Mais de 1,6 milhão de famílias baianas não serão impactadas pelo novo valor da bandeira tarifária

Mais de 1,6 milhão de famílias baianas não serão impactadas pelo novo valor da bandeira tarifária Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Clientes cadastrados na Tarifa Social de Energia Elétrica não serão impactados pela bandeira tarifária escassez hídrica (R$14,20 a cada 100 quilowatt-hora). Na Neoenergia Coelba, significa que mais de 1,6 milhão de famílias não irão incorporar o novo valor na conta de energia. Para essas famílias baixa renda, continua incidindo a bandeira vermelha patamar 2 (R$9,492 a cada 100 kWh). O benefício também concede descontos de até 65% na fatura e, até o momento, 285 mil clientes foram inscritos proativamente pela distribuidora. A empresa estima que, aproximadamente, 80 mil famílias poderiam estar contempladas com o benefício, mas ainda não se cadastraram. Para ampliar a quantidade de famílias beneficiadas pela Tarifa Social, a distribuidora continuará intensificando a divulgação e facilitando o acesso à atualização do cadastro.   Para ter acesso ao desconto, o cliente deve estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). As famílias de baixa renda devem obter o Número de Identificação Social (NIS) diretamente em um Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) da área administrativa onde reside. Os usuários inscritos, com renda mensal por pessoa menor ou igual a meio salário-mínimo nacional, podem fazer o credenciamento junto à concessionária. O cadastro pode ser realizado diretamente no site da distribuidora (www.neoenergiacoelba.com.br), acessando o campo Tarifa Social.