BUSCA PELA CATEGORIA "Saúde"


Bahia: Combate ao Aedes aegypti deve ser intensificado no Verão

Bahia: Combate ao Aedes aegypti deve ser intensificado no Verão Foto - Divulgação

De acordo com levantamento realizado pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), de janeiro a novembro de 2018, publicados pelo Correio da Bahia, foram registrados 8.760 casos suspeitos de dengue, 4.080 de chikungunya e 1.296 casos suspeitos de zika. Os números alertam para a importância de intensificar os cuidados com o combate ao mosquito para prevenir essas doenças virais. Evitar o acúmulo de água é a principal forma de prevenção dessas doenças, pois qualquer local pode se tornar criadouro do mosquito. O verão é a estação mais propícia para o desenvolvimento do Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika. Isso porque o clima quente e as chuvas favorecem a reprodução do mosquito.  “A reprodução do mosquito é rápida, leva aproximadamente uma semana, o que colabora para o aumento no número de casos”, alertou o médico de família e comunidade, Marlon Chagas Magalhães, da clínica de Atenção Integral à Saúde da Central Nacional Unimed, em Salvador, em entrevista ao Correio da Bahia. O especialista lembrou ainda que, a longo prazo, as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti podem trazer consequências graves, a exemplo de dores incapacitantes, microcefalia em bebês e até mesmo a morte. Por isso, combater o mosquito é a forma mais eficiente de prevenção.


Brasil tem 10.274 casos confirmados de sarampo

Brasil tem 10.274 casos confirmados de sarampo

Desde o início de 2018 até 8 de janeiro de 2019, o Brasil registrou 10.274 casos confirmados de sarampo. Atualmente, o país enfrenta dois surtos da doença: no Amazonas, onde há 9.778 casos e, em Roraima, onde foram contabilizados 355 ocorrências. Casos isolados foram anotados em São Paulo (3), Rio de Janeiro (19), Rio Grande do Sul (45), Rondônia (2), Bahia (2), Pernambuco (4), Pará (61) e Sergipe (4), além do Distrito Federal (1). Foram registrados ainda 12 óbitos por sarampo: quatro em Roraima, seis no Amazonas e dois no Pará. Os surtos, segundo o Ministério da Saúde, estão relacionados à importação, já que o genótipo do vírus que circula no Brasil é o mesmo da Venezuela, país com surto da doença desde 2017.


Morte de crianças por câncer caiu 13% em 10 anos, diz Saúde

Morte de crianças por câncer caiu 13% em 10 anos, diz Saúde Foto - Divulgação

O Ministério da Saúde informou hoje (28) que o número de óbitos por câncer de crianças com idade até 14 anos caiu 13,4% entre os anos de 2006 e 2016. Em 2006, houve 2.222 mortes de crianças nessa faixa etária. Em 2016, o número caiu para 1.924 óbitos. Entre menores de 1 ano, o número de mortes caiu 27,8%. Entre as crianças de 1 a 4 anos, a queda foi de 9%, e entre os de 5 a 14 anos, a redução foi de 13,4%. Os dados são do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM). A pasta atribui a queda a melhorias na detecção e no tratamento precoce do câncer nos serviços de saúde. “Isso é imprescindível, pois, para a obtenção de melhores resultados, é preciso ter diagnóstico precoce e o ágil encaminhamento para início de tratamento. Houve também importante mudança de tecnologia no tratamento do câncer, muitos procedimentos cirúrgicos, desnecessários, foram reduzidos”, disse a diretora do Departamento de Doenças e Agravos Não Transmissível e Promoção da Saúde do Ministério da Saúde, Fatima Marinho, por meio da assessoria de imprensa.


Médicas cubanas se despendem de Brumado e recebem o agradecimento da gestão municipal

Médicas cubanas se despendem de Brumado e recebem o agradecimento da gestão municipal Foto - Divulgação

Após 15 meses de serviços prestados ao município, as 7 médicas cubanas que vieram para Brumado por meio do “Programa Mais Médicos” participaram, na manhã desta quinta-feira (22), de uma reunião com o prefeito Eduardo Vasconcelos e o secretário municipal de Saúde, Claudio Feres, na qual, elas fizeram a sua despedida e também receberam os agradecimentos da administração. Em nome da população brumadense, o chefe do executivo exaltou o trabalho realizado e fez questão de agradecer às profissionais caribenhas, que conquistaram a simpatia e o apreço da comunidade, tanto que inúmeros brumadenses foram à sede da prefeitura para levar presentes e lembranças e também fazer o agradecimento pelo bom atendimento prestado. Elas que terão que retornar ao seu país de origem devido a não renovação do “Programa Mais Médicos” por parte do governo cubano não esconderam a emoção e enalteceram o carinho e a receptividade recebida afirmando que “foi uma experiência inesquecível e exitosa e, com certeza, levaremos um pedaço de Brumado para Cuba”. Elas irão embora na próxima segunda-feira (26) com a primeira escala em Salvador, onde um avião do governo cubano virá buscar todos os médicos que trabalharam na Bahia.


Médicas Cubanas que atuavam em Brumado pelo ‘Mais Médicos’ deixam o município

Médicas Cubanas que atuavam em Brumado pelo ‘Mais Médicos’ deixam o município Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Após o anúncio da saída de Cuba do programa Mais Médicos, na semana passada, o governo brasileiro iniciou as medidas emergenciais para que o país tenha o menor impacto possível com a saída de médicos cubanos do programa. Para isso, na terça-feira (20), o Ministério da Saúde publicou no Diário Oficial da União edital com cerca de 8,5 mil vagas para o programa. As vagas, abertas para substituir médicos cubanos, são para profissionais brasileiros e estrangeiros que tenham registro no CRM do Brasil. Em Brumado, atuavam sete profissionais do programa, atendendo as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do distrito de Umburanas, Arrecife, Caic, bairros São Félix e Dr. Juracy e distrito de Ubiraçaba, os quais não estão mais atuando nas unidades de saúde e deixam o município nesta sexta-feira (23). Deste modo, Brumado está na lista de reposição de médicos do programa e aguarda o cumprimento de todos os requisitos do edital para que novos médicos cheguem ao município. Enquanto isso, a Secretaria Municipal de Saúde remanejará profissionais para que estas unidades de saúde não fiquem sem atendimento médico.


