BUSCA PELA CATEGORIA "Esporte"


Em noite de Cavani, Uruguai elimina Portugal e vai às quartas

Em noite de Cavani, Uruguai elimina Portugal e vai às quartas Foto - Divulgação / Fifa

Em uma partida muito movimentada, o Uruguai venceu Portugal por 2 x 1 em Sochi. Os uruguaios devem a vitória ao atacante Edinson Cavani, que marcou os dois gols do time no jogo e garantiu a Celeste nas quartas de final da Copa do Mundo. Agora, o Uruguai enfrenta a França por uma vaga na semifinal. Portugal teve uma iniciativa que ainda não havia mostrado no campeonato. Buscou o gol o tempo todo e só não levou a partida para a prorrogação porque a defesa uruguaia mostrou eficiência. O sistema defensivo celeste soube fechar espaços, além de anular Cristiano Ronaldo a maior parte do jogo. Sem ele, bem marcado na frente, os portugueses perderam em criatividade e habilidade.


Mbappé lidera vitória e França vai às quartas de final

Mbappé lidera vitória e França vai às quartas de final Foto - Divulgação / Fifa

Em um jogo digno de abrir as oitavas de final da Copa do Mundo, a França venceu hoje (30) a Argentina por 4 a 3 em Kazan, e avançou à próxima fase. Mbappé foi o nome do jogo, com dois gols e muita velocidade nos contra-ataques. O jovem jogador francês infernizou a defesa argentina, que tinha dificuldade de parar as investidas francesas. Com a derrota, a Argentina está eliminada. Chegou a ficar à frente do placar e lutou o jogo todo. Mas a superioridade francesa, mais equilibrada entre defesa e ataque, foi evidente. Como aconteceu durante toda a primeira fase, os argentinos não tinham inspiração. Era uma reunião de ótimos jogadores, mas sem criatividade. Na base da raça e da vontade, os argentinos fizeram três gols e mostraram que tinham futebol para avançar na competição. Mas a defesa foi o ponto fraco. Não resistiu aos contra-ataques rápidos da França, sofreu quatro gols e poderia ter sofrido mais. Messi não fez um bom jogo, embora tenha tido bons momentos durante a partida. Agora, ele volta para casa sem ter conseguido conquistar nenhum título com a camisa de sua seleção.


Seleção Brasileira: números indicam evolução na Fase de Grupos

Seleção Brasileira: números indicam evolução na Fase de Grupos Foto - Lucas Figueiredo / CBF

A Seleção Brasileira se classificou para as oitavas de final em primeiro lugar no Grupo E da Copa do Mundo Rússia 2018, com 7 pontos somados. Na saída do Estádio Spartak, após a vitória sobre a Sérvia por 2 a 0, os jogadores brasileiros destacaram o crescimento do grupo no decorrer desta etapa inicial da competição. A palavra evolução foi usada algumas vezes pelos atletas para descrever o processo pelo qual o time comandado por Tite passou na fase de grupos. As estatísticas divulgadas pela FIFA justificam tal afirmativa. No primeiro confronto da etapa, no empate em 1 a 1 contra a Suíça, o Brasil finalizou 20 vezes, sendo 4 na direção da meta adversária, com um gol marcado por Philippe Coutinho. Na segunda partida, na vitória contra a Costa Rica por 2 a 0, a Seleção mostrou domínio total das ações e obrigou o goleiro Keylor Navas - grande estrela da Costa Rica - a fazer grandes defesas, e o seu time a abusar das estratégias para esfriar o jogo. A Amarelinha teve 66% de posse de bola, sendo 28% dela no terço de ataque. O time finalizou 23 vezes sendo nove no gol. Destas, duas foram bolas na rede. Gols de Philippe Coutinho e Neymar. O camisa 10, inclusive, é um retrato desta evolução brasileira. Em processo de recuperação do ritmo de jogo após a cirurgia no pé direito, Neymar foi um dos principais jogadores na última partida da fase de grupos, contra a Sérvia. O atacante deu uma assistência, finalizou sete vezes e acertou 85% dos passes. Foi efetivo e envolvente, e obteve êxito em 15 dos 19 dribles executados, de acordo com dados do Wyscout. Diante dos sérvios, o time de Tite teve menos posse de bola do que o adversário, mas teve o controle das ações tanto na defesa quanto no ataque. Finalizou 13 vezes, seis na meta e marcou dois gols (Paulinho e Thiago Silva). Abusou de utilizar do ponto forte do adversário: a bola aérea. Fez um gol dessa forma, após escanteio. Foram nove tiros de canto a favor do Brasil. Cinco para o adversário, que só conseguiu uma finalização ao gol de Alisson. Em números totais, a Seleção Brasileira finalizou ao gol 56 vezes na primeira fase, sendo 19 delas no alvo. A posse de bola média da equipe foi de 58,6%. O percentual indica um domínio mais produtivo das iniciativas de jogadas. Foram cinco gols marcados em 19 oportunidades reais. O Brasil teve 26 escanteios a seu favor. A Seleção ficou em média 24% de sua posse de bola no terço de ataque do campo.


