era 45,3%. O contingente de cor branca representava 44,2% do total populacional do país em 2016, com 90,9 milhões de pessoas. Em 2012, esse índice era de 46,6%. Mais 8,2% se declararam de cor preta, um total de 16,8 milhões de pessoas, no ano passado. Em 2012, eram 7,4%. Entre as grandes regiões do país, 76,8% da população do Sul se declaravam branca, 18,7%, parda e 3,8%, preta. Na Região Norte, 72,3% da população eram parda, 19,5%, branca e 7%, preta. Na Região Sudeste, a que tem a maior proporção de população residente, 52,2% disseram ser brancos, 37,6%, pardos e 9%, pretos. No Brasil, no ano passado, a população residente foi estimada em 205,5 milhões de pessoas. Em 2012, eram 198,7 milhões, uma variação de 3,4%. A Região Sudeste concentrava 42% da população e registrou aumento de 3,1% em quatro anos. Em relação ao sexo, as mulheres representavam 51,5% da população residente e os homens, 48,5%, não sendo observada alteração nesses percentuais entre 2012 e 2016, segundo o IBGE.


Pesquisa indica que 27% das mulheres nordestinas já sofreram violência doméstica

Sexta, 24.Nov.2017 | 09h28
Por Agência Brasil




Pesquisa indica que 27% das mulheres nordestinas já sofreram violência doméstica


Foto: Wilker Porto | Agora Sudoeste

Nos estados do Nordeste brasileiro, 27% das mulheres com idade entre 15 e 49 anos já foram vítimas da violência doméstica praticada por maridos, companheiros ou namorados. As cidades onde essa violência foi maior são Salvador, Natal e Fortaleza. Esses são alguns dos dados levantados pela Pesquisa Condições Socioeconômicas e Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, apresentada na tarde desta quarta-feira (23) no auditório da representação da ONU no Brasil, em Brasília. Elaborada em parceria com o Instituto Maria da Penha e coordenada pelo professor José Raimundo Carvalho, da Universidade Federal do Ceará, a pesquisa revela os impactos sociais, econômicos, emocionais e psicológicos nas vítimas e também na família, especialmente em crianças e adolescentes. Foram ouvidas 10 mil mulheres por 250 entrevistadores.


Maioria do STF vota pela restrição ao foro privilegiado para parlamentares

Sexta, 24.Nov.2017 | 07h08



Maioria do STF vota pela restrição ao foro privilegiado para parlamentares


Foto: Nelson Jr. | SCO | STF

Pedido de vista do ministro Dias Toffoli, apresentado na sessão desta quinta-feira (23), suspendeu o julgamento da Questão de Ordem na Ação Penal (AP) 937, na qual o Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) discute a possibilidade de restringir o alcance do foro por prerrogativa de função conferido aos parlamentares federais. Até o momento, oito ministros proferiram voto na matéria, seis acompanhando o entendimento do relator, ministro Luís Roberto Barroso, no sentido de que o foro se aplica apenas a crimes cometidos no exercício do cargo e em razão das funções a ele relacionadas. O ministro Alexandre de Moraes divergiu parcialmente, pois, segundo seu voto, o foro deve valer para crimes praticados no exercício do cargo, mas alcançando todas as infrações penais comuns, independentemente de se relacionaram ou não com as funções do mandato. A AP 937 trata do caso do ex-deputado federal Marcos da Rocha Mendes, acusado de corrupção eleitoral (compra de votos) quando era candidato à prefeitura de Cabo Frio (RJ). O entendimento do relator foi de que o caso deveria voltar à primeira instância, que já havia finalizado a instrução processual, uma vez que o réu não é mais detentor de foro por prerrogativa de função no STF.


Flamengo sai atrás, vira e tem a vantagem na semifinal da Sul-Americana

Sexta, 24.Nov.2017 | 06h49



Flamengo sai atrás, vira e tem a vantagem na semifinal da Sul-Americana


Foto: Lucas Dantas | Divulgação | Flamengo

O Flamengo precisou se reinventar em campo, superar dramas, quedas, ameaças de nocaute e se reeguer para sair do Maracanã com a vitória na primeira partida da semifinal da Copa Conmebol Sul-Americana.  O adversário, o perigoso Junior Barranquilla, achou um gol no primeiro tempo, viu o goleiro Diego Alves sair machucado e pensou que poderia mesmo sair do Rio com a vantagem no confronto. Mas a tradição rubro-negra mais uma vez falou mais alto. Com dois gols de jogadores criados na base da Gávea, Juan e Felipe Vizeu, o Flamengo virou o jogo e agora sai na frente, podendo empatar na partida de volta, em Barraquilla, na próxima quinta (30).


