BUSCA PELA CATEGORIA "Mundo"


Final da Libertadores do ano que vem será no Maracanã

Final da Libertadores do ano que vem será no Maracanã Foto - Rafael Ribeiro / CBF

A final da próxima Copa Libertadores da América, em 2020, será disputada no Maracanã. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (17) pelo conselho da Confederação Sul Americana de Futebol (Conmebol) no Paraguai. Na escolha do Rio de Janeiro para a final do ano que vem pesaram fatores como a infraestrutura, a capacidade da rede hoteleira e a experiência com segurança para grandes eventos. O governador Wilson Witzel destacou, em uma apresentação prévia, os eventos esportivos recentes que ocorreram na cidade e a grande capacidade do estado em receber turistas. Além do Maracanã, estavam na disputa cinco estádios brasileiros (Arena Corinthians e Morumbi, em São Paulo; Mineirão, em Belo Horizonte; Arena do Grêmio e Beira-Rio, em Porto Alegre); um na Argentina (Mario Kempes, em Córdoba); e um no Peru (Estádio Nacional de Lima).


Empresária brumadense participa da cerimônia de canonização da Santa Dulce dos Pobres, em Roma

Empresária brumadense participa da cerimônia de canonização da Santa Dulce dos Pobres, em Roma Foto - Arquivo Pessoal

Catequista da Igreja Matriz, a empresária brumadense Denize Milhazes, na companhia de sua mãe Helena e de um grupo de Irmãs da Congregação de Irmã Dulce de Salvador, prestigiou em Roma a Canonização de Irmã Dulce, hoje, Santa Irmã Dulce dos Pobres. Em entrevista ao Agora Sudoeste, ela contou um pouco sobre a experiência." Embora eu já estive em Roma, o motivo dessa vez foi muito especial, pois era uma peregrinação. Afinal, a Santa Irmã Dulce foi um exemplo de fé, bondade, caridade, solidariedade, força e coragem. Ela não media esforços para ajudar os necessitados e era uma mulher que ajudava sem discriminação, independente de qual era a religião, fé ou condição social. A consagração foi emocionante, algo que vai ficar para a história. A Praça São Pedro estava lotada, cerca de 50 mil pessoas de vários países. Foram feitas 05 canonizações e muitos brasileiros estiveram presentes, todos em clima de muita oração e alegria. Você percebia a felicidade ao encontrar os grupos de brasileiros, principalmente baianos. Na segunda (14) na Igreja Santo André foi realizado uma missa em homenagem a Santa celebrada por Dom Murilo, com a participação de Margarete Menezes, Padre António Maria e outras autoridades baianas e é claro todos os brasileiros estavam presentes. Foi inesquecível", contou a empresária. 

Empresária brumadense participa da cerimônia de canonização da Santa Dulce dos Pobres, em Roma Foto - Arquivo Pessoal
Empresária brumadense participa da cerimônia de canonização da Santa Dulce dos Pobres, em Roma Foto - Arquivo Pessoal

Irmã Dulce se torna santa; canonização reconhece trabalho social

Irmã Dulce se torna santa; canonização reconhece trabalho social Foto - Bruno Batista / VPR

Na primeira quinzena de agosto deste ano, a professora aposentada Miralva Tito Moreno Oliveira, 74 anos, preparava-se para um procedimento cirúrgico no Hospital da Bahia, em Salvador, para retirada de cálculos que podiam chegar ao ureter, quando o médico a informou que não seria mais necessária a operação. “Dona Miralva, a senhora não tem a pedra mais”, disse o urologista conforme relato da paciente à reportagem. De acordo com o exame pré-operatório feito no hospital, o cálculo não estavam lá. Miralva Oliveira temia dor e desconforto se as pedras chegassem e crescessem no ureter. O risco havia sido detectado por um exame de ultrassom e confirmado por ressonância magnética. A paciente mostrou, então, ao médico o santinho impresso da beata Irmã Dulce, que ela mantinha sobre o abdome, pedindo intercessão de Irma Dulce, a futura Santa Dulce dos Pobres. Emocionada, Miralva Oliveira descreve ter recebido “uma graça” do “Anjo Bom da Bahia” que foi canonizada neste domingo (13) pelo papa Francisco na Praça São Pedro, no Vaticano; e se tornou a primeira santa brasileira. A celebração litúrgica reuniu cerca de 50 mil pessoas. A ex-paciente comemora a canonização da religiosa, "uma santa brasileira e baiana! A gente só pode ter orgulho de louvar a Deus”, diz Miralva. Para a pesquisadora baiana Thiaquelliny Teixeira Pereira, que escreveu tese de doutorado sobre a construção social da santidade, Irmã Dulce já é considerada santa pelos brasileiros e, em especial, pelos baianos. "População brasileira é pouco entendida na questão da liturgia, é um povo de muita fé e de pouco conhecimento teológico", observa. "[Há] Pessoas que são cultuadas pela população baiana à procura de milagres, de terem suas aflições respondidas", revela a pesquisadora.


