BUSCA PELA CATEGORIA "Brumado"


Brumado: CDL reúne comerciantes para combater o comércio informal no município

Brumado: CDL reúne comerciantes para combater o comércio informal no município Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Em reunião realizada na tarde de sexta feira (09), na sede da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Brumado, os comerciantes traçaram estratégias para combate o comércio informal no município. A reunião foi presidida pelo presidente da entidade, Manoel Messias, o qual ratificou a importância do empresariado se unir na busca incessante pelo interesses comuns. Orientados pelo advogado Eric Pires, ficou definido que algumas ações vão ser adotadas a partir desse final de semana, cujos resultados em breve serão divulgados à comunidade. Uma comissão de mobilização do comércio foi formada por empresários.


Cantor Fann Estourado fará show na caminhada Passos que Salvam em Brumado

Cantor Fann Estourado fará show na caminhada Passos que Salvam em Brumado Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

No dia 25 de novembro acontecerá a caminhada Passos que Salvam, em Brumado. O evento tem como objetivo divulgar quais são os sinais e sintomas do Câncer Infantojuvenil e a importância fundamental do diagnóstico precoce, que eleva as chances em até 95% de cura. O projeto celebra a parceria com o Hospital do Câncer de Barretos, que já obteve resultados muito expressivos, fazendo com que pacientes brumadenses pudessem ser transferidos para essa unidade médica. Pelo segundo ano consecutivo o cantor brumadense Fann Estourado fará um show durante o evento. O cantor se apresentará logo após o término da caminhada na Praça Coronel Zeca Leite (Praça da Prefeitura). "Estamos atualizando nosso repertório com os principais sucessos do momento. Tenho prazer em participar desse evento tão importante. Todos os envolvidos estão de parabéns. Aproveito e convido a quem ainda não comprou a camisa que compre para ajudar nessa causa", disso o cantor ao Agora Sudoeste.


Rotary Club de Brumado recebeu a visita da governadora do distrito 4550 do Rotary, Anaci Paim

Rotary Club de Brumado recebeu a visita da governadora do distrito 4550 do Rotary, Anaci Paim Foto - Genival Matos / Agora Sudoeste

Nesta quinta-feira (08), foi realizada no Rotary Club de Brumado uma reunião festiva para comemorar a visita da governadora do distrito 4550 do Rotary AnaciPaim. Nesta reunião a então governadora do distrito assinou o documento de fundação do Rotaract de Brumado, que é um programa para jovens de 18 a 30 anos. Além disso, ocorreu a pose de Maria das Graças Moura (Gal), que é diretora do polo da Faculdade Pitágoras de Brumado, como novo membro associativo do Rotary Club Brumado. Tivemos também a entrega do certificado e banner de Empresa Cidadã para 4 empresas que contribuíram financeiramente para os projetos da ABTRF (Associação  Brasileira The Rotary Foundation). (Veja as fotos).

INFORME PUBLICITÁRIO


Brumado: venha conhecer a nova Padaria Pérola na Rua Sargento Antenor Santos, Bairro das Flores

Brumado: venha conhecer a nova Padaria Pérola na Rua Sargento Antenor Santos, Bairro das Flores Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

A Padaria Pérola, pensando em oferecer conforto, modernidade e ainda mais qualidade aos seus clientes, inaugurou suas novas instalações na Rua Sargento Antenor Santos, 384, Bairro das Flores, em Brumado, na tarde desta segunda-feira (05). Além do espaço amplo, a nova loja terá grande variedade de produtos, sempre fresquinhos, todos os dias. Telefone: 77 3441-2283.

Brumado: venha conhecer a nova Padaria Pérola na Rua Sargento Antenor Santos, Bairro das Flores Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Carlinhos Moura fala sobre as eleições 2020 e desejo de disputar a prefeitura de Brumado

Carlinhos Moura fala sobre as eleições 2020 e desejo de disputar a prefeitura de Brumado Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

O auditor fiscal do Estado, Luís Carlos Moura Matos ‘Carlinhos Moura’ em contato com o Agora Sudoeste, nesta quinta-feira (08), falou sobre o processo eleitoral em Brumado nas eleições deste ano, as projeções para as eleições de 2020 e suas intenções na política brumadense. Moura não escondeu o desejo de se candidatar a prefeito do município. Nossa reportagem fez alguns questionamentos ao ex-candidato a deputado federal, que obteve 3.595 votos na Bahia e 2.530 em Brumado. Carlinhos disputou as eleições de 2016 como vice-candidato a prefeito na chapa encabeçada pelo ex-vereador Alessandro Lôbo. Confira abaixo a entrevista.