Economia cresce pelo 3º mês seguido e aumenta confiança do empresário

Quinta, 23.Nov.2017 | 15h28



Economia cresce pelo 3º mês seguido e aumenta confiança do empresário


Foto: Wilker Porto | Agora Sudoeste

A pesquisa divulgada hoje (23) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) revela que o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) aumentou 0,5 ponto na comparação com outubro, alcançando 56,5 pontos. É a melhor marca desde abril de 2013, período do início da crise econômica no Brasil. A pontuação permanece 2,5 pontos acima da média histórica de 54,0 pontos. De acordo com a CNI, indústria extrativa é é a mais confiante e atingiu a marca de 57,5 pontos, um ponto a mais que a média história para o setor. Outra boa marca está na indústria de transformação, com o indicador de 56,9 pontos. Na área da construção, a pontuação também está acima da média histórica, o índice chega a 54,4 pontos. Segundo a CNI, o aumento da confiança em novembro é resultado da melhora da percepção dos empresários sobre as condições atuais dos negócios e da economia."Há a redução nos juros, da inflação e do desemprego. A economia está em um momento melhor do que há seis meses", explicou o economista da CNI, Marcelo Azevedo. Os indicadores da pesquisa variam entre zero e 100 pontos, ao passo que a pontuação supera a marca de 50, demostrando que os empresários estão confiantes com a economia. A pesquisa foi feita entre 1º e 14 de novembro com 2.980 empresas em todo o país, das quais 1.162 são pequenas, 1.129 são médias e 689 são de grande porte.


Luciano Huck é a personalidade com a melhor avaliação como possível candidato a presidência

Quinta, 23.Nov.2017 | 12h28



Luciano Huck é a personalidade com a melhor avaliação como possível candidato a presidência


Foto: Divulgação

Conforme pesquisa realizada pelo Barômetro Político Estadão-Ipsos, o nome do apresentador de televisão Luciano Huck, cujo nome aparece como possível candidato à Presidência da República, apresentou um salto de 17 pontos porcentuais desde setembro, passando de 43% para 60% da aprovação dos eleitores, sendo assim, passou a ser a personalidade com a melhor avaliação entre as apresentadas pelo Ipsos aos entrevistados. De acordo com o Estadão, a pesquisa Ipsos não é de intenção de voto. O que os pesquisadores dizem aos entrevistados é o seguinte: “Agora vou ler o nome de alguns políticos e gostaria de saber se o (a) senhor (a) aprova ou desaprova a maneira como eles vêm atuando no País”. Entre os presidenciáveis, o primeiro a aparecer no ranking de aprovação do Barômetro Político, depois de Huck, é Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com 43% de avaliação positiva e 56% de negativa. O juiz Sérgio Moro, titular da 13.ª Vara Federal de Curitiba e conhecido por sua atuação no julgamento de acusados da Operação Lava Jato, foi aprovado por 50% dos entrevistados neste mês.


Novo texto da reforma da Previdência mantém idade mínima de 65 para homens e 62 para mulheres

Quinta, 23.Nov.2017 | 12h00



Novo texto da reforma da Previdência mantém idade mínima de 65 para homens e 62 para mulheres


Foto: Marcos Corrêa | PR

O deputado Arthur Maia (PPS-BA), relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016, que trata da reforma da Previdência, apresentou nesta noite novo texto para viabilizar a aprovação das mudanças, durante jantar no Palácio da Alvorada. O encontro reuniu o presidente da República, Michel Temer; o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ); os ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Dyogo Oliveira; governadores e parlamentares da base aliada do governo. Entre os principais pontos da nova proposta, estão a fixação de idade mínima de aposentadoria de 65 anos para homens e 62 para mulheres, como estava no texto original, sendo que professores e policiais passam a cumprir exigência de 60 anos e 55 anos, respectivamente, sem distinção de gênero. Os trabalhadores rurais foram retirados da reforma e mantêm as condições atuais de aposentadoria, enquanto o valor do Benefício de Prestação Continuada (BPC) foi mantido em um salário mínimo. A unicidade de tratamento entre trabalhadores públicos e privados foi mantida como no texto original.


