BUSCA PELA CATEGORIA "Mundo"


Irmã Dulce será a primeira mulher nascida no Brasil a ser canonizada; segundo milagre atribuído a ela foi reconhecido pelo Vaticano

Irmã Dulce será a primeira mulher nascida no Brasil a ser canonizada; segundo milagre atribuído a ela foi reconhecido pelo Vaticano

O site "Vatican News", canal oficial de comunicação do Vaticano, informou que um  segundo milagre atribuído à Irmã Dulce, conhecida como “O Anjo bom da Bahia”, foi reconhecido por meio de decreto e, com isso, ela será proclamada Santa. "Com o Decreto autorizado pelo Santo Padre reconhecendo o milagre atribuído à intercessão de Irmã Dulce, a Baeta será proximamente proclamada santa em solene celebração de canonizações", informa o site. Ela será a primeira mulher nascida no Brasil a ser canonizada. O Vaticano ainda não divulgou qual foi esse segundo milagre. O primeiro atribuído à Irmã Dulce, que levou à sua beatificação, em 22 de maio de 2011, trata da recuperação de uma paciente que teve uma grave hemorragia pós-parto e cujo sangramento subitamente parou, em intervenção médica.


Definidos os confrontos das oitavas de final da Libertadores

Definidos os confrontos das oitavas de final da Libertadores Foto - Divulgação / Conmebol

 A Direção de Competições de Clubes da Confederação Sul-Americana de Futebol realizou nesta segunda-feira, 13 de maio, no Centro de Convenções da CONMEBOL, localizado em Luque, Paraguai, o sorteio dos confrontos da CONMEBOL Libertadores 2019. Estes são os duelos das oitavas de final, rumo à primeira Final Única que será disputada em 23 de novembro de 2019, no Estádio Nacional de Santiago, no Chile: A: River Plate (ARG) x Cruzeiro (BRA); B: Godoy Cruz (ARG) x Palmeiras (BRA); C: Emelec (EQU) x Flamengo (BRA); D: LDU Quito (EQU) x Olímpia (PAR); E: Atlético Paranaense (BRA) x Boca Juniors (ARG); F: Nacional (URU) x Internacional (BRA); G: Grêmio (BRA) x Libertad (PAR) e E: San Lorenzo (ARG) x Cerro Porteño (PAR).


Poluição por plástico nos oceanos do mundo custa à sociedade até US $ 2,5 bilhões todos os anos em recursos danificados e perdidos, revela pesquisa

Poluição por plástico nos oceanos do mundo custa à sociedade até US $ 2,5 bilhões todos os anos em recursos danificados e perdidos, revela pesquisa Arraia-manta nada perto de plástico no litoral da Indonésia (Foto: Divulgação)

Conforme estudo realizado por economistas ingleses e publicado na Marine Pollution Bolletin, após estes procurem ‘colocar um preço no plástico’, ao calcular os impactos financeiros disso para a sociedade mundial, cada tonelada de plástico custa até US$ 33 mil  em valor ambiental reduzido. Estima-se que 8 milhões de toneladas de poluição plástica entram nos oceanos do mundo a cada ano. Portanto, todos os anos esse prejuízo alcança até US$ 2,5 bilhões. Se o valor já é bastante alto, saiba que essas estimativas não levaram em conta os impactos diretos e indiretos sobre as indústrias de turismo, transporte e pesca, ou sobre a saúde humana, alertaram os autores. Nicola Beaumont, economista ambiental do Laboratório Marinho de Plymouth, que liderou o estudo, disse que o levantamento é o primeiro do tipo a explorar o impacto social e econômico dos plásticos no mar. Mas destaca que os custos reais para a sociedade humana global já estão subestimados. Kayleigh Wyles, professora de psicologia ambiental da Universidade de Surrey, disse ao jornal The Guardian que a pesquisa foi a primeira a mostrar o impacto “holístico” da poluição plástica, que pretende chamar a atenção para os mares e dar subsídio para a tomada de decisões a respeito do tema. “Reciclar uma tonelada de plástico nos custa centenas contra os custos de milhares se a deixarmos entrar no ambiente marinho. Hoje, nós trocamos carbono para reduzir as emissões para a atmosfera, então devemos ser capazes de fazer algo similar com plásticos. Esperamos que este estudo destaque a realidade do problema plástico em termos humanos”, disse ela.