Seleção Brasileira empata com Senegal em Singapura

Seleção Brasileira empata com Senegal em Singapura Foto - Lucas Figueiredo / CBF

No primeiro amistoso da Data FIFA de outubro, a Seleção Brasileira enfrentou Senegal nesta quinta-feira (10) e empatou em 1 a 1. No Estádio Nacional de Singapura, a equipe comandada por Tite saiu na frente com belo gol de Roberto Firmino, e viu o time africano deixar tudo igual com Diédhiou. O próximo jogo da Canarinho será no domingo (13), diante da Nigéria, novamente em Singapura, às 9h (de Brasília).


ONU prevê oceanos com temperaturas mais altas e menos oxigênio

ONU prevê oceanos com temperaturas mais altas e menos oxigênio Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

O Painel Intergovernamental sobre as Alterações Climáticas (IPCC), criado pelas Nações Unidas (ONU), apresentou nesta quarta-feira (25) um relatório dedicado aos efeitos das alterações climáticas nos oceanos e nas massas de gelo permanentes da Terra. A devastação dos mares e das regiões geladas devido às alterações climáticas é o grande problema apontado no documento. É urgente priorizar "ações oportunas, ambiciosas e coordenadas" de forma a enfrentar estas mudanças "sem precedentes e duradouras" nos oceanos e na criosfera – regiões cobertas por gelo e neve permanentes e que constituem 10% da superfície do planeta –, alerta o relatório. Durante este século, os oceanos poderão sofrer alterações "sem precedentes", com temperaturas mais altas, água mais ácida, menos oxigénio e condições alteradas de produção de recursos. O gelo das regiões geladas, como o Ártico por exemplo, estão derreteno a um ritmo nunca antes registado e, em consequência, o nível dos oceanos está elevando pondo em causa a vida de mais de milhões de pessoas, advertem os cientistas no documento. O IPCC estabelece que "o oceano e a criosfera acolhem habitats únicos e estão ligados a outros componentes do sistema climático através de trocas globais de água, energia e carbono".


Em discurso na ONU, Bolsonaro destaca riqueza da Amazônia

Em discurso na ONU, Bolsonaro destaca riqueza da Amazônia Foto - Alan Santos / PR

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (24) que a Organização das Nações Unidas (ONU) não pode aceitar a volta do colonialismo e defendeu a soberania brasileira na Amazônia. Durante seu discurso na abertura da 74ª Assembleia Geral da ONU, em Nova York, nos Estados Unidos, Bolsonaro reafirmou o compromisso do país com a preservação do meio ambiente e com o desenvolvimento sustentável da região. “O Brasil é um dos países mais ricos em biodiversidade e riquezas minerais, nossa Amazônia é maior que toda Europa Ocidental e permanece praticamente intocada, prova de que somos um dos países que mais protege o meio ambiente”, disse ele aos chefes de Estado. Cerca de 14% do território brasileiro é demarcado como terras indígenas e Bolsonaro destacou que não pretende demarcar novos territórios. "Quero deixar claro: o Brasil não vai aumentar para 20% sua área já demarcada como terra indígena, como alguns chefes de Estados gostariam que acontecesse", afirmou. “O índio não quer ser latifundiário pobre em cima de terras ricas. Especialmente das terras mais ricas do mundo. É o caso das reservas Ianomâmi e Raposa Serra do Sol. Nessas reservas, existe grande abundância de ouro, diamante, urânio, nióbio e terras raras, entre outros”, disse, destacando que o Brasil usa 8% de seu território para produção de alimentos.