Grêmio vence Lanús e abre final da Libertadores com vantagem

Quinta, 23.Nov.2017 | 07h22
Por GloboEsporte.com




Grêmio vence Lanús e abre final da Libertadores com vantagem


Foto: Diego Guichard | GLOBOESPORTE.COM

O tri está cada vez mais perto. Em uma partida disputada, com todos os elementos de uma final de Libertadores, o Grêmio venceu o Lanús por 1 a 0 na noite desta quarta-feira, na Arena, e leva a vantagem para os 90 minutos que decidem a competição, daqui a uma semana, na Argentina. Após quase sofrer o gol no primeiro tempo, Renato Gaúcho mostrou a estrela que brilha mais alto no firmamento tricolor e colocou Jael e Cícero na etapa final. Com passe do centroavante, o meio-campista superou Andrada aos 37 minutos e fez o estádio explodir. O título gremista está logo ali. Com a vitória, o Grêmio precisa de um empate para erguer a taça no dia 29, no estádio La Fortaleza, em Lanús. Se os argentinos devolverem o placar de Porto Alegre, a decisão vai para a prorrogação, com possibilidade de pênaltis. Ainda, na final da Libertadores, não há saldo qualificado. Ou seja, se o Tricolor marcar, mas perder por um gol de diferença, tudo se decide também na prorrogação ou penalidades. As informações são do GloboEsporte.com.


Temer anuncia liberação de R$ 2 bilhões para os municípios do país

Quinta, 23.Nov.2017 | 06h59
Por Agência Brasil




Temer anuncia liberação de R$ 2 bilhões para os municípios do país


Foto: Alan Santos | PR

O presidente Michel Temer anunciou hoje (22) à noite a liberação de um auxílio financeiro de R$ 2 bilhões ainda em dezembro para os municípios brasileiros. A notícia foi dada a uma comissão de prefeitos liderada pelo presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, em evento com a participação de deputados federais e ministros. Atendendo pedido de Temer, os prefeitos prometeram trabalhar pela aprovação da reforma da Previdência. Durante o evento, Temer destacou a força política dos prefeitos e disse que, no próximo ano, se a economia melhorar, mais R$ 2 bilhões serão liberados. “Vocês, trabalhando em favor da Previdência, junto aos deputados, vão permitir que, no ano que vem, quando vocês vierem para a marcha [Marcha dos Prefeitos], nós possamos talvez anunciar esses R$ 2 bilhões que estou mencionando. E se a economia melhorar sensivelmente, quem sabem mais”, afirmou o presidente. O presidente da CMN disse que a posição pela aprovação da reforma da Previdência é uma questão técnica. “Temos uma pauta comum entre União e estados, que é a reforma da Previdência, onde estamos empenhados em que seja aprovada. Logicamente que respeitamos a diversidade. Respeitamos a posição de quem pensa diferente, mas a ampla maioria está lutando e nós estamos engajados na questão da Previdência”, disse Ziulkoski. Ele fez um apelo aos prefeitos para “afinar bem a viola e dar base para o deputado ou senador votar a reforma da Previdência”.


Anatel registra queda de 5,7% nas reclamações contra empresas de telecomunicação

Quarta, 22.Nov.2017 | 17h59
Por Agência Brasil




Anatel registra queda de 5,7% nas reclamações contra empresas de telecomunicação


Foto: Wilker Porto | Agora Sudoeste

O  número de reclamações feitas em outubro na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) caiu 5,7% na comparação com o mesmo mês de 2016.  No mês passado, foram registradas 277,6 mil reclamações de usuários contra prestadoras dos serviços de banda larga fixa, telefonia móvel, telefonia fixa e de TV por Assinatura, uma redução de 16,9 mil queixas (-5,7%). A telefonia móvel apresentou redução de 16,8 mil reclamações (-11,3%), seguida da telefonia fixa com menos 2,4 mil queixas e  TV por Assinatura com diminuição de 200 reclamações (-0,7%). O único serviço de telecomunicações que apresentou crescimento nas reclamações dos usuários foi o de banda larga fixa, aumento de 2 mil reclamações (+4,8%).


