Marquinho Viana critica Marcelo Nilo e diz 'Não pode acender vela para Deus e outra para o Diabo'

Marquinho Viana critica Marcelo Nilo e diz 'Não pode acender vela para Deus e outra para o Diabo' Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

O deputado Marquinho Viana, líder do PSB na Assembleia Legislativa da Bahia, se posicionou contra o apoio público que o também deputado estadual Marcelo Nilo declarou ao candidato a senador Jutahy Júnior. “Você não pode acender vela para Deus e outra para o Diabo. Como líder da bancada não concordo com isso. Se estamos na base de Rui, temos que apoiar Jaques Wagner e Angelo Coronel para o Senado. Essa atitude de Nilo parece picuinha”, declarou Viana. Segundo informações do Bahia Notícias, mesmo na base do governador Rui Costa, nomes importantes do Partido Socialista Brasileiro, como Nilo, tem declarado voto para candidatos distintos ao Senado. Boa parte da legenda resolveu apoiar Jaques Wagner (PT) sem apoiar a candidatura de Angelo Coronel, após a senadora Lídice da Mata (PSB) ser excluída do grupo majoritário petista. “Como você vai apoiar um senador a favor de Rui [Wagner] e um contra Rui [Jutahy]? Se Lídice aceitou ser tirada da chapa, temos que participar do projeto do governador como um todo”, bradou Viana sobre o assunto. “Se Lídice não tivesse aceitado a situação, o PSB teria rompido com o governo. O que não podemos é fatiar os votos. Como líder da bancada eu digo que Leonelli e Marcelo Nilo estão errados”, completou", observou Viana, que ainda completou dizendo “Temos que marchar juntos. Caso não, melhor era sair da base do governo”.




CURTA NOSSA FANPAGE








CATEGORIAS

COMENTÁRIOS