BUSCA PELA CATEGORIA "Brasil"


Bahia empata no Acre e avança na Copa do Brasil

Bahia empata no Acre e avança na Copa do Brasil Foto – Nathacha Albuquerque

Jogando na Arena da Floresta na noite desta quarta-feira (13), o Bahia empatou em 2 a 2 com o Rio Branco-AC e se classificou para a segunda fase da Copa do Brasil. O Esquadrão agora enfrenta o Santa Cruz-RN ainda com data a definir pela CBF. As atenções agora voltam para o Campeonato Baiano já que no próximo domingo (17) o time azul, vermelho e branco enfrenta o Conquista, às 17h, no estádio Lomanto Júnior.


Vitória perde para o Moto Club, por 2 a 0 e está eliminando da Copa do Brasil

Vitória perde para o Moto Club, por 2 a 0 e está eliminando da Copa do Brasil Foto - Reprodução

Vitória perde para o Moto Club, por 2 a 0, no Castelão, em São Luís, no Maranhão. Com o resultado, o Vitória está eliminado da Copa do Brasil. Os dois gols foram marcados na segunda etapa. O próximo jogo do Vitória será no próximo sábado (16), contra o Ceará, às 16h, no Barradão, pela Copa do Brasil.


Proposta do governo Bolsonaro prevê idade mínima de 62 para aposentadoria de homens e 57 para mulheres em 2022

Proposta do governo Bolsonaro prevê idade mínima de 62 para aposentadoria de homens e 57 para mulheres em 2022 Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Será inserida pela equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, no texto da reforma da Previdência, entre as propostas de idade mínima para aposentadoria no país, a que sugere 62 anos para homens e 57 para mulheres, que passaria a valer ao final do seu mandato, em 2022. De acordo com informações do G1, segundo um dos formuladores da reforma, esse limite de idade constaria da regra de transição, que poderá ser de 10, 15 ou 20 anos. Ou seja, ao final do mandato de Bolsonaro, mulheres poderiam se aposentar aos 57 anos e homens, aos 62. Mas a regra teria sequência após 2022. Ao final dela, a equipe de Paulo Guedes gostaria que homens e mulheres tivessem uma idade igual de aposentadoria, 65 anos. O presidente, porém, já defendeu uma idade diferente de aposentadoria, menor para as mulheres.Técnicos acreditam, porém, que essa proposta, apesar de já ter sido defendida pelo presidente, pode acabar não vingando, porque ela representaria, no curto prazo, um endurecimento das regras em relação à proposta do ex-presidente Michel Temer. Na do emedebista, a regra de transição previa também uma idade mínima de 62 para homens e 57 para mulheres em 2022, mas levaria cinco anos para atingir esse patamar. Agora, três anos.


Bolsonaro recebe alta e deixa hospital em São Paulo

Bolsonaro recebe alta e deixa hospital em São Paulo Foto - Reprodução / Instagram

O presidente Jair Bolsonaro recebeu alta médica e deixou o Hospital Albert Einstein, na capital paulista, às 12h20 de hoje (13). Cerca de dez carros, acompanhados de batedores da Polícia do Exército e carros da Rota fizeram a segurança do presidente. Um helicóptero da Polícia Militar também auxiliou na segurança. O presidente foi para o Aeroporto de Congonhas de onde segue para Brasília, na companhia da primeira-dama, Michele Bolsonaro. De acordo com o porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros, na capital federal o presidente deve ir direto para o Palácio da Alvorada e não há previsão de compromissos hoje (13) à tarde. A previsão de chegada a Brasília, segundo o porta-voz, é em torno das 14h. Segundo o último boletim médico, de hoje (13), "ele recebeu alta com o quadro pulmonar normalizado, sem dor, afebril, com função intestinal restabelecida e dieta leve por via oral." Ele segue uma dieta leve e com suplemento nutricional. Bolsonaro estava internado desde o dia 27 de janeiro, para a retirada da bolsa de colostomia e a reconstrução do trânsito intestinal. Após os 17 dias de internação, o presidente passará por um período de descanso e, lentamente, vai retomar os compromissos, de acordo com a autoavaliação de seu bem-estar, informou o porta-voz. Bolsonaro será acompanhado pela equipe médica da Presidência, com enfermeiros e fisioterapeutas.


Supremo deve julgar hoje ação para criminalizar homofobia

Supremo deve julgar hoje ação para criminalizar homofobia Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar hoje (13) uma ação protocolada pelo PPS para criminalizar a homofobia, que é caracterizada pelo preconceito contra o público LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais). Em tramitação na Corte desde 2013, a ação é relatado pelo ministro Celso de Mello. Ontem (12), o presidente do Supremo, Dias Toffoli, recebeu integrantes dascomunidades evangélica e LGBT. A Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão (ADO) 26, ajuizada pelo PPS, pede a equiparação da homofobia e transfobia ao crime de racismo. “Todas as formas de homofobia e transfobia devem ser punidas com o mesmo rigor aplicado atualmente pela Lei de Racismo, sob pena de hierarquização de opressões decorrentes da punição mais severa de determinada opressão relativamente à outra”, diz a ação. Em outra ação, que será analisada em conjunto com a do PPS, um mandado de injunção, a ABGLT, pede que o Supremo reconheça ser um crime específico de homofobia.