Mais de 3 mil prefeitos pedem socorro financeiro, em Brasília, na manhã desta quarta (22)

Quarta, 22.Nov.2017 | 15h27



Mais de 3 mil prefeitos pedem socorro financeiro, em Brasília, na manhã desta quarta (22)


Com maior representatividade, Bahia tem 401 participantes.(Foto: Divulgação | UPB)

Começou na manhã desta quarta-feira, 22, a mobilização nacional de prefeitos brasileiros para pedir ajuda do governo federal. Diante da crise financeira, as prefeituras estão sem poder pagar décimo terceiro salário, honrar a folha de pagamento, assumir compromisso com fornecedores nem, muito menos, fazer investimentos nos municípios. Trata-se de um colapso total. A Bahia é o estado com maior representatividade no movimento – com 401 representantes. Ao todo, mais de 3 mil prefeitos se concentraram em frente ao Congresso Nacional e realizaram um ato em protesto.


Novo modelo de certidão de nascimento permite inclusão de nome de padrasto

Quarta, 22.Nov.2017 | 08h04
Por Agência Brasil




Novo modelo de certidão de nascimento permite inclusão de nome de padrasto


Foto: Wilker Porto | Agora Sudoeste

Desde de terça-feira (21), os cartórios de registro civil podem começar a adotar os novos modelos de certidões de nascimento, casamento e óbito definidos pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). As alterações visam a facilitar registros de paternidade e maternidade de filhos não biológicos e regulamentar o registro de crianças geradas por técnicas de reprodução assistida, entre outras medidas. Os cartórios têm prazo até 1º de janeiro de 2018 para se adaptar, data em que os novos formatos se tornam obrigatórios. A principal novidade é a que permite a inclusão de nomes de pais socioafetivos na Certidão de Nascimento sem necessidade de recorrer ao Judiciário. Ou seja, para que um padrasto, madrasta ou novo companheiro de um dos pais da criança conste no documento como pai ou mãe, basta que o responsável legal por ela manifeste esse desejo no cartório. No caso de filhos a partir de 12 anos de idade, é necessário seu consentimento.


Senado aprova voto distrital misto para eleições proporcionais

Terça, 21.Nov.2017 | 18h31



Senado aprova voto distrital misto para eleições proporcionais


Foto: Roque de Sá/Agência Senado

O Plenário aprovou nesta terça-feira (21) dois projetos de lei do Senado (PLS) que instituem o voto distrital misto nas eleições proporcionais. As regras valem para a escolha de vereadores e deputados estaduais, distritais e federais. O PLS 86/2017, do senador José Serra (PSDB-S), e o PLS 345/2017, do senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), tramitavam em conjunto. Os projetos foram relatados em Plenário pelo senador Valdir Raupp (PMDB-RO) e agora seguem para a Câmara dos Deputados. O sistema distrital misto combina o voto proporcional com o distrital. De acordo com a proposta, o eleitor vai fazer duas escolhas na urna: o candidato de seu respectivo distrito e o partido de sua preferência. As cadeiras das casas legislativas serão preenchidas primeiramente pelos candidatos eleitos pelo voto distrital. Esgotadas essas vagas, as cadeiras remanescentes serão distribuídas entre candidatos dos partidos mais bem votados. De acordo com o texto, o número de representantes distritais deve corresponder à metade do número de cadeiras de cada circunscrição, arredondando-se para baixo no caso de números fracionários. Por exemplo: no caso de um estado com nove cadeiras de deputado federal, quatro serão escolhidos na modalidade do voto distrital. A proposta delega à Justiça Eleitoral a missão de demarcar os distritos, que precisam ser geograficamente contíguos. A divisão deve seguir como critério o número de habitantes. O relator, senador Valdir Raupp, apresentou uma emenda para eliminar a figura do suplente para os candidatos a cargos proporcionais. Outra emenda estabelece que, no caso dos vereadores, o voto distrital vale apenas em municípios com mais de 200 mil eleitores.