Facebook é responsável por discriminação em anúncios, diz pesquisa

Facebook é responsável por discriminação em anúncios, diz pesquisa Foto - Divulgação

De acordo com pesquisa  de duas universidades norte-americanas em parceria com um grupo ativista, a  plataforma de anúncios do Facebook direciona anúncios de forma discriminatória mesmo sem o pedido de anunciantes - o sistema de publicidade da rede social executa a ação por conta própria. O levantamento aponta que o Facebook escolheu ocultar publicidades de mulheres ou negros, por exemplo, inclusive quando anunciantes pediram para a publicidade atingir uma ampla audiência. O estudo foi feito em conjunto por seis pesquisadores, da Universidade Northeastern, da Universidade do Sul da Califórnia e do grupo ativista Upturn. Segundo o site Business Insider, os especialistas gastaram cerca de US$ 8,5 mil do próprio bolso com anúncios na plataforma para identificar se o sistema de anúncios discriminava determinados grupos. Um ponto importante: os pesquisadores veicularam os anúncios sem especificar a que grupo a publicidade seria direcionada. Um dos exemplos apresentados pela pesquisa foi uma sequência de anúncios de venda e aluguel de casas no estado da Carolina do Norte. Os pesquisadores descobriram que publicidades de vendas de casas foram direcionadas a uma audiência com 75% de usuários brancos. No caso de aluguel, o público foi mais heterogêneo. Em um segundo teste, eles mudaram as imagens dos anúncios, colocando em um deles uma foto de uma família branca e em outra uma família negra. Resultado: o anúncio com a família branca foi direcionado para um público com 85% de usuários brancos, enquanto o com a família negra chegou a um grupo com 73% de usuários brancos. A exposição menor da família negra para brancos é um dos indícios das práticas discriminatórias. A prática discriminatória aconteceu em diversos testes. Anúncios de vagas de trabalho de caixa de supermercado, por exemplo, foram direcionados para uma audiência 85% feminina, o que seria uma indicação de que o cargo se aplica apenas a mulheres. Em outro caso, empregos em empresas de táxi foram direcionados a uma audiência 75% negra.Os pesquisadores não acreditam que o Facebook toma decisões discriminatórias deliberadamente, mas que o sistema de anúncios acabou treinado dessa forma.

 


Trump e Bolsonaro trocam camisas das seleções de futebol

Trump e Bolsonaro trocam camisas das seleções de futebol Foto - Isac Nóbrega / PR

Os presidentes do Brasil, Jair Bolsonaro, e dos Estados Unidos, Donald Trump, trocaram hoje (19) presentes. Um entregou ao outro camisas oficiais das seleções de futebol. Segundo o norte-americano, o presente era uma homenagem ao Brasil, que é uma potência no futebrol. Trump presenteou Bolsonaro com a camisa de número 19 – em alusão ao ano de 2019. “O Brasil é um grande país. A grande potência do futebol. Tem grandes jogadores, posso lembrar de Pelé e tantos outros” , disse. De presente, Trump ganhou uma camisa de número 10 – igual à que Pelé usou quando estava na ativa. Bolsonaro disse que a escolha do número 10 foi por causa das muitas alegrias que Pelé deu ao Brasil. “A camisa que simboliza o maior jogador de todos os tempos”, disse.

Trump e Bolsonaro trocam camisas das seleções de futebol Foto - Isac Nóbrega / PR

Após a reunião reservada de cerca de 20 minutos na Casa Branca, Bolsonaro e Trump e as comitivas do Brasil e dos Estados Unidos terão um encontro ampliado. A viagem aos Estados Unidos é a primeira em caráter bilateral do presidente 


Brasil quer sediar Copa do Mundo de futebol feminino em 2023

Brasil quer sediar Copa do Mundo de futebol feminino em 2023 Foto - Lucas Figueiredo / CBF

O Brasil foi um dos dez países que expressaram interesse em sediar a Copa do Mundo feminina da Fifa (Federação Internacional de Futebol) em 2023. Além do país, também estão interessados em receber a competição três sul-americanos (Argentina, Bolívia e Colômbia). As Coreias do Sul e do Norte informaram à Fifa que pretendem concorrer com uma candidatura conjunta. Além deles, formalizaram interesse em concorrer o Japão, a Austrália, a Nova Zelândia e África do Sul. Segundo a Fifa, esse é o maior número de países a formalizar interesse em sediar uma Copa do Mundo feminina desde a primeira edição do evento, em 1991. As confederações nacionais terão agora que registrar suas candidaturas até 16 de abril deste ano. O anúncio do país-sede deve ser feito em março do ano que vem. Entre os possíveis candidatos, nenhum sediou uma Copa do Mundo feminina. A próxima competição será realizada de 7 de junho a 7 de julho deste ano, na França. O Brasil está no grupo C do campeonato, junto com Austrália, Itália e Jamaica. A seleção brasileira estreia no dia 9 de junho contra a Jamaica.


