Ba-Vi terá lançamento de campanha contra discriminação da mulher no futebol

Ba-Vi terá lançamento de campanha contra discriminação da mulher no futebol

Uma campanha de combate à discriminação de gênero no futebol será lançada pelo Esporte Clube Bahia e pelo Esporte Clube Vitória no próximo domingo, dia 11, às 16h, quando acontece o clássico Ba-Vi. A ação é resultado de um Termo de Cooperação Técnica firmado pelos clubes com o Ministério Público do Estado da Bahia. No documento, o Bahia e o Vitória se comprometeram a implementar ações que fortaleçam a luta contra a discriminação e contribuam com a promoção da igualdade de gênero. O objetivo é fomentar a manutenção de uma sociedade mais justa e solidária, conforme preceituado pela Constituição Federal de 1988. A campanha busca promover a liberdade de expressão, locomoção e de participação feminina nos estádios e nos ambientes esportivos de um modo geral. A articulação entre os clubes e o MP da Bahia visa a proteção e defesa dos direitos humanos das mulheres em situação de risco e/ou violência urbana, doméstica e familiar. Conforme o Termo, apesar do significativo público feminino nas torcidas dos times de futebol, no Brasil, especialmente no estado da Bahia, ainda persistem, no meio futebolístico, atitudes preconceituosas e discriminatórias contra as mulheres, com reprodução da violência de gênero, notadamente de caráter moral e psicológico. O documento destaca ainda que, às vezes, como provocação às torcidas rivais, os jogadores de futebol se utilizam desse tipo de comportamento desrespeitoso e machista. Por isso, a necessidade de prevenir essa atitude por parte dos jogadores de futebol dos clubes e resguardar os direitos das mulheres, com ênfase no direito ao lazer e ao esporte de forma igualmente digna.