Rodrigo Maia diz que reforma da Previdência é a salvação do Brasil

Terça, 21.Nov.2017 | 11h00



Rodrigo Maia diz que reforma da Previdência é a salvação do Brasil


Foto: Agência Câmara

Em almoço em Porto Alegre com deputados da bancada gaúcha, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse hoje (20)  que a reforma da Previdência não pode ficar para mais tarde. "Tem alguns temas que, em determinado momento, não podem mais fazer parte da briga política. A reforma da Previdência não é de direita nem de esquerda. Ela é a salvação do nosso Brasil. Se nós não fizermos a reforma da Previdência, ela será feita da forma mais injusta", acrescentou. De acordo com o deputado, o sistema previdenciário atual é injusto, porque penaliza os mais pobres. Segundo Rodrigo Maia, enquanto quem ganha mais consegue se aposentar com pouco mais de 50 anos, os mais humildes só conseguem parar de trabalhar depois dos 60 anos, em média. Para Maia, a reforma da Previdência não é mais uma questão política. "Se quisermos projetar o Brasil para 20 anos, ou vamos enfrentar desafios que geram mais desgaste - e a Previdência é o número um - ou todos aqueles que vão para a eleição no próximo ano estarão mentindo", afirmou Maia.


Mudanças nas certidões de nascimento, casamento e óbito que passam a valer nesta terça (21)

Terça, 21.Nov.2017 | 08h59



Mudanças nas certidões de nascimento, casamento e óbito que passam a valer nesta terça (21)

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ)  promoveu mudanças em certidões de nascimento, casamento e óbito, e as mudanças  passam a valer  a partir desta terça-feira (21). Entre outras alterações,  há a possibilidade de incluir os nomes dos pais socioafetivos. Em todas as certidões o número do CPF passa a ser obrigatório. A intenção é que o documento se torne o número de identidade civil único. Além disso, as mudanças permitem que a certidão de nascimento indique como naturalidade do bebê o município de residência da mãe, em vez da cidade onde ocorreu o parto. Defensores das mudanças nas regras de registro argumentavam que pequenos municípios não têm maternidades, o que obriga as grávidas a se deslocarem para outras cidades para darem à luz.


Senado: CCJ pode votar na quarta-feira legalização de jogos de azar

Terça, 21.Nov.2017 | 07h58



Senado: CCJ pode votar na quarta-feira legalização de jogos de azar


Foto: Wilker Porto | Agora Sudoeste

A legalização dos jogos de azar e a reabertura dos cassinos no Brasil estão em análise na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), que tem reunião marcada para a quarta-feira (22), a partir das 10h. O PLS 186/2014, do senador Ciro Nogueira (PP-PI), autoriza a exploração de jogos on-line ou presenciais em todo o território nacional. A proposta original foi alterada pelo relator, senador Benedito de Lira (PP-AL), transformando-se em um texto substitutivo, que foi apresentado aos integrantes da comissão na reunião do dia 8 deste mês. O processo de discussão e votação foi adiado para atender a um pedido de vista coletiva. Pelo texto do relator, a regulamentação das apostas deverá contemplar jogo do bicho, bingo, videobingo e videojogo, cassinos em complexos integrados de lazer, apostas esportivas e não esportivas e cassinos on-line.


Porte de armas é tema de audiência na quarta-feira

Segunda, 20.Nov.2017 | 15h00
Por Agência Câmara




Porte de armas é tema de audiência na quarta-feira


Foto: Wilker Porto | Agora Sudoeste

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara discute nesta quarta-feira (22) as regras para concessão do porte de arma de fogo no Brasil. A audiência, proposta pelos deputados Alberto Fraga (DEM-DF), Subtenente Gonzaga (PDT-MG), Laura Carneiro (PMDB-RJ) e delegado Waldir (PR-GO), estava prevista para ocorrer no início do mês, mas foi remarcada. Alberto Fraga aponta dificuldades na expedição de novos portes de arma. Ele lembra que para obtenção do porte de arma de fogo, o cidadão deverá dirigir-se a uma unidade da Polícia Federal munido de requerimento, documentos e atender as condições estabelecidas, entre elas, a idade mínima de 25 anos. “Mesmo cumprindo todos os requisitos e condições estabelecidas, fica a critério da Polícia Federal a autorização, sendo ato de natureza jurídica unilateral, precário e discricionário”, critica Fraga.


