BUSCA PELA CATEGORIA "Saúde"


Ministro confirma primeiro caso suspeito de coronavírus no Brasil

Ministro confirma primeiro caso suspeito de coronavírus no Brasil Foto - Marcelo Camargo / Agência Brasil

O Ministério da Saúde confirmou hoje (28) o primeiro caso suspeito de coronavírus no país e elevou o nível de atenção para alerta de perigo iminente para a presença do vírus no país. De acordo com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, uma estudante de 22 anos que esteve na China está internada, em Belo Horizonte, em observação.  "O que muda é o grau de vigilância nessa fase. Aumenta a nossa vigilância de portos e aeroportos, triagem de pacientes, o uso de determinado equipamentos de proteção, mas o nosso foco principal nesta fase é a vigilância”, disse Mandetta, em entrevista coletiva para falar sobre as medidas tomadas pelo governo para evitar a entrada do vírus no país. “Nessa fase a gente tem um olhar com muito mais atenção para dentro do país, para identificar se o vírus está circulando em território nacional, e outro [olhar] muito presente em informações técnicas e científicas a respeito do comportamento do vírus”, disse Mandetta. A estudante brasileira esteve em viagem para a cidade de Wuhan no período de 29 de agosto de 2019 a 24 de janeiro deste ano. A paciente está em observação e, de acordo com o ministro, o estado dela é estável. Caso a infecção por coronavírus seja confirmada, o nível de alerta no país sobe para emergência de saúde pública nacional, quando há a possibilidade de o vírus já estar em circulação no país.


Anvisa decide simplificar acesso a medicamentos de canabidiol

Anvisa decide simplificar acesso a medicamentos de canabidiol Foto - Divulgação / Anvisa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) simplificou a importação de medicamentos à base canabidiol. Em decisão tomada hoje (22) por sua diretoria, a agência reguladora reduziu a documentação necessária para requerer a importação do medicamento. Agora, basta a apresentação da prescrição médica do produto. A reunião desta quarta-feira fez a revisão de uma norma de 2015, que define os critérios e procedimentos para a importação, em caráter excepcional, de produto à base de canabidiol. A norma define critérios de importação desse tipo de medicamento apenas para pessoa física. Os pedidos continuarão sendo feitos pelo portal de serviços do governo federal. Outra mudança é a validade da prescrição junto com o cadastro, que passará a ser de dois anos. Com isso, a Anvisa espera uma redução no tempo de análise e liberação dos pedidos. A revisão definiu que a importação pode ser feita pelo responsável legal do paciente ou por seu procurador legalmente constituído.  O prazo que a Anvisa leva para analisar os pedidos é de 75 dias. A agência, no entanto, pretende reduzir esse prazo, mas não especifica de quanto seria essa redução. A Anvisa reconhece que 75 dias de espera por uma análise é prejudicial ao paciente, dificulta o acesso a terapias prescritas e pode gerar danos irreparáveis à saúde. Desde a Resolução de 2015, a Anvisa registrou aumento de 700% no número de pedidos para importação desses medicamentos. A média mensal saltou de 328 pedidos por mês em 2018 para mais de 900 em 2019. Medicamentos com base em canabidiol são usados para tratamento de doenças raras, graves ou que podem levar à morte.


Brumado se destaca na prevenção do Câncer de Mama

Brumado se destaca na prevenção do Câncer de Mama Foto - Divulgação

Uma recente auditoria realizada pela TCU (Tribunal de Contas da União) em secretarias de Saúde de 14 estados, no INC – Instituto Nacional do Câncer e no Ministério da Saúde revelou números muito preocupantes na área de prevenção ao Câncer de Mama, que é o que mais atinge as mulheres brasileiras. Segundo os dados apresentados, somente 22% dos municípios possuem mamógrafos, tanto pelo SUS ou pelo setor privado. Outra informação que causa muita apreensão é que 54% das pacientes obtêm o diagnóstico com a doença em estágio muito avançado, justamente, devido ao baixo número de aparelhos de mamografia, o que acaba inviabilizando um tratamento eficaz. Segundo o levantamento, a região sudeste é que mais apresenta acesso aos exames com 47,44%; a nordeste 22,2%; a sul apresenta índice de 15,7%; o Centro-Oeste 8,51%; e a norte 6%. Neste contexto ainda negativo, Brumado está na contramão, estando numa posição privilegiada já que o município possui 2 aparelhos de mamografia, os quais estão conveniados ao SUS, o que juntamente com o atendimento prestado nas UBSs, coloca o município numa posição de destaque na prevenção ao Câncer de Mama, inclusive com a realização de campanhas de conscientização sobre os graves riscos da doença. Por mês são ofertadas mais de 500 mamografias,  quantidade que supera a demanda, comprovando um planejamento muito eficaz feito pela Secretaria Municipal de Saúde. A prevenção é o meio mais eficaz de se obter um tratamento de sucesso, então, quanto antes for feito o exame, maiores as chances de cura.