Carlinhos Moura fala sobre as eleições 2020 e desejo de disputar a prefeitura de Brumado Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Passado esse último processo eleitoral como você vê o quadro eleitoral em Brumado?

Infelizmente Brumado continuará sem representantes na Câmara Federal e na Assembleia Legislativa, ainda que alguns dos parlamentares eleitos com votos no município, não com o mesmo comprometimento de um filho legitimo da cidade, deverão destinar algumas “migalhas” para a cidade. Nada que atenda efetivamente as demandas da população. Essa situação, que se renova a cada eleição, é resultado da política equivocada dos líderes políticos locais que têm preferido apoiar candidatos de outros municípios ou tentar impor nomes sem se preocupar com os anseios da população, relegando a um plano inferior os interesses do município para atender questões pessoais e vaidades. O resultado, previsível, não poderia ser outro. A cidade só tem a perder, o que é péssimo em razão de nossas demandas reprimidas. Mas é a democracia, cabe a nós aceitar o resultado e trabalhar para que nas próximas eleições haja, por parte da população, a consciência da necessidade de reverter o quadro. Sou otimista. Acredito que uma nova mentalidade já nasceu. As urnas desta última eleição já fizeram uma boa depuração no cenário político. A tendência é que esse processo avance.

Como você avalia sua campanha na Capital do Minério após ter obtido mais votos que deputados que investiram muito em suas campanhas?

Fizemos uma campanha para conquistar a consciência das pessoas e não para comprá-las. Não tivemos lideranças, grupos, nem partidos políticos nos apoiando. Sem comícios, carreatas, caminhadas, bandeiras, fogos, mentiras, promessas, sem doações financeiras, etc. E, se considerarmos que estamos diante de uma cultura que ainda prevalece o “toma lá, dá cá”, estou convencido que fomos bem sucedidos em Brumado.

Você tem pretensões futuras na política brumadense?

Já estamos nos reunindo mensalmente com amigos e familiares que nos apoiaram recentemente. Nunca tive a oportunidade de colocar meu nome como candidato a prefeito. Embora reconheça que ninguém possa ser candidato de si próprio, não devo negar que existe a disposição de contribuir, como candidato ou não, para que Brumado possa, finalmente, unir todas as correntes e segmentos da sociedade em torno da construção de um projeto de desenvolvimento econômico e social que possa ser efetivamente implementado.

Em 2020 você pretende colocar seu nome à disposição da população para prefeito?

Não vou ser hipócrita. Tenho, assim como entendo qualquer um filho da terra, pretensão de um dia poder contribuir, como prefeito, para o desenvolvimento de Brumado. Mas não é uma obsessão, nem um projeto pessoal. Muitas pessoas têm manifestado essa proposta. E, nesse momento em que cresce o número de pessoas que já não se conformam com a situação atual, de pessoas que querem uma mudança profunda nos métodos e na forma como a política deva ser conduzida, natural que o meu nome, que já foi preterido em duas oportunidades para atender interesses de partidos, seja lembrado. Já demonstrei, como secretário municipal, assim como meu currículo profissional atesta, estar preparado para administrar o município Um dado preocupante é que em mais de 50 anos só tivemos 7 prefeitos eleitos.

Você já procurou ou foi procurado para formação de algum grupo para disputar as eleições de 2020?