Menos de 2% da população doa sangue no Brasil

Segunda, 20.Nov.2017 | 11h00



Menos de 2% da população doa sangue no Brasil

No próximo dia 25 de novembro, será celebrado o Dia Mundial do Doador de Sangue. A doação é fundamental para que milhares de vidas possam ser salvas em todo o mundo. Porém, aqui no Brasil, muitos não têm essa consciência ou esbarram em leis muito antigas que os impedem de doar sangue. Para se ter uma noção, o número de doadores regulares de sangue aumentou no país nos últimos anos, mas ainda está longe de ser o ideal. Segundo o Portal Brasil, em 2014, a taxa de doação de sangue para cada mil habitantes no Brasil foi de 18,49, ou seja, 1,8%. Entre 2013 e 2014, houve aumento de 4,5% nas coletas de bolsa de sangue, passando de 3,5 milhões para 3,7 milhões. O que é significativo, mas não suficiente. 


20 de novembro: Dia da Consciência Negra

Segunda, 20.Nov.2017 | 09h57



20 de novembro: Dia da Consciência Negra

Nesta segunda-feira, 20 de novembro, comemora-se o Dia da Consciência Negra em todo o país. A data homenageia o Zumbi, um escravo que foi líder do Quilombo dos Palmares, que  morreu em 20 de novembro de 1695. O objetivo do Dia da Consciência Negra é fazer uma reflexão sobre a importância do povo e da cultura africana, assim como o impacto que tiveram no desenvolvimento da identidade da cultura brasileira. A sociologia, a política, a religião e a gastronomia entre várias outras áreas foram profundamente influenciadas pela cultura negra. Este é um dia de comemorar e mostrar profundo apreço pela cultura afro-brasileira. O Dia da Consciência Negra foi estabelecido pelo projeto Lei nº 10.639, no dia 9 de janeiro de 2003. No entanto, apenas em 2011 a presidente Dilma Roussef sancionou a Lei 12.519/2011 que cria a data, sem obrigatoriedade de feriado.


Mega-Sena acumula mais uma vez e pode pagar R$ 50 milhões na quarta-feira

Segunda, 20.Nov.2017 | 08h58



Mega-Sena acumula mais uma vez e pode pagar R$ 50 milhões na quarta-feira


Foto: Wilker Porto | Agora Sudoeste

​O prêmio principal da Mega-Sena poderá pagar R$ 50 milhões a quem acertar as seis dezenas do concurso 1.990, que será sorteado na quarta-feira(22). Aplicado na poupança o prêmio renderia cerca de R$ 235 mil por mês, o suficiente para comprar quase oito carros populares. Nenhuma aposta acertou os seis números do concurso 1.989 realizado no Caminhão da Sorte, em Amparo (SP), no sábado (18). As dezenas sorteadas  foram 15, 22, 30, 32, 40 e 58. Mesmo sem aposta contemplada com o prêmio principal, na segunda faixa, com cinco acertos, 47 apostas receberam o prêmio de R$ 56.106,95 cada. Outras 3.280 apostas acertaram quatro números e levaram R$ 1.148,53 cada. O sorteio do concurso 1.990 da modalidade será realizado às 20h (horário de Brasília).


Vitória empata com o Cruzeiro, em 1 a 1, no Barradão

Segunda, 20.Nov.2017 | 07h22



Vitória empata com o Cruzeiro, em 1 a 1, no Barradão


Foto: Divulgação

Restam mais duas batalhas para o Vitória na Série A, dois triunfos cruciais para escapar da zona. Mesmo com o empate em 1 a 1, o Vitória se manteve fora do Z-4, mas com um jogo a mais que a Ponte Preta, que joga nesta segunda-feira (20), diante do Fluminense, fora de casa. Os próximos dois confrontos derradeiros do Vitória são diante da Ponte Preta, fora, além do Flamengo, no Barradão. O elenco do técnico Vagner Mancini terá uma semana sem jogos para corrigir os erros e jogar a decisão do ano, diante da Ponte Preta, fora de casa, no próximo domingo (26).