Brumado terá nova equipe de multiprofissionais de atenção domiciliar

Brumado terá nova equipe de multiprofissionais de atenção domiciliar Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Brumado está entre os municípios que serão beneficiados com a habilitação de novas equipes de profissionais para atendimento médico domiciliar pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Do total de 210 municípios contemplados pelo Ministério da Saúde (MS), 29 são na Bahia. A intenção é reduzir a demanda por atendimento nos hospitais, evitando as internações e reinternações, além de diminuição do tempo de permanência de usuários internados no SUS. Dos 210 municípios em todo o país que receberam o benefício, 178 estão sendo habilitados pela primeira vez na modalidade de atenção à saúde, com atendimento especializado para pacientes domiciliados. Os municípios baianos receberão R$ 15,8 milhões dos R$ 160,4 milhões disponibilizados pelo Ministério para todo o país. A informação foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) de 26 de dezembro. Confira quais municípios baianos receberão o benefício: Barreiras, Belmonte, Boquira, Brumado, Campo Formoso, Candeias, Caravelas, Catu, Conceição do Jacuípe, Cruz das Almas, Irará, Itaberaba, Itabuna, Itambé, Itororó, Jussiape, Livramento de Nossa Senhora, Mairi, Maracás, Maragogipe, Medeiros Neto, Miguel Calmon, Mucuri, Pilão Arcado, Prado, Remanso, São Felipe, São Sebastião do Passé, Teixeira de Freitas.


Segundo a Sesab, 88 óbitos por dengue foram registrados no estado em 2019

Segundo a Sesab, 88 óbitos por dengue foram registrados no estado em 2019 Foto - Divulgação

Conforme dados da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), durante todo o ano passado, foram notificados 67.453 casos prováveis de dengue no estado, desses, 88 pessoas foram a óbito. No relatório, consta ainda que no mesmo período de 2018, foram notificados 9.553 casos, o que representa um aumento de 606,0%. Em entrevista ao Tribuna da Bahia, o órgão explicou que, no total, 389 municípios realizaram notificação para esse agravo. No total, foram 31 confirmadas: 29 laboratorialmente (12 em Feira de Santana, 03 em Salvador, 02 em Paulo Afonso, 01 em Candeias, 01 em Rafael Jambeiro, 01 em Coração de Maria, 01 em Jacobina, 01 em Paripiranga, 01 em Presidente Dutra, 01 em Santo Antônio de Jesus, 01em Simões Filho, 01 Candiba, 01 em Camaçari, 01 Mulungu do Morro e 01 em Euclides da Cunha) e 02 por critério clínico-epidemiológico (Muritiba). O secretário de Vigilância em Saúde, do MS, Wanderson Kleber, reforça que a melhor forma de evitar o agravamento e as mortes por dengue é com diagnóstico e tratamento oportunos. “O Brasil vem de dois anos seguidos com baixa ocorrência de dengue, portanto é necessário que os profissionais de saúde estejam atentos a esse aumento de casos. É preciso que eles estejam mais sensíveis e atentos para a dengue na hora de fazer o diagnóstico. Quanto mais cedo o paciente for e der início ao tratamento, menor o risco de agravamento da doença e de evoluir para óbito”, explica Wanderson.


Saúde amplia público para vacinas contra febre amarela e gripe

Saúde amplia público para vacinas contra febre amarela e gripe Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

A partir de 2020, o Sistema Único de Saúde (SUS) passará a ofertar uma dose de reforço da vacina de febre amarela para crianças com 4 anos de idade. O Ministério da Saúde também ampliará, de forma gradativa, a vacinação contra febre amarela nos 1.101 municípios nordestinos que não faziam parte da área de recomendação de vacinação. “Dessa forma, todo o país passa a contar com a vacina contra a febre amarela na rotina dos serviços. As novas diretrizes sobre as Campanhas Nacionais de Vacinação foram enviadas pela pasta aos estados e aos municípios em novembro deste ano para que estejam preparados para as ações do próximo ano”, destaca o ministério. A pasta informou também que a campanha contra a gripe, realizada todos os anos entre abril e maio, contará com um novo público, os adultos de 55 a 59 anos. A medida tem por objetivo ampliar a vacinação dos grupos mais vulneráveis. “O público-alvo, portanto, representará aproximadamente 67,7 milhões de pessoas. A meta é vacinar, pelo menos, 90% dos grupos prioritários para a vacinação, que já conta com crianças, gestantes, puérperas, povos indígenas, pessoas com doenças crônicas, trabalhadores de saúde, idosos, entre outros.”