Já tivemos convites de alguns partidos para assumir a presidência do Diretório local com este objetivo. Mas, como já disse antes, minha preocupação agora é contribuir para a formação de um grupo robusto, com pessoas novas, com consciência crítica e que tenha como bandeiras a defesa intransigente dos princípios éticos e morais na condução da política e da coisa pública. A renovação é mais que necessária, é um dos pressupostos da Brumado que queremos. Queremos contrapor a polarização política existente em Brumado. Sempre dois grupos se revezando no poder a mais de 50 anos. Iremos para o embate com outra via de brumadenses livres das amarras do poder público e que querem mudança no contexto político de Brumado, com um novo modelo de gestão e livre dos políticos profissionais.


Veja as fotos da Solenidade de passagem de comando da 34ª CIPM em Brumado

Veja as fotos da Solenidade de passagem de comando da 34ª CIPM em Brumado Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Aconteceu na manhã desta quinta-feira (08), na Praça Coronel Zeca Leite 'Praça da Prefeitura', em Brumado, a solenidade de passagem de comando da 34ª Companhia Independente de Polícia Militar (34ª CIPM). Deixa o comando da unidade o Major PM Adriano Souza Dias e assume o Major PM Mário Augusto dos Santos Cabral. Adriano Dias ficou no comando da 34ª CIPM por um ano e sete meses. (Clique aqui e veja as fotos).


Brumado: Homem acusado de matar o irmão na comunidade Lagoa Funda é condenado a doze anos e seis meses de reclusão

Brumado: Homem acusado de matar o irmão na comunidade Lagoa Funda é condenado a doze anos e seis meses de reclusão Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Foi julgado nesta quinta-feira (08), no Fórum Leonor Abreu, em Brumado, Orleis de Souza Angelo, pronunciado por homicídio qualificado por motivo fútil e por crueldade (CP, art. 121, par. 2º, II e III). De acordo com a denúncia, no dia 26 de outubro de 2015, por volta de 17h, no interior da residência localizada em Lagoa Funda, em Brumado, o acusado, com intenção de matar, desferiu golpes com cabo de enxada e de marreta na cabeça de seu irmão Vilmar Lobo dos Angelos, causando as lesões descritas no laudo de exame cadavérico de fl. 57. Ainda de acordo com os autos, ambos estariam embriagados e discutiram em virtude da disputa pelo controle da televisão. Em seguida o acusado apoderou-se de um cabo de enxada e acertou a cabeça da vítima, que caiu; não satisfeito, o acusado pegou uma marreta e desferiu golpes contra o ofendido, com o intuito de consumar a morte. Ele deixou a vítima trancada em casa, agonizando, passou em frente à residência de um vizinho, anunciando o que havia feito, e jogou a chave. Em seguida foi a um bar, onde novamente noticiou os fatos, lá permanecendo até a chegada da polícia. Ao primeiro, segundo e terceiro quesitos os jurados responderam afirmativamente, reconhecendo a materialidade, o nexo causal e a autoria. Ao quarto quesito responderam negativamente. Ao quinto responderam negativamente, afastando o chamado privilégio. Ao sexto quesito os jurados responderam negativamente, excluindo a qualificadora relativa a motivo fútil. Ao sétimo quesito responderam afirmativamente, reconhecendo a qualificadora relativa ao emprego de meio cruel. O condenado é irmão da vítima, de modo que aplico a agravante prevista no art. 61, II, “e”, do Código Penal e elevo a pena para doze anos e seis meses de reclusão, em regime inicial fechado, tornando-a definitiva, pois inexiste causa de diminuição ou de aumento de pena. O condenado é irmão da vítima, de modo que aplico a agravante prevista no art. 61, II, “e”, do Código Penal e elevo a pena para doze anos e seis meses de reclusão, em regime inicial fechado, tornando-a definitiva, pois inexiste causa de diminuição ou de aumento de pena."O acusado permaneceu preso preventivamente da data do fato até 21 de julho de 2016, quando a prisão foi substituída por outras medidas cautelares. Ele reside nessa comarca, não registra outro envolvimento em crime, compareceu ao julgamento e não criou embaraços à instrução criminal ou à aplicação da lei penal. Pelo exposto, ausentes os motivos que justificariam a redecretação da prisão, ele poderá aguardar em liberdade o trânsito em julgado da sentença, devendo, contudo, continuar cumprindo as condições já impostas", sentenciou o Juiz Genivaldo Alves Guimarães.