Inadimplência abre o ano em desaceleração, com crescimento de 2,42% no mês de janeiro

Inadimplência abre o ano em desaceleração, com crescimento de 2,42% no mês de janeiro

O ano de 2019 começa com sinais de acomodação da inadimplência. Dados apurados peloIndicador de Inadimplência da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) apontam que mesmo com o crescimento do número de consumidores negativados na comparação anual, o avanço foi menor em janeiro de 2019 ante os últimos meses, alcançando 2,42%. Já o número de dívidas apresentou recuo de 0,29% no mesmo período, embora o volume de pendências continue crescendo em dois setores específicos: o de bancos, com avanço de 2%, e o de água e luz, com aumento expressivo de 14%. Em contrapartida, comércio e comunicação registraram queda de 7%.