BUSCA PELA CATEGORIA ""


Tóquio 2020: Em grande jogo, Brasil e Holanda empatam por 3 a 3

Tóquio 2020: Em grande jogo, Brasil e Holanda empatam por 3 a 3 Foto - Divulgação / CBF

Manhã de grande atuação da Seleção Brasileira Feminina nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Pela segunda rodada da competição, a equipe comandada por Pia Sundhage enfrentou a Holanda neste sábado (24), no Estádio de Miyagi, e empatou em 3 a 3. Com o resultado, as duas equipes somam quatro pontos na tabela de classificação do Grupo F, com o Brasil ocupando o segundo lugar pelo menor saldo de gols.


CAESG deflagra operação AERARIUM em cidades da região

CAESG  deflagra operação AERARIUM em cidades da região Foto - Divulgação / CAESG

Nesta quarta-feira (21), guarnições da CAESG realizaram patrulhamento tático motorizado e pontos de bloqueios com abordagens nos acessos as cidades, distritos e estradas vicinais de municípios da sua área de atuação (Macarani, Belo Campo, Paramirim e Ibiassucê) . A presente operação, denominada AERARIUM,  tem como objetivo coibir ações criminosas, principalmente as investidas contra instituições financeiras na região sudoeste do estado.


Estudo: anticorpos de quem teve covid-19 não protegem contra variante

Estudo: anticorpos de quem teve covid-19 não protegem contra variante

Estudo internacional com participação de pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) revela um mecanismo que explica o motivo pelo qual ocorrem as reinfecções de covid-19. Testes em laboratório mostraram que a variante Gamma, anteriormente conhecida como P.1, originada no Brasil, é capaz de escapar dos anticorpos neutralizantes que são gerados pelo sistema imunológico a partir de uma infecção anterior com outras variantes do coronavírus. Os pesquisadores destacam, no entanto, que os resultados foram obtidos in vitro, ou seja, em laboratório. Além disso, o estudo não inclui outros tipos de resposta imune do organismo, como imunidade celular. “É fundamental entender que pessoas infectadas podem ser infectadas novamente”, aponta William Marciel de Souza, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP, primeiro autor do artigo. O trabalho foi publicado como artigo na revista científica The Lancet em 8 de julho. Foram analisadas amostras do plasma de pacientes que tiveram a doença, e também de pessoas imunizadas pela vacina CoronaVac. “A pesquisa mostra que pessoas que foram vacinadas ainda estão suscetíveis à infecção, se você tomou a vacina continue usando máscara, continue com distanciamento social, continue usando as medidas de higiene para evitar a transmissão para outras pessoas”, aconselha o pesquisador. Souza lembra que os estudos clínicos mostram a eficiência da CoronaVac contra formas graves da doença, reduzindo internações e mortes. “A vacina não é contra infecção, infecção pode acontecer a qualquer momento, com qualquer vacina, o objetivo da vacina é contra a doença, a forma grave, da pessoa morrer, ter sequelas graves.”


Mulher é agredida por ex-namorado em Tanhaçu

Mulher é agredida por ex-namorado em Tanhaçu Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Na Tarde de quinta-feira (22), durante atividade no município de Tanhaçu, a guarnição CAESG foi solicitada por uma jovem de 23 anos que alegou ter sido agredida por seu ex-namorado, também morador do município. De imediato, os militares deslocaram até o Bairro do Campo e encontraram a suposta vítima que alegava sentir dores no pescoço e nas pernas provenientes da violência sofrida. Foram feitas diligências na cidade na tentativa de localizar o suposto infrator. Porém, o jovem não foi localizado. A vítima foi conduzida até o hospital local para ser medicada e depois acompanhada até a Delegacia de Polícia Civil para que as medidas cabíveis fossem adotas.


Cliente baixa renda pode ter desconto de até 65% na tarifa de energia

Cliente baixa renda pode ter desconto de até 65% na tarifa de energia Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Desde o início da pandemia, a Coelba incluiu no benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) mais de duzentos e sessenta mil baianos proativamente, contribuindo para um incremento de 19% da base de clientes em um ano e três meses. Isso coloca a empresa entre uma das distribuidoras do país que mais tem cadastrado clientes no benefício, que concede desconto de até 65% na conta de luz aos consumidores classificados com baixa renda. Com uma estratégia inovadora, a companhia passou a realizar o cadastro de forma proativa, por meio da consulta ao Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Assim que o sistema do CadÚNico é atualizado, a cada mês, a Coelba passa esse banco de dados para o seu sistema e aplica o desconto previsto para cada beneficiário. Só nos últimos seis meses mais de 30 mil clientes receberam o desconto por essa modalidade de inclusão. “A inserção automática, realizada pela Coelba cruza as informações dos contratos com os dados do CadÚnico, disponibilizados periodicamente pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Em aproximadamente um ano, conseguimos aumentar a nossa base de clientes cadastrados na Tarifa Social em cerca de 19%, comenta a superintendente de Relacionamento com Cliente da Coelba, Cynira Alana. Na maioria dos casos, os inscritos tiveram o seu direito garantido sem sequer procurar a empresa. “Isso demonstra o compromisso da Coelba com a população, ainda mais em um período econômico agravado pela pandemia", afirma a superintendente.  


