SESAU e ADAB fortalecem parceria visando o aumento da segurança alimentar da população de Brumado beneficiando também a economia local

SESAU e ADAB fortalecem parceria visando o aumento da segurança alimentar da população de Brumado beneficiando também a economia local Foto - Divulgação

A população de Brumado, já viveu dias de intensa preocupação com o consumo de carne animal, já que as circunstâncias envolvendo o abate clandestino eram muito sérias há cerca de duas décadas, mas, hoje, a situação é muito melhor, onde o município possui um dos frigoríficos mais modernos da região, que chega a abater 150 animais por dia. Só que como o abate clandestino, apesar de ter tido uma diminuição muito significativa, ainda existe, então, se faz necessário que se estabeleçam as parcerias entre os órgãos de vigilância sanitária. Neste contexto, foi realizada na manhã desta sexta-feira (12), uma reunião entre o secretário municipal de Saúde, Claudio Feres; o coordenador da Vigilância Sanitária, Tainan Taio e o fiscal agropecuário da ADAB, veterinário Clemente Fernandes, na qual se buscou o fortalecimento da parceria entre as referidas instituições. Segundo o secretário Claudio Feres “a reunião foi muito produtiva, pois veio garantir ainda mais a segurança alimentar da população brumadense, a qual está cada vez consciente sobre o consumo de carnes que tenham procedência. Os frutos plantados a partir de 2005, já estão sendo colhidos, mas são necessárias sempre estarmos nos atualizando”. O representante da ADAB também destacou que “essa parceria fortalece também o passivo econômico, já que hoje o município conta com um frigorífico que é um dos melhores da Bahia, que gera emprego e renda para um grande número de famílias, enquanto o abate clandestino, além de representar um grande risco à população, acaba sendo nocivo também no ponto de vista econômico”. O coordenador da Visa também observou que “essa parceria é muito benéfica, pois a fiscalização pode ser ainda mais efetiva”.