Bolsonaro e Trump se reúnem hoje na Casa Branca

Bolsonaro e Trump se reúnem hoje na Casa Branca Foto - José Cruz / Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro vai se encontrar com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na tarde de hoje (19), na Casa Branca. Eles se reúnem sozinhos, inicialmente, no Salão Oval e, em seguida, haverá uma conversa ampliada, incluindo as equipes dos governos do Brasil e dos Estados Unidos (EUA). “A expectativa [para o encontro] é ótima. O presidente Trump já demonstrou, por meio da sua fidalguia na recepção ao nosso presidente, nos colocando na Blair House, que esse encontro será histórico para ambos os países”, disse ontem (18) o porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros. Bolsonaro e sua comitiva estão hospedados na Blair House, palácio que faz parte do complexo da Casa Branca. No local já se hospedaram os presidentes Dilma Rousseff, Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Henrique Cardoso.


Livramento: homem é detido por porte de drogas; acusado responde por homicídio praticado na cidade de Vitória da Conquista

Livramento: homem é detido por porte de drogas; acusado responde por homicídio praticado na cidade de Vitória da Conquista Foto - Divulgação / Polícia Militar

Em ronda pelo município de Livramento de Nossa Senhora, na madrugada desta segunda-feira (18), uma guarnição da 46ªCIPM avistou um veículo obstruindo a via pública, estando estacionado em desacordo com as normas do Código Trânsito Brasileiro nas imediações da Praça Coronel Zezinho Tanajura. Ao iniciar a abordagem ao veículo, um dos ocupantes, segundo a polícia, bastante agitado e visivelmente embriagado, faltou com o respeito e desacatou os policiais. Devido ao fato, foi dada a voz de prisão, sendo necessário utilizar da força para contê-lo. De acordo com informações da polícia, ele responde por tráfico de drogas e um homicídio praticado na cidade de Vitória da Conquista. Foi realizada busca minuciosa ao veículo sendo encontrado um cigarro de uma substância análoga á maconha e certa quantidade de uma substância análoga á cocaína. Todo material, o detido e o condutor do veículo foram conduzidos e apresentados na delegacia de Polícia Civil.


Facebook e Instagram apresentam erro no Brasil e no mundo; aplicativos estão instáveis

Facebook e Instagram apresentam erro no Brasil e no mundo; aplicativos estão instáveis Foto - Divulgação

Os aplicativos Facebook e Instagram estão apresentando instabilidade e estão fora do ar na tarde desta quarta-feira (13). Os problemas ocorrem na versão web e nos aplicativos para Android e iPhone (iOS). Entre os países mais atingidos estão, principalmente: Brasil, Estados Unidos, França, Reino Unido e Alemanha. Não é possível comentar ou publicar conteúdo no Facebook — tanto em perfis pessoais quanto páginas. No Instagram, uma das mensagens exibidas é "Erro de rede desconhecido", a outra é "Ops. Ocorreu um erro. Estamos trabalhando para resolvê-lo o mais rápido possível". O feed da rede de fotos também parou de carregar para algumas pessoas. Segundo relatam usuários no Twitter, não é possível postar Stories, enviar Direct e há casos em que o app é desconectado e não é possível fazer login novamente. No momento, o WhatsApp também apresenta erro para enviar áudios e imagens e o Messenger também tem falhas, mostrando apenas conversas antigas.


Brasil é o 4º país que mais produz lixo no mundo, diz WWF

Brasil é o 4º país que mais produz lixo no mundo, diz WWF Foto - Martine Perret / ONU Meio Ambiente

O estudo “Solucionar a Poluição Plástica: Transparência e Responsabilização”, feito pelo Fundo Mundial para a Natureza (WWF), mostra que o Brasil é o quarto país no mundo que mais produz lixo. São 11.355.220 toneladas e apenas 1,28% de reciclagem. Só está atrás dos Estados Unidos (1º lugar), da China (2º) e da Índia (3º). No Brasil, segundo dados do Banco Mundial, mais de 2,4 milhões de toneladas de plástico são descartadas de forma irregular, sem tratamento e, em muitos casos, em lixões a céu aberto. Aproximadamente  7,7 milhões de toneladas de lixo são destinados a aterros sanitários. A poluição por plástico gera mais de US$ 8 bilhões de prejuízo à economia global. Levantamento do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) indica que os diretamente afetados são os setores pesqueiro, de comércio marítimo e turismo. O diretor executivo do WWF no Brasil, Mauricio Voivodic, alertou sobre a necessidade de adotar medidas urgentes para reverter a situação. “O próximo passo para que haja soluções concretas é trabalharmos juntos, por meio de marcos legais, que convoquem à ação os responsáveis pelo lixo gerado. Só assim haverá mudanças urgentes na cadeia de produção de tudo o que consumimos.”