BUSCA PELA CATEGORIA "Brasil"


Preço da gasolina nas refinarias da Petrobras sobe 1,02%

Preço da gasolina nas refinarias da Petrobras sobe 1,02% Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Depois de uma semana sem reajustes no preço da gasolina, a Petrobras anunciou hoje (12) aumento de 1,02% no preço do combustível comercializado em suas refinarias. A partir de amanhã (13), o litro da gasolina passará a custar R$ 2,2294, dois centavos a mais do que os R$ 2,2069 cobrados desde 5 de setembro. No mês, o litro do combustível já subiu nove centavos, ou seja, 4,3% a mais do que custava no fim de agosto (R$ 2,1375).


Faltam 25 dias: confira algumas das principais mudanças no pleito de 2018 para eleitores, candidatos e partidos

Faltam 25 dias: confira algumas das principais mudanças no pleito de 2018 para eleitores, candidatos e partidos Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

O processo eleitoral brasileiro passa por contínuas mudanças, seja na parte relativa às leis que o regem, seja no tocante à administração dos pleitos, uma das atribuições do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Por esse motivo, os eleitores devem estar atentos para não se confundirem no momento do voto e aproveitarem ao máximo os aperfeiçoamentos tecnológicos desenvolvidos pela Justiça Eleitoral. Candidatos e partidos também devem ficar vigilantes, uma vez que são muitas as mudanças legislativas a serem aplicadas, pela primeira vez, nas eleições deste ano. Veja a seguir algumas das principais alterações que vigorarão no pleito de outubro:

Eleitor

Neste ano, o eleitor terá que fazer seis escolhas na urna porque deverão ser preenchidas duas vagas no Senado Federal em virtude da renovação de 2/3 dessa casa legislativa. É importante ter cuidado no momento de digitar o voto na urna: se o mesmo voto para senador for digitado duas vezes, o segundo será anulado. O primeiro voto será o de deputado federal (quatro dígitos). Em seguida, deputado estadual ou distrital (cinco dígitos); senador 1, senador 2 (três dígitos para cada senador), governador (dois dígitos) e presidente da República (dois dígitos). 

Foi ampliada a possibilidade de voto em trânsito, desde que a cidade onde o eleitor esteja no dia do pleito tenha mais de 100 mil eleitores. Se o eleitor comunicou à Justiça Eleitoral que estará fora de seu estado no dia da votação, poderá votar somente para presidente da República. Mas se estiver fora de sua cidade, mas no mesmo estado de seu domicílio eleitoral, poderá votar para os demais cargos: deputado federal, deputado estadual ou distrital, dois senadores e governador.

A tecnologia do aplicativo Pardal, que já estava à disposição para denunciar irregularidades em outras campanhas, foi aprimorada este ano. A nova versão apresenta as mesmas funcionalidades da anterior (2016), com algumas melhorias: reformulação da infraestrutura e atualizações tecnológicas para aperfeiçoamento da performance do programa; possibilidade de registrar denúncias também contra partido e coligação; e aprimoramentos do sistema de triagem das denúncias, a fim de facilitar o trabalho de apuração por parte dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) e do Ministério Público Eleitoral (MPE).

Outra inovação tecnológica é o aplicativo e-Título, que permite a qualquer cidadão portar o título eletronicamente. Para eleitores que fizeram o recadastramento biométrico, o e-Título aparecerá com foto, dispensando assim a apresentação de qualquer outro documento. Caso ainda não tenha feito a biometria, o eleitor pode utilizar o aplicativo, mas deverá apresentar um documento oficial com foto no momento de votar. 

Outra novidade desta eleição é que pela primeira vez cidadãos transexuais e travestis puderam solicitar a inclusão de seu nome social no título de eleitor e no caderno de votação, atualizando assim sua identidade de gênero no Cadastro Eleitoral.

