77 9 9992-3542 / 9 9997-0777 redacao@agorasudoeste.com.br 22 de Junho de 2017
voltar ao topo

Agora Sudoeste

Janot solicita ao STF revogue soltura do goleiro Bruno Fernandes

Quinta, 20.Abr.2017 | 12h30



Janot solicita ao STF revogue soltura do goleiro Bruno Fernandes
Foto: Lúcio Adolfo | Divulgação

Acontece na próxima terça-feira (25), a sessão da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) e deve entrar em pauta o julgamento da decisão definitiva sobre o habeas corpus do goleiro Bruno. Diante disso, além de se manifestar pela revogação da liminar que ordenou a soltura do goleiro,  que é condenado pela morte de Eliza Samudio, o  procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em parecer,  pede também que os ministros indefiram o habeas corpus. De acordo com informações do G1, Janot argumenta que o habeas corpus foi apresentado pela defesa contra decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que negou liberdade a Bruno. E por isso, segundo ele, não caberia ao STF dar prosseguimento ao pedido. Na manifestação, o procurador afirmou que a defesa tem feito diversas intervenções, o que "contribuiu para o eventual prolongamento do prazo para o julgamento da apelação criminal". Bruno foi solto em 24 de fevereiro deste ano, após o ministro Marco Aurélio de Melo determinar que o goleiro aguarde em liberdade o julgamento do recurso no Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) contra a condenação.


TÓPICOS:

Goleiro Bruno,
Bruno Fernandes,
Rodrigo Janolt,
Brasil

Comentários


Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.