Câncer de próstata pode atingir 68 mil brasileiros e cerca de 2 milhões de homens podem ter HBP em 2018; conheça a condição

Câncer de próstata pode atingir 68 mil brasileiros e cerca de 2 milhões de homens podem ter HBP em 2018; conheça a condição

Até o final deste ano, o câncer de próstata - segundo tipo mais comum entre os homens - deve atingir 68 mil brasileiros, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA). Já a Hiperplasia Benigna da próstata (HBP) - doença mais comum do órgão que não tem relação com o câncer - pode atingir cerca de 2 milhões de homens anualmente no Brasil, de acordo com informações do Hospital Israelita A. Einstein. Nesse sentido, a campanha do Novembro Azul alerta a sociedade sobre a importância da prevenção e do tratamento das doenças masculinas. De acordo com estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa Datafolha, muitos homens não vão ao urologista por preconceito. Segundo o levantamento, 48% dos entrevistados alegaram não ir ao médico por machismo, pois 21% deles acham que o exame “não é coisa de homem”. Dentro do grupo de risco (homens acima de 60 anos), 38% não consideram relevante fazer o exame preventivo. Já entre os homens de 50 a 59 anos, 35% nunca fizeram o exame de toque retal. “Como o câncer de próstata não apresenta nenhum sintoma característico, muitos pacientes descobrem que têm a doença quando o tumor já está em estágio avançado. É importante que o homem se informe sobre os benefícios do exame para que não deixe o preconceito ou o medo prejudicar a prevenção e o diagnóstico do câncer”, explica  Fernando Leão, urologista e cirurgião robótico.


Ministério pede imunização contra febre amarela antes do verão

Ministério pede imunização contra febre amarela antes do verão Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Diante da proximidade do verão, o Ministério da Saúde emitiu hoje (12) um alerta para que populações que moram em áreas onde há recomendação da vacina contra a febre amarela busquem a dose de forma antecipada, antes do período de maior transmissão da doença – entre dezembro e março. Localidades recém-afetadas pelo vírus e de grande contingente populacional, como as regiões metropolitanas do Rio de Janeiro, de Minas Gerais e de São Paulo, permanecem com um quantitativo elevado de pessoas não imunizadas e em risco de adoecer. “A doença tem alta letalidade, em torno de 40%, o que torna a situação mais grave”, destacou o ministério, em nota. O objetivo do alerta, segundo a própria pasta, é evitar correria e longas filas em busca da imunização. A cobertura vacinal para a febre amarela deve ser de, no mínimo, 95% da população.


Brumado: Dia ´D´ Outubro Rosa foi realizado na UBS Arlindo Magno Stanchi

Brumado: Dia ´D´ Outubro Rosa foi realizado na UBS Arlindo Magno Stanchi Foto - Divulgação

Na última sexta-feira (26), aconteceu na Unidade Básica de Saúde (UBS) Dr. Arlindo Magno Stachi o Dia "D" do Outubro Rosa. Foram realizadas palestras sobre o pós diagnóstico do Câncer de Mama pela Psicóloga Thamires, orientações sobre o auto exame das mamas pela Fisioterapeuta Jaciara, como também 140 solicitações de Mamografias pelas enfermeiras e médicas e aferições de PA e Glicemia. No decorrer do evento, foram sorteados brindes, entre eles: limpeza bucal, maquiagens, presentes e limpeza de rosto. Toda a equipe da unidade agradece ao grande número de mulheres que compareceram ao evento e ficaram cientes sobre a importância da realização da mamografia uma vez ao ano.


Brumado: UBS Joaquim de Castro (CAIC) promove o 'Dia D' do Outubro Rosa

Brumado: UBS Joaquim de Castro (CAIC) promove o 'Dia D' do Outubro Rosa Foto - Divulgação

Na manhã de sexta-feira (26), a UBS Joaquim de Castro Donato (CAIC) realizou o "Dia D" do Outubro Rosa, onde ocorreu uma caminhada pelo bairro, com um carro de som acompanhando o grupo e, logo após, palestras sobre o câncer de mama e colo de útero foram ministradas pela enfermeira Thaís Lima. Finalizando a produtiva manhã, foram distribuídas guias para mamografia para 70 das 100 mulheres presentes no evento.


Brumado: NASF e UBS Newton Alves de Castro realizam atividades da campanha Outubro Rosa

Brumado: NASF e UBS Newton Alves de Castro realizam atividades da campanha Outubro Rosa Foto - Divulgação

Na manhã desta quinta-feira (25), foram realizadas algumas atividades voltadas para o Outubro Rosa, na Praça Coronel Zeca Leite (Praça da Prefeitura), em Brumado. Na oportunidade, foram promovidas rodas de conversa sobre o autoexame além de ser oferecido um nutritivo café da manhã. As atividades contaram com as presenças de Neyvania Silva (farmacêutica) e Lorenna Franco (Fisioterapeuta), facilitadoras do NASF, apoio dos ACS e de Priscila Oliveira (Coordenadora da Unidade), além da presença de Juieta (Coordenadora da Atenção Básica) e Jônio Nader (Coordenador de Saúde Bucal).