BUSCA PELA CATEGORIA "Guanambi"


PRE pede cassação de diploma eleitoral de Charles Fernandes (PSD), Luizinho Sobral (PODE) e Pastor Tom (PATRI)

PRE pede cassação de diploma eleitoral de Charles Fernandes (PSD), Luizinho Sobral (PODE) e Pastor Tom (PATRI) Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Mais três políticos eleitos em 2018 para representar a Bahia podem ter seus diplomas cassados a partir de processo movido pelo Ministério Público Eleitoral, por meio da Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia (PRE/BA). Para a procuradoria, o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE/BA) deve cassar os diplomas eleitorais conferidos a: Charles Fernandes, eleito deputado federal suplente pelo PSD; Pastor Tom (PATRI), eleito deputado estadual; e Luizinho Sobral (PODE), deputado estadual suplente. Os dois primeiros tiveram sua inelegibilidade configurada ou confirmada após as eleições, e o terceiro não preencheu todas as condições para elegibilidade; confira. Charles Fernandes Silveira Santana, após o deferimento de seu registro de candidatura, tornou-se inelegível devido à sua condenação por abuso de poder político em benefício pessoal ou de terceiros, a partir da ação de investigação judicial eleitoral n.º 200-06.2016.6.05.0064. Luiz Pimentel Sobral, após o deferimento de seu registro de candidatura para deputado federal, tornou-se inelegível ao ser condenado por decisão colegiada do TRE/BA proferida em 29 de agosto, por uso indevido dos meios de comunicação e abuso de poder a partir da ação de investigação judicial eleitoral n.º 883-86.2012.6.05.0095. Ewerton Carneiro da Costa, conhecido como Pastor Tom (PATRI), registrou seu pedido de candidatura a deputado estadual sem comprovar sua filiação ao partido Patriota, exigência dispensada pelo TRE devido à sua alegação de que seria policial militar da ativa. Contudo, após o deferimento do registro e de sua eleição, uma representação enviada à PRE/BA informou que o político é vereador no município de Feira de Santana/BA e, por esta razão, desde 2016, encontra-se afastado das suas atividades na Polícia Militar. Para a PRE, o candidato induziu o TRE ao erro, ao sustentar sua condição de militar da ativa para afastar a necessidade de filiação. Por estar afastado, ele deveria comprovar sua filiação a um partido feita até seis meses antes do registro da candidatura, como determina a lei. Por não ter cumprido esse requisito, o candidato não se tornou elegível.


Agora Sudoeste deseja à todos um Feliz Natal e próspero Ano Novo

Agora Sudoeste deseja à todos um Feliz Natal e próspero Ano Novo

Há mais, muito mais, para o Natal do que luz de vela e alegria. É o espírito de doce amizade que brilha todo o ano. É consideração e bondade, é a esperança renascida novamente, para paz, para entendimento, e para benevolência dos homens. Natal tem tudo a ver com amor e é a época do ano em que nossos corações estão mais receptivos e harmoniosos e nossas esperanças são renovadas. Feliz Natal e Próspero Ano Novo é o que deseja à você o Agora Sudoeste.


UNIFG/Guanambi vence Brumado em noite de comemoração no Clube Social de Brumado

UNIFG/Guanambi vence Brumado em noite de comemoração no Clube Social de Brumado Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Na noite da última sexta (23), as equipes UniFG - Master e Juventude - bateram em dose dupla às equipes de Brumado, em jogos que aconteceram no campo de futebol society do Clube Social de Brumado. A Equipe UniFG Juventude venceu o Clube Social de Brumado por 7 a 1. Já no jogo de fundo, o Master também aplicou outra goleada. Desta vez por 5 a 1.


Em um ano, Policlínica de Guanambi realiza mais de 45 mil atendimentos

Em um ano, Policlínica de Guanambi realiza mais de 45 mil atendimentos Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Inaugurada há exatamente um ano, dia 24 de novembro de 2017, a Policlínica Regional de Saúde do Alto Sertão, instalada em Guanambi, vem sendo avaliada positivamente pelos usuários dos serviços da unidade. Já foram mais de 45 mil atendimentos nesse período. Além dos pacientes, prefeitos e secretários municipais de saúde dos 22 municípios que compõem o consórcio de saúde também têm considerado o serviço com boa qualidade. Para entrega da policlínica foram investidos R$ 24 milhões. A manutenção mensal da unidade é dividida entre Estado, responsável por 40%, e os municípios consorciados, que rateiam os 60% restantes. “A abertura da unidade em Guanambi foi um dos passos para a descentralização da saúde na Bahia”, afirma o secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas. Ele acrescenta que a policlínica presta um serviço ambulatorial especializado de forma humanizada, conforme todas as diretrizes do Sistema Único de Saúde [SUS].