Concessão da Fiol poderá ser disputada por gigantes mundiais; licitação está prevista para março

Concessão da Fiol poderá ser disputada por gigantes mundiais; licitação está prevista para março Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Grandes players globais nas áreas de mineração e siderurgia estão interessadas na disputa pela concessão da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), cuja licitação está prevista para acontecer em março deste ano. De acordo com informações do Correio da Bahia, o trecho da FIOL entre Ilhéus e Caetité, primeiro a ser licitado, tem 537,2 km de extensão, com um investimento previsto de R$ 3,4 bilhões, conforme dados da Valec. Quase 80% da obra já foi finalizada. Pensando no avanço da ferrovia, o geólogo baiano João Carlos Cavalcanti, presidente da Companhia Vale do Paramirim (CVP), está preparando uma road show para oferecer ao mercado cinco blocos para a exploração de minérios como ferro, cobre, zinco, fosfato e alumínio (este último, na Costa do Dendê). De acordo com o Correio da Bahia, ainda no primeiro semestre deste ano, ele espera receber aqui na Bahia 70 dos maiores investidores em mineração do planeta para um leilão privado, nos moldes das ofertas que são feitas para a exploração de petróleo.