Candidatos e partidos

A eleição geral de 2018 será a primeira em que é permitido efetuar o impulsionamento de conteúdo na internet para fins eleitorais, desde que identificado de forma inequívoca e contratado exclusivamente por partidos políticos, coligações, candidatos e seus representantes, conforme determina a Lei nº 9.504/1997 (Lei das Eleições) e a Resolução TSE nº 23.551/2017, que dispõe sobre propaganda eleitoral. A norma, porém, proíbe a veiculação de qualquer tipo de propaganda eleitoral paga na internet. Além do impulsionamento de conteúdo e controle de gastos, as alterações na propaganda eleitoral na internet preveem a proibição do uso de perfis falsos e robôs, responsabilização pela remoção de conteúdo e direito de resposta pelo mesmo meio utilizado para divulgar o conteúdo ofensivo.

Também entrou em vigor nas eleições deste ano uma forma de financiamento de campanhas com dinheiro público, por meio da criação do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC), criado pela Lei nº 13.487/2017. Por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF) e do TSE, os partidos deverão reservar o mínimo de 30% do dinheiro do Fundo Partidário e do Fundo Eleitoral para o financiamento de campanhas de candidatas do gênero feminino, bem como 30% do tempo destinado à propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV será destinado a essas candidatas.

Duas formas de financiamento das campanhas eleitorais passaram a ser admitidas pela legislação: o crowdfunding (ou vaquinha virtual) e a comercialização de bens e serviços, com a possibilidade de realização de eventos pelo próprio candidato e pelos partidos políticos. Essa segunda modalidade contém três formas de financiamento já admitidas e supervisionadas pela Justiça Eleitoral (venda de bens, serviços e realização de eventos).

A novidade está no microfinanciamento das campanhas por meio da internet, que antes somente podia ser feito diretamente pelo candidato e pelo partido, sem auxílio das empresas e páginas especializadas nesse tipo de arrecadação. Com as novas regras, a intermediação passa a ser admitida, impondo-se a quem arrecada a obrigação de observar determinados requisitos que, em suma, garantem a transparência e identificação da origem do dinheiro recebido.

CONTINUE LENDO

Fome cai no Brasil em dez anos, aponta relatório da ONU

Fome cai no Brasil em dez anos, aponta relatório da ONU Foto - Divulgação

A fome no Brasil caiu em um intervalo de dez anos. O levantamento O Estado da Segurança Alimentar e Nutrição no Mundo 2018, divulgado hoje (11), foi feito por cinco agências das Nações Unidas e mapeou o quadro de segurança alimentar no país e no restante do mundo. Os autores do estudo compararam o grau de subnutrição (ou fome, no jargão popular) da população em dois momentos: no biênio 2004-2006 e no biênio 2015-2017. No caso do Brasil, o índice caiu de 4,6% para menos de 2,5% no período de análise. Os dados não mostram uma evolução anual. A pesquisa também trabalhou com outros indicadores, como grau de insegurança alimentar grave e problemas no desenvolvimento em crianças de até cinco anos de idade. Contudo, nesses dois temas o relatório não traz resultados para o Brasil, indicando que não havia dados disponíveis. O levantamento também avaliou indicadores de obesidade e anemia em mulheres em idade fértil (15-49 anos), porém em outro período de análise – em 2012 e em 2016. Em ambos os quesitos houve aumento nos índices. O percentual de mulheres obesas passou de 19,9% para 22,3%. Já a ocorrência de anemia passou de 25,3% para 27,2%.


