Solidariedade desiste de Rui Costa e anuncia apoio à chapa de Paulo Souto

Solidariedade desiste de Rui Costa e anuncia apoio à chapa de Paulo Souto Foto: Wilker Porto | Brumado Agora

No dia em que o apoio do Solidariedade foi selado ao ex-governador Paulo Souto (DEM), o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM) esteve na articulação junto ao presidente nacional da agremiação, deputado Paulinho da Força (SDD). O fato foi confirmado pelo deputado federal Arthur Maia (SDD), secretário do partido na Bahia. Segundo o parlamentar, o chefe do Executivo soteropolitano teve “papel fundamental”, por conta da sua aproximação e afinidade com o senador Aécio Neves (PSDB-MG), o que fez o partido seguir Souto na majoritária, pondo fim a uma longa novela. O presidente estadual da agremiação, deputado Marcos Medrado (SDD) e o seu colega de bancada, Arthur Maia, protagonizaram uma queda de braço que movimentou o cenário político local. Ambos se dividiram entre continuar com a chapa encabeçada por Rui Costa (PT) ou debandar a pré-candidatura de oposição, capitaneada por Souto, o beneficiado após decisão com uma votação folgada da Executiva do SDD. Ou seja: o agravo de apoio a Costa realizado pelo Solidariedade em janeiro deste ano de nada serviu. Quem comemorou bastante a decisão foi Maia. Em entrevista à Tribuna, ele classificou o processo como satisfatório. “O partido cumpriu uma posição coerente com a nacional, onde marcharemos com Aécio Neves com um projeto de renovação”, disse. Marcos Medrado, no entanto, minimizou o caso e alegou que não houve vitoriosos. “Ninguém saiu vencedor com esta posição. Ninguém teve mais influência que ninguém, pois a decisão partiu da nacional”. Informações Tribuna.