Texto da reforma da Previdência está pronto e aguarda Bolsonaro

Texto da reforma da Previdência está pronto e aguarda Bolsonaro Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

O texto-base da reforma da Previdência foi concluído pela equipe de governo e agora aguarda a análise do presidente Jair Bolsonaro, ainda internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Segundo o secretário especial da Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, que esteve hoje (12) reunido com o ministro da Economia, Paulo Guedes, em Brasília, o presidente dará a palavra final sobre o projeto que será enviado à Câmara dos Deputados. “Evidente que existem pontos que serão levados à presença do presidente para que ele possa tomar sua posição, possa definir de que forma isso possa chegar à Câmara Federal”, disse Marinho. O secretário informou que o texto foi construído por diversas áreas do governo, além da contribuição de economistas e avaliação do projeto enviado pelo ex-presidente Michel Temer ao Congresso. Ele não antecipou nenhuma regra. Marinho disse que o texto final é “bem diferente” da minuta do projeto que vazou para a imprensa na semana passada. Nessa minuta, o governo proporia idade mínima única de 65 anos para homens e mulheres se aposentarem no Brasil. Além disso, a minuta de projeto ainda previa um mínimo de 20 anos de contribuição para o trabalhador receber 60% da aposentadoria chegando, de forma escalonada, até o limite de 40 anos, para o recebimento de 100%. Perguntado sobre quando o projeto será apresentado à sociedade, Marinho respondeu que isso vai ocorrer o mais rapidamente possível. “Vamos aguardar que o presidente convalesça, que ele esteja em plena condição de exercício do seu mandato, que eu espero que seja amanhã ou quinta-feira, e, apresentado [o texto] ao presidente, ele vai definir o prazo”, disse o secretário.


Inadimplência abre o ano em desaceleração, com crescimento de 2,42% no mês de janeiro

Inadimplência abre o ano em desaceleração, com crescimento de 2,42% no mês de janeiro

O ano de 2019 começa com sinais de acomodação da inadimplência. Dados apurados peloIndicador de Inadimplência da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) apontam que mesmo com o crescimento do número de consumidores negativados na comparação anual, o avanço foi menor em janeiro de 2019 ante os últimos meses, alcançando 2,42%. Já o número de dívidas apresentou recuo de 0,29% no mesmo período, embora o volume de pendências continue crescendo em dois setores específicos: o de bancos, com avanço de 2%, e o de água e luz, com aumento expressivo de 14%. Em contrapartida, comércio e comunicação registraram queda de 7%.


Horário de verão termina neste fim de semana

Horário de verão termina neste fim de semana Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

Termina neste domingo (17) o horário de verão de 2018. A mudança no horário teve início no dia 04 de novembro de 2018 e com o término moradores de 10 estados e do Distrito Federal devem atrasar o relógio em uma hora. O ajuste vale para as regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal).


Mega-Sena pode pagar R$ 10 milhões nesta quarta-feira

Mega-Sena pode pagar R$ 10 milhões nesta quarta-feira Foto - Wilker Porto / Agora Sudoeste

O prêmio principal da Mega-Sena poderá pagar R$ 10 milhões a quem acertar as seis dezenas do concurso 2.124, que será sorteado nesta quarta-feira (13), às 20h, no Espaço Loterias CAIXA, em São Paulo. Aplicado na poupança o prêmio renderia cerca de R$ 37 mil por mês. O valor também seria suficiente para adquirir uma frota de 66 carros de luxo. Nenhuma aposta acertou os seis números do concurso 2.123 realizado na sábado (9). As dezenas sorteadas  foram 14, 15, 47, 50, 56 e 59. Mesmo sem aposta contemplada com o prêmio principal, na segunda faixa, com cinco acertos, 28 apostas receberam o prêmio de R$ 67.090,90 cada. Outras 2.301 apostas acertaram quatro números e levaram R$ 1.166,29 cada.


Bolsonaro tem alta da Unidade Semi-Intensiva

Bolsonaro tem alta da Unidade Semi-Intensiva Foto - Reprodução / Twiteer / Bolsonaro

O presidente da República, Jair Bolsonaro, recebeu alta na manhã de hoje (11) da Unidade de Terapia Semi-intensiva, após melhora do quadro clínico, e está internado em apartamento no Hospital Israelita Albert Einstein, informou boletim médico divulgado há pouco. O presidente não tem dor, nem febre e segue com melhora do quadro pulmonar. Na última semana, ele havia sido diagnosticado com pneumonia. Foi suspensa a nutrição parenteral (endovenosa) e introduzida dieta leve e mantido o suplemento nutricional. Estão sendo mantidas também as medidas de prevenção de trombose venosa, realizados exercícios respiratórios, de fortalecimento muscular e períodos de caminhada fora do quarto.