Ibope: Bolsonaro tem 26% e 2º lugar tem quatro candidatos empatados

Ibope: Bolsonaro tem 26% e 2º lugar tem quatro candidatos empatados

O Instituto Ibope divulgou terça-feira (11) nova pesquisa de intenção de votos para os candidatos a presidente. De acordo com a pesquisa, Jair Bolsonaro (PSL) tem 26% das intenções de voto. Na sequência, há quatro candidatos tecnicamente empatados disputando o segundo lugar: Ciro Gomes (PDT) com 11%; Marina Silva (Rede), 9%; Geraldo Alckmin (PSDB), 9%; e Fernando Haddad (PT), 8%. Após esse grupo, seguem tecnicamente empatados com 3% das intenções de voto: Alvaro Dias (Podemos); João Amoêdo (Novo); e Henrique Meirelles (MDB). Vera Lúcia (PSTU) e Cabo Daciolo (Patriota) foram indicados por 1% dos eleitores. Segundo o Ibope, Guilherme Boulos (PSOL), João Goulart Filho (PPL) e Eymael (DC) não pontuaram. O percentual de votos em branco ou nulos é de 19%. Sete por cento dos entrevistados não sabem ou não quiseram responder. Entre as duas pesquisas Álvaro Dias e João Amoêdo mantiveram 3% das intenções de voto, e Henrique Meirelles oscilou de 2% para 3%. A proporção de votos nulos ou em branco caiu de 21% para 19%. O percentual de quem não sabe ou não quis declarar a intenção de voto manteve-se em 7%. A pesquisa tem margem de confiança de 95%. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos de cada resultado apurado. A pesquisa foi feita entre 8 e 10 de setembro, dois dias após o ataque a faca contra Jair Bolsonaro em Juiz de Fora (MG). Foram ouvidos 2.002 eleitores. Não foi informado o número de municípios. Conforme registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a pesquisa é iniciativa do próprio Ibope Inteligência Pesquisa e Consultoria Ltda e tem o número BR-05221/2018.


Seleção Brasileira goleia El Salvador em amistoso disputado nos EUA

Seleção Brasileira goleia El Salvador em amistoso disputado nos EUA Foto - Lucas Figueiredo / CBF

Com estreias em campo, a Seleção Brasileira goleou a equipe de El Salvador por 5 a 0 nesta terça-feira (11), no FedEx Stadium, em Washington (EUA). Os gols foram marcados por Neymar, Richarlison (duas vezes), Philippe Coutinho e Marquinhos. Observando bem os convocados para os amistosos de setembro, o técnico Tite iniciou a partida com seis mudanças em relação ao teste diante dos Estados Unidos, na última sexta-feira, e ainda fez as seis substituições permitidas na partida. Resultado: ganhou boas opções para o novo ciclo da Canarinho.


Haddad é confirmado candidato à Presidência pelo PT; medida foi aprovada pelo ex-presidente Lula

Haddad é confirmado candidato à Presidência pelo PT; medida foi aprovada pelo ex-presidente Lula Foto - Divulgação / PT

O ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, substitui definitivamente o lugar do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, como candidato á presidência pelo PT.  Seu nome foi referendado após reunião da Executiva Nacional do PT, em um hotel em Curitiba, onde Lula está preso desde o último dia 7 de abril. Na reunião, foi lida uma carta de Lula endereçada à direção do partido, em que ele sugeria que a sigla aceitasse o nome de Haddad como seu substituto. O pedido foi aprovado por unanimidade. Com essa mudança, Manuela D´Ávila, do PCdoB, é confirmada como vice de Haddad. Os petistas pretendem fazer um anúncio oficial, ainda na tarde desta terça-feira (11), em frente ao prédio da Superintendência da Polícia Federal.


Junior Brumado marca e Seleção sub-20 vence o México em amistoso

Junior Brumado marca e Seleção sub-20 vence o México em amistoso Foto - Fernando Torres / CBF

Com gols de Luan Candido, do Palmeiras, e Júnior Brumado, do Bahia, a seleção Brasileira sub-20 venceu o México por 2x0 na tarde desta terça-feira (11), em amistoso disputado no Centro de Alto Rendimento (CAR) da Federação Mexicana de Futebol, na Cidade do México. "Qualquer centroavante tem que estar preparado. Eu sempre venho conversando com o Vitor, que me deu a assistência, para quando chegar no fundo fazer essa assistência firme que eu sempre vou estar dentro da área para aproveitar os espaços. Foi o primeiro gol pela Seleção Brasileira, e eu espero que tenha sido o primeiro de muitos", comemorou Júnior Brumado. Estes amistosos têm como objetivo preparar a equipe para a disputa do Sul-Americano da Categoria, que vai ser realizado em 2019, no Chile. O torneio vale vaga no Mundial da Polônia, que também vai ser jogado em 2019. A partida contra o México foi a última da série de três amistosos que o time sub-20 fez em solo mexicano. Antes, a equipe treinada por Carlos Amadeu havia enfrentado o próprio México e o Japão.