Fair-play classifica Japão para as oitavas de final da Copa

Fair-play classifica Japão para as oitavas de final da Copa Foto - Divulgação / Fifa

Pela primeira vez na Copa do Mundo, uma seleção passa para outra fase da competição pelo critério do fair-play. O Japão, mesmo perdendo para a Polônia por 1 a 0, foi beneficiado pela derrota do Senegal para Colômbia também por 1 a 0. O resultado classificou os colombianos, em primeiro lugar no Grupo H, e deixou japoneses e senegaleses iguais em número de pontos ganhos e de saldo de gol. A decisão para saber então quem passaria para as oitavas de final, como segundo do grupo, foi o critério do fair-play. Com dois cartões amarelos a menos que Senegal, a classificação ficou com o Japão por ser a equipe mais disciplinada.


Colômbia vence Senegal por 1 x 0 e se classifica para as oitavas

Colômbia vence Senegal por 1 x 0 e se classifica para as oitavas Foto - Divulgação / Fifa

A Colômbia venceu o Senegal hoje (28) por 1 x 0 e garantiu sua vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo. A derrota representou a eliminação do time africano, que terminou a primeira fase com o mesmo número de pontos do Japão, mas, por ter mais cartões amarelos, acabou fora da Copa. O número de cartões recebidos é um dos critérios de desempate, depois de saldo de gols, gols marcados e confronto direto. Japão e Senegal empataram em todos os critérios antes dos cartões.


Brasil vence a Sérvia por 2 x 0 e garante 1º lugar do Grupo E

Brasil vence a Sérvia por 2 x 0 e garante 1º lugar do Grupo E Foto - Divulgação / Fifa

Em sua melhor atuação na Copa, até agora, a seleção brasileira venceu a Sérvia por 2 x 0 em Moscou. Com a vantagem do empate para se classificar, o Brasil teve paciência para tocar a bola, arriscar pouco e não ceder contra-ataques ao adversário. A defesa brasileira saiu-se bem contra os atacantes sérvios que, embora mais altos e fortes, tiveram poucas chances de gol. Foi uma vitória sem sustos, em que o “jogo seguro” prevaleceu sobre o “jogo bonito”. Com gols de Paulinho e Thiago Silva, o Brasil soube se defender bem e aproveitar as falhas da defesa sérvia. Na entrevista após a partida, Thiago Silva afirmou que a seleção teve paciência e aplicação durante o jogo e “soube sofrer”. “Desde o primeiro jogo até aqui, tivemos dificuldades em alguns momentos. O mais importante foi que a equipe soube sofrer. O outro lado também tem qualidades.” O Brasil não foi para cima da Sérvia, buscando o gol o mais rápido possível, como alguns poderiam esperar. Neymar usou pouco seu repertório de dribles e fez um jogo mais voltado para o coletivo.