Temperatura média do planeta pode subir 3,4°C até 2100

Temperatura média do planeta pode subir 3,4°C até 2100 Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Um novo relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) aponta que a média da temperatura do planeta poderá aumentar em até 3,4 º C até o final deste século. O documento, que reúne estudos científicos da Organização Meteorológica Mundial e outros órgãos especializados, foi publicado nesse domingo (22), um dia antes do início da Cúpula sobre a Ação Climática em Nova York. Segundo o documento, que defende a adoção de medidas para combater o aquecimento global, a média da temperatura do planeta de 2015 para 2019 será 0,2 º C acima do período anterior de cinco anos. Além disso, ela é 1,1º C mais quente que os níveis pré-industriais de 1850 a 1900. O relatório ainda aponta que o aumento dos níveis dos mares tem acelerado, e indica que a acidez dos oceanos aumentou 26% desde o início do período industrial por causa da absorção do CO2 liberado na atmosfera pelo uso de combustíveis fósseis. O documento afirma que as emissões de gases de efeito estufa continuam a subir porque combustíveis fósseis como o carvão e o petróleo ainda são as principais fontes de energia da humanidade. Por fim, o relatório alerta que a temperatura média global poderá aumentar 3,4 º C até 2100 mesmo se governos conseguirem cortar suas emissões como prometido. Segundo o documento, países precisam se esforçar ainda mais para limitar o aumento em 1,5 º C acima dos níveis pré-industriais.


Seleção brasileira é superada pelo Peru em Los Angeles

Seleção brasileira é superada pelo Peru em Los Angeles Foto - Lucas Figueiredo / CBF

Nesta quarta-feira (11), a Seleção Brasileira enfrentou o Peru, no Los Angeles Memorial Coliseum, na Califórnia (EUA), criou boas chances, mas foi superada por 1 a 0. Este foi o segundo amistoso do mês da equipe do técnico Tite nos Estados Unidos, que agora volta aos campos na data FIFA de outubro. Brasil: Ederson; Fagner, Marquinhos, Éder Militão e Alex Sandro; Casemiro (Fabinho), Allan e Philippe Coutinho (Bruno Henrique); Richarlison (Vinicius Junior), David Neres (Lucas Paquetá) e Roberto Firmino (Neymar).


Amistoso preparatório: Brasil empata com a Colômbia

Amistoso preparatório: Brasil empata com a Colômbia Foto - Divulgação

A Seleção Brasileira começou a Data FIFA de setembro com um empate em 2 a 2 diante da Colômbia. No Hard Rock Stadium, em Miami, o Brasil abriu o placar, viu os colombianos conseguirem a virada ainda no primeiro tempo, mas com grande atuação na parte final da partida chegou ao empate. Casemiro e Neymar Jr. marcaram os gols da Canarinho na noite desta sexta-feira (6). A equipe do técnico Tite volta a campo na próxima terça-feira (10) para enfrentar o Peru, no Los Angeles Memorial Coliseum, em LA, Califórnia.


Parapan: Brasil bate recorde histórico com 308 medalhas em Lima

Parapan: Brasil bate recorde histórico com 308 medalhas em Lima Foto - Rodolfo Vilela / rededoesporte.gov.br

Disputado oficialmente desde 1999, os Jogos Parapan-americanos têm agora o Brasil como o dono da melhor campanha de todos os tempos: 308 medalhas, 124 ouros, 99 pratas e 85 bronzes. Essa é a quarta vez seguida que a delegação verde e amarela lidera o quadro de medalhas. A marca anterior era do México, que em casa na primeira edição, havia conquistado 307 pódios (121 ouros, 105 pratas e 81 bronzes). “A nossa meta interna no Comitê sempre foi superar os números de Toronto. Não só em medalhas, mas queríamos estar em mais finais, trazer a maior delegação, ter mais mulheres, contar com o maior número possível de atletas de classes baixas. Sempre apostando muito nos jovens. E acho que tudo isso foi alcançado”,  disse Alberto Martins, diretor técnico e chefe da missão brasileira em Lima.bA delegação brasileira ultrapassou a marca de medalhas de ouro quando Evelyn Oliveira, Mateus Carvalho e Antônio Leme, na classe BC3 da bocha, superaram o time canadense na final por 4 a 3. Lauro Chaman, do ciclismo, bateu o recorde total de pódios. Na prova de resistência C4-5, ele foi o mais rápido completando os 80 km em 2h17m43.