Governo promove ações para estimular a prática de esportes com combate ao sedentarismo, inclusão social, esporte na escola e na universidade

Governo promove ações para estimular a prática de esportes com combate ao sedentarismo, inclusão social, esporte na escola e na universidade Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Nesta quarta-feira (19), uma cerimônia no Palácio do Planalto marcou o início de uma série de ações para celebrar o Centenário Olímpico do País, que visam estimular a prática do esporte no Brasil, não só de alto rendimento, mas também nas escolas e para a terceira idade. A data - 19 de fevereiro - foi escolhida por ser o Dia do Esportista. Durante o evento, o presidente Jair Bolsonaro assinou decreto que institui a Comissão Interministerial Brasil 100 Anos Olímpicos e o decreto que institui a Cruz e a Medalha do Mérito Desportivo, concedida a 14 medalhistas olímpicos na ocasião. Um dos atletas homenageados, o velejador Lars Grael, bronze em Seul e Atlanta, considera essencial o governo valorizar o esporte. “É ter o esporte como mecanismo fundamental de valorização da educação e da saúde preventiva. É o estímulo à atividade física, à educação física nas escolas e à representação da imagem do Brasil no exterior”, destacou. O secretário Nacional de Alto Rendimento na Secretaria Especial do Esporte, do Ministério da Cidadania, Emanuel Rego, destacou que este momento, de preparação para as olimpíadas, é ideal para fomentar o esporte nacional. “Uma das propostas do programa do centenário é fazer com que o esporte cresça, o combate ao sedentarismo, a inclusão social, o esporte na escola, na universidade. Nosso desejo é fazer com que o Brasil respire mais esporte.”