Derrota alemã classifica México para a próxima fase da Copa

Derrota alemã classifica México para a próxima fase da Copa Foto - Divulgação / Fifa

Bem diferente da seleção que derrotou a Alemanha por 1 a 0, na primeira rodada do Grupo F, a equipe mexicana, recuada para garantir o empate que lhe garantiria a classificação, acabou perdendo para a Suécia por 3 a 0. Mas, apesar da derrota, a classificação veio porque, no outro jogo do grupo, a Coreia do Sul surpreendeu a poderosa Alemanha com uma vitória por 2 a 0. O resultado tirou da competição, ainda na fase de grupo, a atual campeã do mundo. Assim que a bola rolou no gramado do Estádio Central, em Ekaterimburgo, o juiz Argentino Néstor Pitana deu cartão amarelo para Gallardo, do México, por falta violenta em um atacante da Suécia, aos 11 segundos. O time sueco melhor em campo e quase fez o primeiro gol, aos cinco minutos, em uma jogada de Forsberg, que arriscou um chute forte no gol, obrigando Ochoa a fazer uma grande defesa.


Brasil terá hoje jogo decisivo e pode enfrentar a Alemanha nas oitavas

Brasil terá hoje jogo decisivo e pode enfrentar a Alemanha nas oitavas Foto - Lucas Figueiredo / CBF

Um a um, os grupos da Copa do Mundo vão se definindo. Esta semana, oito seleções já garantiram a permanência no Mundial e oito voltaram para casa. Com os grupos A, B, C e D definidos, chegou a hora de os grupos E, o do Brasil, e F, da Alemanha. Nenhuma das duas seleções está garantida nas oitavas de final e há grande chance de que se encontrem na próxima fase, caso se classifiquem. O Brasil joga às 15h de hoje (27) contra a Sérvia. Um empate já garante a classificação, ainda que em segundo lugar. Brasil e Suíça lideram o grupo, com 4 pontos cada. Para os sérvios, só a vitória interessa.


Bahia empata com Ceará e vai à final do Nordestão

Bahia empata com Ceará e vai à final do Nordestão Foto - Felipe Oliveira/ Divulgação / Bahia

Após vencer o jogo de ida por 1 a 0, na semana passada, o Bahia confirmou na noite desta terça-feira (26) sua vaga na decisão da Copa do Nordeste 2018. Apoiado por 16 mil tricolores na Fonte Nova, o Esquadrão controlou a partida e empatou em 0 a 0 com o Ceará. O adversário do Bahia na decisão sai nesta quinta-feira (28), no duelo entre ABC e Sampaio Correia, em Natal-RN. O time maranhense venceu a partida de ida por 1 a 0. As finais acontecem nos dias 3 e 10 de julho.


Em jogo sofrido, Messi marca e ressuscita a Argentina na Copa

Em jogo sofrido, Messi marca e ressuscita a Argentina na Copa Foto - Divulgação / Fifa

Como todos os jogos da Argentina na Copa do Mundo da Rússia até agora, foi sofrido. A seleção liderada por Messi passou sufoco, fez o gol da vitória no final da partida e venceu a Nigéria por 2 x 1. O camisa 10 não jogou bem, mas fez o necessário. Começou a partida assumindo a responsabilidade e marcou o primeiro gol do jogo. Ficou sumido durante todo o segundo tempo, mas assumiu a responsabilidade no final, quando o time precisava segurar a vitória. A Nigéria não mereceu vencer. Fez o gol em um pênalti feito por Mascherano e pouco produziu depois disso. No único bom contra-ataque do time no jogo, o centroavante nigeriano perdeu a oportunidade de fazer o gol da classificação. A Argentina avança às oitavas jogando com vontade, raça, mas sem organização tática, além de uma defesa insegura. Enfrentam a França no próximo sábado (30) e este será o maior desafio até agora para as duas seleções. A França, que passou de fase sem sustos, não foi testada até agora.