Bolsonaro retira sonda nasogástrica e começa a se alimentar via oral

Bolsonaro retira sonda nasogástrica e começa a se alimentar via oral Foto - Divulgação

O candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, retirou na manhã de hoje (11) a sonda nasogástrica para reintrodução da alimentação oral, que terá progressão gradual conforme a aceitação do paciente. A alimentação endovenosa será mantida, de acordo com as informações do boletim médico divulgado há pouco pelo Hospital Albert Einstein. O candidato tem quadro de saúde estável e permanece em cuidados de terapia intensiva, sem febre e sem sinais de infecção. Ele precisará passar por nova cirurgia, posteriormente, para reconstruir o intestino e retirar a bolsa de colostomia, feita em função de lesões graves no intestino grosso e delgado. Bolsonaro foi atingido por uma faca na região abdominal na última quinta-feira (6), quando participava de uma atividade de campanha em Minas Gerais. Ele foi atendido pela Santa Casa de Juiz de Fora, onde recebeu os primeiros atendimentos após a facada e passou por cirurgia. O candidato foi transferido para o Hospital Albert Einstein, na capital paulista, na sexta-feira (7), a pedido da família.


Telefonia celular alcança 98,2% da população brasileira

Telefonia celular alcança 98,2% da população brasileira Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Os serviços de telefonia móvel atingem 98,2% da população brasileira, mas 3,8 milhões de brasileiros, que moram em distritos fora da sede dos municípios, não têm acesso aos serviços de telefone celular. Os dados constam de levantamento da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgados hoje (6) pela Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil). Apesar da abrangência do serviço de telefonia móvel, os dados mostram que ainda existem municípios no país que contam apenas com a tecnologia 2G, que não permite o acesso à internet. Com relação as tecnologias 3G e 4G, que permitem acesso móvel à internet, os dados mostram que a cobertura de 3G está em 5.301 municípios, onde moram 99,3% da população brasileira, e o 4G já chega em 4.122 municípios brasileiros, onde moram 94,4% da população, segundo a Telebrasil.


TSE estima que cerca de 2 milhões de mesários devem trabalhar no 1º turno das eleições

TSE estima que cerca de 2 milhões de mesários devem trabalhar no 1º turno das eleições Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE)  pelo menos 1,9 milhão de mesários devem trabalhar em todo o Brasil durante o 1º turno das eleições deste ano, cerca de 50% do total voluntários. No exterior, onde o eleitor poderá votar apenas para presidente, aproximadamente 7 mil pessoas  participam como mesários em seções eleitorais. Para ser mesário, o eleitor precisa completar 18 anos até o 1º turno, tem de estar em dia com a Justiça Federal, não ser candidatos e nem parente. Cada mesário recebe um auxílio-alimentação por turno trabalhado. O valor é determinado por cada estado, obedecendo o teto de R$ 35. Além disso, eles ainda têm dois dias de folga para cada dia trabalhado como mesário; dois dias de folga para cada dia de treinamento oferecido pela Justiça Eleitoral; certificado dos serviços prestados à Justiça Eleitoral; preferência no desempate em concursos públicos (desde que previsto em edital) e utilização das horas trabalhadas nas eleições como atividade curricular complementar em algumas universidades. Neste ano, os mesários foram convocados até 8 de agosto.

CURTA NOSSA FANPAGE








CATEGORIAS

COMENTÁRIOS