BUSCA PELA CATEGORIA "Saúde"


Álcool matou mais de 3 milhões de pessoas no mundo em 2016, aponta OMS

Álcool matou mais de 3 milhões de pessoas no mundo em 2016, aponta OMS Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

O consumo de álcool foi o responsável pela morte de mais de 3 milhões de pessoas no mundo em 2016, representando uma em cada 20 mortes. O alerta foi divulgado na sexta-feira (21) pela Organização Mundial da Saúde (OMS).  O relatório global sobre o consumo global de álcool e suas consequências adversas para a saúde aponta que os homens representam mais de três quartos das mortes. No geral, o uso nocivo do álcool causa mais de 5% das doenças no mundo. Segundo a OMS, 28% das mortes relacionadas ao álcool são resultado de lesões, como as causadas por acidentes de trânsito, autolesão e violência interpessoal; 21% se devem a distúrbios digestivos; 19% a doenças cardiovasculares e o restante por doenças infecciosas, câncer, transtornos mentais e outras condições de saúde. Mundialmente, o álcool foi responsável por 7,2% das mortes prematuras (de pessoas com menos de 69 anos) em 2016. Além disso, 13,5% mortes entre pessoas entre 20 e 29 anos de idade são atribuídas ao álcool.


Buscando ampliar as ações de combate a Dengue em Brumado, Sesau entrega motocicleta à VIGEP

Buscando ampliar as ações de combate a Dengue em Brumado, Sesau entrega motocicleta à VIGEP Foto - Divulgação

Com a aproximação do período chuvoso, o alerta contra a Dengue volta a ascender com maior intensidade, já que a proliferações do mosquito transmissor aumentam consideravelmente. Visando potencializar as ações de combate à doença, a Sesau – Secretaria Municipal de Saúde de Brumado adquiriu uma motocicleta para ampliar a frota de veículos que atuam nesse sentido. A moto foi entregue na tarde desta quinta-feira (20) pelo secretário Claudio Feres à coordenadora de endemias da VIGEP – Vigilância Epidemiológica, Ilka Lima e ao ACE, Gilliard de Jesus dos Santos. Segundo o secretário “a motocicleta, devido à sua agilidade, irá contribuir de forma muito positiva no trabalho de combate nos pontos estratégicos, não somente à Dengue, como também ao programa de controle da doença de Chagas”. Feres finalizou que “aproveito para lembrar toda população que com a aproximação do período das chuvas os riscos aumentam, então, eliminem a água parada das residências. A luta contra a Dengue e de todos nós, então cada deve fazer a sua parte”.


Campanha de Vacinação contra Poliomielite e Sarampo está prorrogada

Campanha de Vacinação contra Poliomielite e Sarampo está prorrogada Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), através da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep), informa que está prorrogando até sexta-feira (21), a Campanha Nacional de Vacinação contra a Pólio e o Sarampo. A decisão foi tomada esta manhã, uma vez que a Bahia está perto de atingir a meta de 95% de vacinados. De acordo com Ramon Saavedra, coordenador do programa Estadual de Imunização, a orientação é de que os municípios que ainda não atingiram a meta deem continuidade à vacinação, conforme orientações técnicas já estabelecidas. “Além disso, a confirmação do caso importado de sarampo, no município de Ilhéus, reforçou a necessidade de ampliar o prazo para que aqueles que não levaram as crianças para vacinar, possam fazer isso dentro do novo prazo”, esclareceu. Dados de hoje no sistema Si-PNI, do Ministério da Saúde, mostram que a Bahia está com 92,57% de cobertura vacinal. A população alvo a ser vacinada, tanto para polio como para sarampo, na Bahia, é de 849.361 para cada vacina. A meta da Sesab é vacinar 95% dessa população. São 131 municípios que ainda não conseguiram atingir a meta vacinal. Na Bahia, até o momento, 785.585 crianças foram imunizadas contra a poliomielite e, 786.274 foram vacinadas contra o sarampo.


Brasil tem mais de 1,6 mil casos confirmados de sarampo

Brasil tem mais de 1,6 mil casos confirmados de sarampo

Dados atualizados na quarta-feira (12) pelo governo federal mostram a confirmação de 1.673 casos de sarampo no Amazonas e em Roraima, estados que enfrentam surtos da doença. Além destas ocorrências, outras 7.812 continuam sob investigação. A maior parte dos casos foi registrada no Amazonas, com 1.326 ocorrências da doença confirmadas e outras 7.738 em investigação. Já Roraima apresenta um quadro com 301 confirmações de sarampo - 74 ainda são investigados. No total, já são oito mortes confirmadas - quatro em cada estado. Os casos da doença diagnosticados no Brasil estão relacionados à importação, uma vez que o genótipo do vírus (D8) encontrado no País é o mesmo que circula na Venezuela, que enfrenta um surto de sarampo desde 2017. Além dos incidentes no Amazonas e em Roraima, foram registradas ocorrências isoladas da enfermidade em São Paulo (2), Rio de Janeiro (18), Rio Grande do Sul (18), Rondônia (2), Pernambuco (4) e Pará (2).

 


Brumado: 'Setembro Amarelo' é comemorado na UBS Ivaneide das Neves

Brumado: 'Setembro Amarelo' é comemorado na UBS Ivaneide das Neves Foto - Divulgação

Na última quarta-feira (05), foi comemorado na Unidade Básica de Saúde (UBS) Ivaneide das Neves, no Bairro Olhos D´água, em Brumado, o “Setembro Amarelo” que tem como objetivo conscientizar a população sobre a realidade do suicídio e mostrar que existe prevenção em mais de 90% dos casos, segundo a Organização Mundial da Saúde.  Essa ação contou com apoio da equipe do NASF, onde estiveram presentes a Psicóloga Bianca, farmacêutica Bruna e Educadora física Maiara.  O diálogo continua sendo a melhor opção de combate ao suicídio.