Governador Rui Costa garante que retorno às aulas acontece nesta segunda (26)

Governador Rui Costa  garante que retorno às aulas acontece nesta segunda (26) Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Durante evento no prédio da Secretaria da Educação (SEC), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), o governador Rui Costa afirmou que está mantida a decisão de retomar as aulas em 26 de julho. “Os estudantes de famílias mais pobres economicamente são os que mais precisam da educação presencial, porque são os que tem mais fragilidade para acompanhar os estudos remotos, pela infraestrutura da casa, pela ausência de internet, computador e, muitas vezes, de celular ou smartphone que permita ao aluno acompanhar as aulas”, disse o gestor estadual. Desde que o governo marcou a data para reabertura das escolas os professores veem afirmando que não vão cumprir a determinação até que todos tenham recebido a segunda dose. O governador rebateu.  “Todos os trabalhadores brasileiros estão trabalhando desde o início da pandemia e o segmento dos professores foi o único que teve uma condição ímpar, uma condição singular, de voltar a trabalhar somente depois de 100% da categoria ter tomado a 1ª dose e mais de 80% ter tomado a 2ª dose. Esse era o desejo de todos os trabalhadores brasileiros, de só voltar depois da 1ª dose, e isso foi dado aos professores. Agora, é hora de os professores devolverem com muito carinho esse cuidado”, ressaltou Rui Costa. O governador afirmou que a ordem é para retomar as atividades e que quem não comparecer terá que responder. “As consequências são as mesmas de quem falta trabalho [em empresa privada]. Quem falta, sem justificativa, é porque não está precisando do trabalho”, afirmou. Em resposta, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB) reiterou que tomará todas as medidas possíveis para que isso não se concretize e que o dado quanto ao avanço da vacinação da categoria é enganoso.


Deputado Marquinho Viana agiliza investimentos para os esportes e sistema de água em Ituaçu

Deputado Marquinho Viana agiliza investimentos para os esportes e sistema de água em Ituaçu Foto - Divulgação

O deputado Marquinho Viana (PSB), e o prefeito de  Ituaçu, Phellipe Brito, estiveram na terça (20.07), em audiência com o Secretário de Trabalho, Emprego, Renda e Esportes, Davidson Magalhães, e também com o Presidente da CERB, Antônio Matos. Trataram de investimentos para o esporte e a implantação de sistema de água na zona rural do município.


Brumado: Retorno semipresencial nas escolas, de forma escalonada, com ensino híbrido e facultativo acontece a partir de segunda (26)

Brumado: Retorno semipresencial nas escolas, de forma escalonada, com ensino híbrido e facultativo acontece a partir de segunda (26) Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Por meio do Decreto N° 5.540, de 22 de julho, a Prefeitura Municipal de Brumado, por meio da Secretaria Municipal de Educação, disciplinou a cerca da volta às aulas, de natureza semipresencial, nas escolas públicas e privadas do município de Brumado, paralisadas como medida de proteção à disseminação do Coronavírus (Covid-1 9).  Deste modo, fica autorizado o retorno semipresencial nas escolas, a partir do dia 26 de julho de 2021, de forma escalonada, com ensino híbrido e facultativo. Todas as escolas deverão seguir os critérios de segurança observados pelo documento orientador de retorno  das aulas a ser publicado pela Secretaria Municipal de Educação, devendo os profissionais da área, bem como pais e alunos seguirem com rigor todas as regras estabelecidas para fins de se evitar ao máximo contaminação no ambiente escolar.


Governo do Estado reduz toque de recolher em 1 hora

Governo do Estado reduz toque de recolher em 1 hora Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

O Governo do Estado publicou, nesta sexta-feira (23), atualização do decreto estadual 20.585, que estabelece normas e medidas restritivas na Bahia em virtude da pandemia do novo coronavírus. A principal mudança é no horário do toque de recolher, que teve seu início adiado em uma hora. A partir desta sexta-feira, fica estabelecida em toda a Bahia a restrição de locomoção noturna entre 1h e 5h. A medida é válida até o dia 6 de agosto. Como consequência, a circulação do transporte metropolitano está permitida até 1h30, voltando a funcionar às 5h. Já o funcionamento do ferry boats será interrompido das 23h às 5h, também até 6 de agosto. O decreto estadual manteve a proibição de shows e festas, sejam elas públicas ou particulares, independentemente do número de participantes. Também continua autorizada a realização de atividades e eventos com até 100 pessoas. Os eventos com até 200 pessoas poderão ocorrer somente nos municípios integrantes de região de saúde em que a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid-19 permaneça, por cinco dias consecutivos, igual ou inferior a 60%. Não houve mudança em relação a outros pontos do decreto, originalmente publicado em 8 de julho.