Bahia perde para o Sport na Ilha do Retiro

Segunda, 20.Nov.2017 | 06h39



Bahia perde para o Sport na Ilha do Retiro

Depois de seis rodadas, o Tricolor de Aço voltou a sentir o gosto de uma derrota no Brasileirão. Na tarde deste domingo (19), em Recife, o Esquadrão perdeu para o Sport pelo placar de 1 a 0. O único gol do jogo, no primeiro tempo, foi marcado pelo atacante Marquinhos. Com 49 pontos, três a menos que o Botafogo, primeiro time na zona da Libertadores, o Bahia parou em 9º lugar. No entanto, em virtude de outros jogos da rodada, pode cair mais uma posição. A próxima partida será dentro de casa, no domingo (26), às 18h (de Salvador), contra a Chapecoense.


No Brasil, falta trabalho adequado para 26,8 milhões de pessoas

Sexta, 17.Nov.2017 | 12h34
Por Agência Brasil




No Brasil, falta trabalho adequado para 26,8 milhões de pessoas


Foto: Marcello Casal Jr | Agência Brasil

A taxa de subutilização da força de trabalho no país ficou praticamente estável no terceiro trimestre do ano, fechando em 23,9% do mercado de trabalho – crescimento de apenas 0,1 ponto percentual frente aos 29,8% relativos ao segundo trimestre. Os números, no entanto, significam que ainda representa 26,8 milhões de pessoas sem trabalho adequado no país. Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados hoje (17), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa de subutilização, segundo os parâmetros do IBGE, agrega a população desocupada, os subocupados por insuficiência de horas e os que fazem parte da força de trabalho potencial. Deste total apurado pelo IBGE, 18,5% (o equivalente a 19,2 milhões de pessoas) diziam respeito à taxa combinada de subocupação por insuficiência de horas trabalhadas e desocupação (pessoas ocupadas com uma jornada de menos de 40 horas semanais, mas que gostariam de trabalhar em um período maior, somadas às pessoas desocupadas). Em relação ao segundo trimestre, essa taxa combinada mostrou estabilidade, uma vez que equivalia a 18,6% do total da força de trabalho. Quando a comparação se dá com o 3º trimestre de 2016, de 16,5%, há um aumento da taxa de 2,1 pontos percentuais. No terceiro trimestre de 2017, as maiores taxas foram verificadas na Bahia (30,8%),  no Piauí (27,7%), em Sergipe (25,2%), no Maranhão (24,9%) e em Pernambuco (24,5%). As  menores  taxas foram registradas em Santa Catarina (8,9%), no Mato Grosso (12,0%), em Rondônia (12,2%),  no Mato Grosso do Sul (12,8%), Paraná (13,0%) e Rio Grande do Sul (13,0%).


Lula tem 42% das intenções de voto e lidera nova pesquisa para 2018

Sexta, 17.Nov.2017 | 10h29



Lula tem 42% das intenções de voto e lidera nova pesquisa para 2018


Foto: Ricardo Stuckert

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a aparecer na liderança, com 42% das intenções de voto, na nova pesquisa realizada pela CUT/Vox Populi. O resultado se soma ao dos institutos Ibope e Datafolha, que também mostram Lula na liderança e com vitória em todos os cenários simulados para o segundo turno. A pesquisa também apontou o Lula como o presidenciável com menor índice de rejeição entre os nomes testados. O levantamento, realizado entre 27 e 30 de outubro, apontou em segundo lugar o deputado federal Jair Bolsonaro, com 16%. Os demais possíveis presidenciáveis aparecem com menos de 8%. De acordo com a Vox Populi, Lula tem 39% de rejeição, enquanto Bolsonaro alcançou a marca de 60%. Na sondagem de intenções de voto, a ex-ministra Marina Silva alcança o terceiro lugar com 7%, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, aparece em seguida com 5%, seguido por Ciro Gomes com 4%. A pesquisa CUT/Vox Populi ouviu 2 mil brasileiros em 118 municípios. Lula venceria no segundo turno todos os adversários testados na pesquisa, alcançando 49% contra Bolsonaro, com 21%, e 48% contra Marina, com 16%. Contra Alckmin, Lula vence por 50% a 14%, contra João Doria ele registra 51% a 14%, e Luciano Huck, 50% a 14%.