Pesquisa revela que pelo menos 47% Dos brasileiros pratica atividade física abaixo do ideal

Pesquisa revela que pelo menos 47% Dos brasileiros  pratica atividade física abaixo do ideal Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Segundo pesquisa realizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e publicada na terça-feira (04) em uma revista internacional, O número de brasileiros que não praticam atividades físicas vem aumentando. No Brasil, as taxas de inatividade aumentaram 15% desde 2002. De acordo com a Folha de São Paulo, informações mais recentes, apontam que 47% dos brasileiros não se exercitam o suficiente. Os dados mostram ainda que a América Latina e Caribe são as localidades com maior prevalência de inatividade física, 39%. A taxa global aponta que pouco mais de um quarto das pessoas tem atividade física insuficiente, número próximo ao de 2001.


Brumado: Grupo de Gestantes se reuniu na UBS Wilson Tibo para realização de atividades diversas

Brumado: Grupo de Gestantes se reuniu na UBS Wilson Tibo para realização de atividades diversas Foto - Divulgação

O Grupo de Gestantes da Unidade Básica de Saúde Wilson Tibo se reuniu na última segunda-feira (03) para o desenvolvimento de exercícios respiratórios, fortalecimento do assoalho pélvico, relaxamento e orientações sobre a importância do uso de repelente. A ação teve como facilitadoras Lorenna Franco (Fisioterapeuta do NASF) e Maria das Graças (Coordenadora da Unidade), como o apoio das ACS.  O desenvolvimento destas atividades visa mostra as gestantes que a gravidez é uma fase de constantes mudanças físicas e emocionais, sendo de suma importância a realização desse momento  em que é possível esclarecer dúvidas e promover saúde.


Ministério quer vacinar mais de 20 milhões de adolescentes contra HPV

Ministério quer vacinar mais de 20 milhões de adolescentes contra HPV Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

O Ministério da Saúde iniciou hoje (4) uma campanha publicitária para impulsionar a vacinação de adolescentes contra o HPV. A convocação tem como alvo 20,6 milhões de meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos. Eles devem ir aos postos de saúde para se imunizar pela primeira vez ou tomar a segunda dose da vacina e completar a proteção contra o HPV. O vírus HPV (Papilomavírus Humanos) é sexualmente transmissível e infecta pele e mucosas da boca ou das áreas genital e anal provocando verrugas e diferentes tipos de cânceres em homens e mulheres (cólo do útero, anal, pênis, vagina, orofaringe). Segundo o ministério, cerca de 30% dos tumores provocados por vírus no mundo são causados pelo HPV. Para esta nova etapa da campanha, foram investidos R$ 567 milhões para adquirir 14 milhões de vacinas. Na etapa anterior, mais de 63% das meninas de 9 a 14 anos já foram imunizadas com a primeira dose e 41% das crianças receberam a segunda dose. No caso dos meninos, cerca de 2,6 milhões receberam a primeira dose (35,7% do público-alvo), e 911 mil (13%) já receberam a segunda dose.


Programa do Glaucoma retoma as atividades em Brumado

Programa do Glaucoma retoma as atividades em Brumado Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

O Instituto da Visão da Bahia LTDA - APP informa a população de Brumado e sua microrregião de saúde que o programa do Glaucoma retornou neste sábado (1º) seguindo as resoluções CIB 180/2018, 181/2018 e 182/2018, juntamente com as portarias 3.011/2018 e 2.141/2018 ambas do Ministério da Saúde.

Programa do Glaucoma retoma as atividades em Brumado Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Em entrevista ao Agora Sudoeste o coordenador do programa Jeferson Rodrigues ressaltou que "esse atendimento conta com a colaboração do prefeito de Brumado, Eduardo Vasconcelos e do secretário de saúde Cláudio Feres".


Portaria Estadual torna obrigatória apresentação da Carteira de Vacinação em creches e escolas na Bahia

Portaria Estadual torna obrigatória apresentação da Carteira de Vacinação em creches e escolas na Bahia Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Os secretários estaduais da Saúde e da Educação, Fábio Vilas-Boas e Walter Pinheiro, assinaram portaria tornando obrigatória, em todo o Estado, a apresentação da Carteira de Vacinação de crianças e de adolescentes até 18 anos de idade, em todas as creches e escolas da rede pública ou particular, que ofereçam educação infantil, ensino fundamental e ensino médio. A medida que foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (30) deve-se à observância do atual cenário epidemiológico observado no país, que apresenta risco potencial de reintrodução de doenças imunopreveníveis já eliminadas das Américas, a exemplo da poliomielite, bem como a necessidade de conter a circulação do vírus do sarampo, reintroduzido recentemente no território nacional. Para garantir a alta cobertura vacinal, acontecerá uma articulação da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) com escolas e creches para realizar vacinação programada, além do funcionamento das Unidades Básicas de Saúde (UBS) em horários alternativos. "O Brasil está vivendo um momento grave da saúde pública. Existe a ameaça de voltarmos a ter epidemias de sarampo, poliomielite e a reintrodução urbana da febre amarela. Não podemos permitir que o esforço de anos da população brasileira para erradicar algumas doenças seja perdido pela negligência de alguns pais que não levam seus filhos para vacinar. Considero a atitude de não vacinar uma verdadeira prova de irresponsabilidade para com os filhos", afirma o secretário Vilas-Boas.

CURTA NOSSA FANPAGE








CATEGORIAS

COMENTÁRIOS