Bahia registra 736 novos casos de Aids em 2018; Salvador apresenta maior número

Bahia registra 736 novos casos de Aids em 2018; Salvador apresenta  maior número Foto - Agência Brasil

De acordo levantamento realizado pela  Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), durante todo o ano de 2018 o estado da Bahia registrou 736 novos casos de Aids. Salvador concentrou 313 deles. Feira de Santana aparece com o segundo maior índice ao atingir os 54 casos. Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), e Teixeira de Freitas, no extremo sul, aparecem em seguida com 20 casos cada uma. De acordo com informações do Bahia Notícias, Vitória da Conquista contabilizou 18 novos registros em 2018, e Itabuna, no litoral sul, 17 casos. O município seguinte na lista das dez cidades baianas com maior incidência de novos casos de Aids é Lauro de Freitas, também na RMS, com 14 ocorrências. Juazeiro, no norte da Bahia, e Porto Seguro, no extremo sul, empatam com 13 registros.  Simões Filho somou 11. Na Bahia, a Sesab vai realizar durante todo o mês de dezembro ações que buscam sensibilizar a população quanto à importância do acesso à informação adequada sobre HIV, sobre a evolução dos métodos de prevenção e de tratamento. Este mês  é referência na conscientização e combate à Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (Aids). A condição crônica é causada pelo vírus HIV, que danifica o sistema imunológico e interfere na habilidade do organismo de lutar contra outras infecções.


Novembro Azul: Urologista Thiago Torres realiza palestra no Hospital de Brumado

Novembro Azul: Urologista Thiago Torres realiza palestra no Hospital de Brumado Foto - Divulgação

O movimento “Novembro Azul”, que preconizou as ações de conscientização sobre a neoplasia, surgiu em 2003 e, de lá para cá, muitos avanços foram obtidos na conscientização dos homens sobre os riscos do câncer da próstata. Em Brumado, a Administração “Educar para Libertar” vem realizando uma série de ações esclarecedoras e, nesta quinta-feira (28), dentro desta ideologia, foi realizado pela direção do Hospital Municipal Professor Magalhães Neto uma importante palestra com o renomado urologista Dr. Thiago Torres. O evento aconteceu no Centro Ecumênico e contou com a presença do prefeito Eduardo Vasconcelos e do secretário de Saúde, Claudio Feres. A palestra foi idealizada pela diretora do órgão, Lucidalva Oliveira e também contou com a presença do público feminino.


Começa hoje a segunda fase da vacinação contra o sarampo

Começa hoje a segunda fase da vacinação contra o sarampo Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

A segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo começa nesta segunda-feira (18) em todo o país. As pessoas, na faixa etária de 20 a 29 anos de idade, são o alvo desta etapa. De acordo com o último boletim epidemiológico sobre sarampo do Ministério da Saúde, esta faixa etária é a que mais acumula número de casos da doença. Nos últimos 90 dias de surto ativo, foram confirmados 1.729 casos em pessoas de 20 a 29 anos. O secretário de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira, disse que um dos motivos é que esse público não tomou a vacina em nenhuma fase da vida e, se tomou, não voltou para aplicar a 2ª dose, necessária para a proteção. Para atingir essa faixa etária, o ministério adotou algumas estratégias. Uma delas é a realização da segunda fase da campanha de vacinação em locais de grande circulação dessas pessoas. A ação será realizada em conjunto pelas três níveis de governo: federal, estadual e municipal.


Academia de Saúde do Bairro Dr. Juracy já comprova sua efetividade; já são 129 pacientes em atendimento de Pilates

Academia de Saúde do Bairro Dr. Juracy já comprova sua efetividade; já são 129 pacientes em atendimento de Pilates Foto - Divulgação

Implantada sob um modelo de gestão compartilhado e inovador, sendo uma das únicas na Bahia neste segmento, a Academia de Saúde do nairro Dr. Juracy, em Brumado, que foi recém-inaugurada, já apresenta, com muita rapidez, resultados muito satisfatórios. Um dos serviços mais relevantes é o atendimento na área de Pilates, que conta com profissionais especializados. Atualmente já são 129 pacientes atendidos, na sua maioria da terceira idade, os quais não escondem a satisfação pelos avanços obtidos que vêm culminando numa melhor qualidade de vida dos mesmos. A meta de 160 pacientes ao mês já está muito próxima, o que confirma a qualidade dos serviços prestados que vêm atraindo cada vez mais a comunidade do bairro Dr. Juracy.